<

Europa

A Europa é um dos seis continentes do mundo. Está localizada no Hemisfério Norte do planeta e é considerada por muitos geógrafos como um prolongamento territorial do continente asiático. O continente possui 50 países, divididos em 4 regiões geográficas.

 A geografia europeia é marcada pelo clima e vegetação temperados, assim como pelas extensas áreas de planície no continente e um litoral recortado por mares e oceanos. A história europeia é uma das mais antigas e complexas do globo, e o continente foi berço de civilizações importantes, como gregos e romanos. Ao longo da história, a Europa viveu muitas revoluções de cunho político, como a Revolução Francesa, e também econômico, como a Revolução Industrial. O território europeu foi palco ainda dos principais conflitos bélicos das duas grandes guerras mundiais.  

 Na atualidade a Europa apresenta elevados indicadores sociais e econômicos. A sua população desfruta de altos níveis de desenvolvimento humano, mas apresenta quedas numéricas significativas em razão da baixa taxa de fertilidade local. A economia europeia está ancorada nos setores secundário e terciário. Destacam-se as indústrias de transformação de alto nível tecnológico, assim como as áreas de serviços e turismo.

Também vale ressaltar que a maior parte da Europa é governada por formas democráticas de governo e que esse continente possui uma rica cultura, baseada em tradições que ultrapassam milênios e que sofreram grande influência da religião. Tem como curiosidade o alto nível de integração entre os países europeus, em especial os signatários de acordos diplomáticos locais e também da União Europeia, o maior bloco econômico do globo.

Leia também: África – o terceiro continente mais extenso do mundo

Dados gerais da Europa

  • Gentílico: europeu.

  • Extensão territorial: 10.180.000 quilômetros quadrados.

  • População: 741.447.158 habitantes.

  • Densidade demográfica: 72,9 habitantes/quilômetro quadrado.

  • Maior país: Rússia.

  • Menor país: Vaticano.

  • Idioma: aproximadamente 60 línguas.

  • Países: 50 países.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

História da Europa

  • Idade Antiga

A Europa é um dos continentes de ocupação mais antiga do mundo, sendo o berço de civilizações, assim como de práticas culturais, científicas e econômicas importantes. Os primeiros registros de civilizações que habitaram o solo europeu remetem à Grécia Antiga. Os povos gregos estavam presentes ao longo do atual território da Grécia, sendo uma civilização importante para o desenvolvimento da filosofia e da cultura, que permeiam, inclusive, os dias atuais.

Além dos gregos, outras civilizações foram surgindo ao longo do território europeu, com destaque para os romanos. O chamado Império Romano, com sede em Roma, foi outra importante civilização clássica europeia. A partir de diversas batalhas, os romanos conquistaram boa parte da porção meridional da Europa, até o território atual da Turquia. Porém, sucessivas invasões bárbaras, assim como questões políticas, culminaram no fim dessa civilização, marco do final da Antiguidade.

A cultura grega, baseada em cidades como Atenas (Grécia), foi uma das pioneiras na construção da história europeia.
A cultura grega, baseada em cidades como Atenas (Grécia), foi uma das pioneiras na construção da história europeia.
  • Idade Média e Idade Moderna

A partir do fim da Idade Antiga, surgiu a Idade Média, novamente um período de grande destaque na consolidação da Europa como um continente muito importante para o mundo. Na Idade Média, houve a instalação de pequenos governos locais ao longo do território europeu, sistema conhecido por meio dos feudos.

Esse período marcou ainda o avanço das práticas religiosas no território europeu, assim como a disputa de vários governantes por posses de terra. A Idade Média deu início à instalação de grandes nações europeias, que existem até a atualidade.

O seu fim também está relacionado com eventos que ocorreram em solo europeu, como:

Tais eventos perpetuaram a Idade Moderna, período marcado por grandes transformações sociais no território europeu, com destaque para a formação das primeiras democracias. Nesse período, a economia europeia apresentou elevadas taxas de crescimento, por meio de práticas baseadas no mercantilismo e, mais posteriormente, no capitalismo.

