Gás natural

Gás natural é um combustível fóssil que gera energia em variados meios. Sua utilização tem crescido desde o século XX e se tornou um elemento estratégico nos dias atuais.

Gasoduto para transporte de gás natural
Gás natural: o combustível fóssil mais limpo de todos.

Gás natural é um combustível fóssil formado em intervalos de milhões de anos em rochas sedimentares. Participa ativamente da matriz energética mundial, gerando eletricidade, calor e combustível para veículos. Dos três combustíveis fósseis, é o que menos polui a atmosfera, e essa característica, associada ao seu baixo custo, lhe garante lugar de destaque entre as fontes de energia que podem crescer em utilização no mundo.

Leia também: Qual gasolina polui mais?

Resumo sobre o gás natural

  • Gás natural é uma fonte de energia amplamente utilizada no mundo. Sua formação está associada à decomposição da matéria orgânica, portanto trata-se de um combustível fóssil.

  • É uma mistura de hidrocarbonetos, sendo o metano seu principal componente químico. É encontrado associado ou não ao petróleo.

  • A extração do gás natural é feita por perfurações em rochas localizadas em camadas profundas da superfície. Seu transporte é feito por dutos.

  • O gás natural tem várias utilizações, que incluem a substituição do GLP (gás de cozinha), geração de calor, produção de eletricidade e utilização como combustível veicular.

  • As vantagens do gás natural são: eficiência, custo e transporte.

  • Como desvantagens, o gás natural apresenta o fator de não ser renovável, a poluição que gera (ainda que menor que dos demais combustíveis fósseis) e a questão geográfica das reservas.

  • No Brasil, as maiores reservas acompanham as reservas petrolíferas.

  • Estados Unidos e Rússia são os maiores produtores, concentrando 40% do total de gás natural produzido no mundo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que é gás natural?

Gás natural é um combustível de origem fóssil. É resultado da decomposição de matéria orgânica vegetal e animal acumulada em camadas subterrâneas da superfície da Terra ao longo de milhões de anos. Pode ou não ser associado ao petróleo. Tornou-se importante fonte de energia a partir do século XX, quando passou a se transformar em eletricidade e combustível veicular.

Quais são as características do gás natural?

O gás natural possui as seguintes características:

  • É formado por hidrocarbonetos leves.

  • Apresenta-se em duas categorias:

    • Gás associado: as reservas estão associadas à presença de petróleo no subsolo.

    • Gás não associado: as reservas estão livres de óleo e água nas camadas rochosas.

  • Assim como os demais combustíveis fósseis, petróleo e carvão mineral, não é renovável.

Leia também: Fontes de energia renováveis e não renováveis — qual a diferença?

Como se obtém o gás natural?

A obtenção do gás natural é semelhante à do petróleo: por meio de perfurações em estruturas rochosas sedimentares onde o gás está concentrado. A exploração pode ocorrer em ambientes continentais ou marítimos.

Após a extração, o gás é enviado às Unidades de Processamento de Gás Natural (UPGN), onde será submetido ao processo de separação de impurezas e se tornará apto à distribuição. Todo o processo de transporte do