Esse período foi marcante ainda pelas Grandes Navegações, momento histórico em que as várias nações europeias desbravaram os mares do mundo em busca de novos territórios. A exploração das colônias possibilitou o acúmulo de capitais pelos principais países europeus.

  • Idade Contemporânea

Por sua vez, com a Revolução Industrial, iniciada na Inglaterra e logo expandida para grande parte dos países europeus, a Europa centralizou novamente o crescimento econômico na Idade Contemporânea. O continente representa um dos principais polos econômicos e políticos até a atualidade.

Porém, no último século, viveu momentos adversos, como:

  • as duas grandes guerras mundiais;

  • a ascensão de regimes totalitaristas; e

  • a divisão entre doutrinas econômicas.

Na atualidade, para além do elevado nível econômico e social, o continente é o mais integrado do planeta, em razão de políticas como a União Europeia.

Veja também: Queda do Muro de Berlim – acontecimento marcante da história da Europa

Geografia da Europa

A Europa é um dos seis continentes do planeta. Está localizada no Hemisfério Norte e tem boa parte de suas terras localizada na porção oriental do globo, sendo cortada pelo Meridiano de Greenwich. É considerada um prolongamento do continente asiático, e a porção continental dos dois continentes muitas vezes é chamada de Eurásia. A divisão natural entre Europa e Ásia é marcada pela cordilheira dos Montes Urais.

A Europa apresenta ainda um litoral bastante recortado, formado por várias penínsulas e ilhas oceânicas. As principais penínsulas europeias são: Balcânica, Escandinava, Ibérica e Itálica. Já as maiores ilhas em extensão da Europa são: Grã-Bretanha, Islândia e Irlanda. A Europa é banhada na sua porção norte pelo Mar Ártico; na porção sul, pelo Mar Mediterrâneo e Mar Negro; na porção oeste, pelo Oceano Atlântico; e, na porção leste, pelo Mar Cáspio.

O litoral europeu é muito recortado e composto por várias formações de solo e rochas, além de muitas ilhas, como a Ilha de Capri (Itália).
O litoral europeu é muito recortado e composto por várias formações de solo e rochas, além de muitas ilhas, como a Ilha de Capri (Itália).

O relevo europeu é constituído por grandes áreas de planície, assim como por formações de planalto, concentradas no sul do continente. São formações de relevo de alta altitude na Europa os Alpes, os Pireneus e os Cárpatos. Já com relação à hidrografia, as planícies europeias são banhadas por rios de grande extensão e que possuem muita importância para o desenvolvimento das atividades humanas. O maior rio em extensão da Europa é o Volga. Os rios Danúbio e Reno também possuem destaque em nível continental.

O clima europeu é predominantemente temperado. A localização do continente, em uma região de média e alta latitude, favorece a ocorrência de tipos climáticos com temperaturas mais amenas. As variações do clima temperado na Europa ocorrem em razão de variáveis climáticas, como a umidade, assim como a influência da maritimidade e da continentalidade. São comuns os subtipos frio de montanha, nas áreas de alta altitude, e polar, no extremo norte do continente. Porém, em algumas porções do continente europeu, como ao longo do litoral sul, predominam climas mais secos e um pouco mais quentes, como o mediterrâneo.

Já com relação à vegetação, em razão da sua íntima ligação com o clima, predomina-se a vegetação temperada, em especial a Floresta Temperada. Nas porções mais frias do solo europeu, ocorrem as formações de tundra e também de taiga, conhecida como Floresta de Coníferas. Já no sul do continente, em razão da predominância de temperaturas um pouco mais quentes, ocorre o tipo vegetacional mediterrâneo.

Países da Europa

A Europa é formada por um conjunto de 50 países soberanos. No caso de Cazaquistão, Rússia e Turquia, esses países possuem territórios na Europa e também na Ásia, sendo chamados de transcontinentais. Já o Reino Unido é um Estado Soberano formado por quatro países (Escócia, Inglaterra, Irlanda do Norte e País de Gales). Segue uma tabela com a listagem dos países europeus:

País

Capital

País

Capital

Albânia

Tirana

Itália

Roma

Alemanha

Berlim

Letônia

Riga

Andorra

Andorra Velha

Liechtenstein

Vaduz

Áustria

Viena

Lituânia

Vilnius

Bélgica

Bruxelas

Luxemburgo

Luxemburgo

Bielorrússia

Minsk

Macedônia do Norte

Skopje

Bósnia e Herzegovina

Saravejo

Malta

Valeta

Bulgária

Sofia

Moldávia

Chisinau

Cazaquistão

Astana

Mônaco

Mônaco

Chipre

Nicósia

Montenegro

Podgorica

Croácia

Zagreb

Noruega

Oslo

Dinamarca

Copenhague

País de Gales

Cardiff

Escócia

Edimburgo

Países Baixos

Amsterdã

Eslováquia

Bratislava

Polônia

Varsóvia

Eslovênia

Liubliana

Portugal

Lisboa

Espanha

Madri

Tchéquia

Praga

Estônia

Tallin

Romênia

Bucareste

Finlândia

Helsinque

Rússia

Moscou

França

Paris

San Marino

San Marino

Grécia

Atenas

Sérvia

Belgrado

Hungria

Budapeste

Suécia

Estocolmo

Inglaterra

Londres

Suíça

Berna

Irlanda

Dublin

Turquia

Ancara

Irlanda do Norte

Belfast

Ucrânia

Kiev

Islândia

Reykjavik

Vaticano

Cidade do Vaticano

Regiões da Europa

A Europa possui quatro grandes regiões geográficas, que são divididas conforme as características naturais e também políticas dos países que as compõem. São elas:

  • Europa Meridional: formada por países que estão localizados no sul do continente europeu. Compreende, quase que em sua totalidade, três importantes penínsulas europeias (Península Ibérica, Itálica e Balcânica); além de ser uma região banhada pelo Mar Mediterrâneo. Essa região possui uma grande importância histórica para o continente, em razão de ser berço de civilizações importantes, como gregos e romanos. Os países da Europa Meridional são: Albânia, Andorra, Bósnia e Hezergovina, Chipre, Croácia, Eslovênia, Espanha, Grécia, Malta, Mônaco, Montenegro, Itália, Portugal, San Marino, Sérvia, Turquia e Vaticano.

  • Europa Ocidental: compreende os países localizados na porção oeste do continente europeu. É o principal centro político e econômico do continente, formado por países que possuem alto nível de renda e grande influência geopolítica, inclusive em nível mundial. São eles: Alemanha, Áustria, Bélgica, França, Irlanda, Liechtenstein, Luxemburgo, Países Baixos, Reino Unido e Suíça.

  • Europa Setentrional: é formada pelo conjunto de países localizados no norte europeu. São países com elevado nível de desenvolvimento humano, conhecidos pela boa qualidade de vida da sua população. Além disso, são economias sólidas do continente. Os países do norte da Europa são: Dinamarca, Islândia, Finlândia, Noruega e Suécia.

  • Europa Oriental: são os países situados na porção leste do continente europeu. Historicamente são nações que estiveram sob influência da extinta União Soviética (atual Rússia). No geral, são os países menos desenvolvidos do continente e apresentam uma série de problemas econômicos e sociais. Nas últimas décadas, vários países do Leste Europeu têm se aproximado das nações mais ricas do continente, ou seja, as localizadas na Europa Ocidental. Os países orientais da Europa são: Bielorrússia, Bulgária, Cazaquistão, Eslováquia, Estônia, Hungria, Moldávia, Letônia, Lituânia, Macedônia do Norte, Polônia, Tchéquia, Romênia, Rússia e Ucrânia.

Leia também: Como se caracteriza a regionalização eurocêntrica do mundo?

Mapa da Europa

Demografia da Europa

A população europeia é formada pro cerca de 741 milhões de habitantes, sendo o quarto continente em população do globo. O histórico de povoamento da Europa é extremamente antigo e formado por diversos povos, que se distribuem ao longo do território europeu, em especial nas regiões mais ricas do continente. Essa diversidade resultou na ocorrência de diversas línguas, aproximadamente 60 idiomas, sendo os troncos linguísticos principais da Europa as línguas latinas, germânicas e eslavas.

A Europa apresenta como características demográficas principais o baixo crescimento vegetativo, assim como uma baixa taxa de mortalidade infantil e uma elevada expectativa de vida. É o continente que registra o menor índice de crescimento populacional em todo o globo, assim como é aquele que apresenta a população mais envelhecida.

Também possui o maior nível de atratividade de imigrantes, que buscam na Europa melhores condições de vida. A maior parte do continente europeu é formada por países altamente desenvolvidos, com elevado padrão de renda e bons indicadores sociais e de desenvolvimento humano. A população europeia desfruta de uma elevada qualidade de vida, assim como de amplas redes de serviços públicos, como saúde e educação.

Os países mais populosos da Europa são Rússia, Turquia, Alemanha, França, Reino Unido, Itália, Espanha, Ucrânia e Polônia. Já o menor país em população do continente é o Vaticano. A maior parte das cidades europeias apresenta uma população mediana para os padrões globais. As maiores cidades do continente são Istambul (Turquia) e Moscou (Rússia), sendo as únicas com mais de 10 milhões de habitantes.

Leia também: Envelhecimento populacional fenômeno demográfico muito acentuado na Europa

Economia da Europa

A Europa apresenta uma economia extremamente desenvolvida e industrializada. O continente é um importante centro mundial de produção e também de consumo de bens industrializados. A maior parte dos países europeus possui um setor primário desenvolvido, um setor secundário baseado na produção de bens de alto valor agregado e, ainda, um setor terciário ancorado nos serviços e no turismo. A Europa possui na atualidade o maior bloco econômico do mundo, a União Europeia, formada por 27 países do continente.

A bandeira da União Europeia representa a integração dos 27 países europeus que fazem parte desse bloco econômico.
A bandeira da União Europeia representa a integração dos 27 países europeus que fazem parte desse bloco econômico.

A agropecuária europeia apresenta elevada produtividade, em razão do alto nível de mecanização e utilização de insumos agrícolas. São produzidos alimentos como trigo, batata, beterraba, centeio, aveia, carnes diversas, leites e derivados, entre outros. Já o extrativismo é limitado em razão das condições geográficas do continente, que não apresenta muitos recursos naturais. Mesmo assim, na Europa há reservas importantes de petróleo, gás natural, carvão mineral, ferro e manganês.

O setor secundário é marcado por indústrias de transformação e de bens de tecnologia. São destaque as indústrias de eletrônicos, produtos farmacêuticos, equipamentos de transportes, entre outros. A maior parte da indústria europeia está concentrada na porção ocidental do continente, em países como Alemanha, França e Suíça. A Europa possui diversos centros de pesquisa e desenvolvimento, assim como um elevado capital humano, que favorece o desenvolvimento de indústrias de alta tecnologia.

Já o setor terciário é marcado pela grande oferta de redes de transporte e telecomunicações, que possibilitam a ampla atuação dos setores de comércio e serviços do continente. A Europa possui uma extensa rede de serviços bancários, educacionais e de telecomunicações, assim como sedia as principais organizações mundiais públicas e privadas. A maior parte dos países europeus tem ainda como ramo importante da economia o turismo. O continente europeu é um dos centros do turismo mundial e possui uma ótima infraestrutura hoteleira e de equipamentos de lazer.

Governo da Europa

Os países europeus possuem formas de governo plurais, mas, no geral, ligadas à democracia. A escolha dos representantes políticos por meio do voto é uma das características do continente, assim como a realização de plebiscitos e a grande participação da sociedade civil nas decisões governamentais. Porém, em especial nas últimas décadas, têm crescido na Europa manifestações nacionalistas e xenófobas, assim como a ascensão de representantes de partidos de extrema-direita. Tal cenário tem gerado preocupação na Europa e no mundo, uma vez que o continente vivenciou vários governos autoritários ao longo do século XX.

No atual momento, a maior parte dos países europeus possui como forma de governo a república e, em menor número, a monarquia. Já como sistemas de governo, predominam a república parlamentarista, a república presidencialista e também a monarquia constitucional parlamentarista.

Cultura da Europa

A Europa foi o berço de várias práticas culturais que continuam na atualidade. A origem da civilização grega e romana, assim como a influência de diversas religiões, com destaque para o cristianismo, culminaram em um conjunto de hábitos culturais, que depois foram levados pelo mundo por meio das Grandes Navegações.

Na Europa, a influência das ciências é muito forte, com destaque para a filosofia, a música e a pintura. Mesmo assim a religião continua tendo um papel importante na comunidade europeia. No mais, as práticas culturais do continente estão voltadas também para características geográficas locais, marcadas pelo clima temperado e pela importância dos mares, assim como para as tradições folclóricas e pagãs provenientes desde o período da Idade Média.

Na atualidade, a Europa é um importante centro cultural do mundo. O continente possui vários sítios arqueológicos, assim como cidades históricas bem preservadas. Na Europa existe um conjunto de museus, galerias de teatro, cinemas e teatros que oferecem uma rica programação artística para a população local. Os europeus guardam hábitos como realizar atividades ao ar livre, ocupar praças e parques, praticar atividades esportivas, sendo essas atividades desenvolvidas principalmente no verão. A culinária europeia é muito vasta e faz uso de diferentes alimentos, com destaque para a culinária mediterrânea, italiana e portuguesa.

Na música, os ritmos tradicionais europeus, como a música clássica, convivem junto com o pop e o eletrônico. A Europa possui grandes marcas de vestuário, muitas delas voltadas ao mercado de alto luxo. No esporte, destaca-se o futebol praticado em todos os países do continente, com destaque para as seleções italiana e alemã de futebol masculino.

O futebol é o esporte mais popular na Europa, sendo muito apreciado pelos europeus em diversos estádios espalhados pelo continente. [1]
O futebol é o esporte mais popular na Europa, sendo muito apreciado pelos europeus em diversos estádios espalhados pelo continente. [1]

Curiosidades da Europa

  • No dia 9 de maio é comemorado o Dia da Europa. Nessa data, mais precisamente no ano de 1959, foi assinada, em Paris, a Declaração Schuman, documento que estimulava a criação de políticas de cooperação entre os países europeus.

  • A Europa possui o menor país do mundo em extensão territorial, que é o Vaticano, e possui também o maior país do mundo em extensão territorial, a Rússia, que está localizada entre a Europa e a Ásia.

  • O euro é a moeda oficial de 19 países europeus. Essa moeda foi criada por meio da união monetária do bloco econômico União Europeia, mas não é adotada por todos os países formadores do bloco.

  • O Espaço Schengen permite a livre circulação de pessoas em grande parte dos países da Europa. Dessa maneira, os moradores dos países participantes desse acordo não precisam apresentar passaporte nas fronteiras europeias.

Crédito da imagem

[1] Christian Bertrand / Shutterstock     

Por: Mateus Campos

Artigos de Europa

Aspectos naturais da Europa

Conheça os principais aspectos naturais da Europa, que envolvem o clima, o relevo e a vegetação do “velho mundo”.

Crise migratória na Europa

Um dos principais desafios da Europa atualmente é a crise migratória que o continente vem enfrentando. Clique e saiba mais sobre esse processo!

Desafio Europeu

Desafio Europeu, você consegue construir o mapa da Europa, mapa da Europa, mapa europeu, construa o mapa da europa, aprenda mais sobre a Europa.

Envelhecimento da população da Europa

Compreenda as causas, as características e as ações públicas em torno do envelhecimento da população da Europa.

Europa Centro-Ocidental

Europa Centro-Ocidental, continente europeu, Irlanda, Reino Unido, Países Baixos, Holanda do Norte, Holanda do Sul, Bélgica, França, Espanha, Portugal, Luxemburgo, micropaíses, Mônaco, Andorra, Benelux, empresas transnacionais, União Europeia, investimentos estrangeiros, jazidas minerais, minérios, reservas de carvão mineral, petróleo, Mar do Norte, geração de energia elétrica, usinas termonucleares, termoelétricas.

Eurotúnel

O Eurotúnel é um dos maiores projetos de infraestrutura da Europa. Clique e confira!

Rio Danúbio

Rio Danúbio, Onde nasce o Rio Danúbio, Onde deságua o Rio Danúbio, As capitais cortadas pelo Rio Danúbio, A extensão do Rio Danúbio, A importância econômica do Rio Danúbio.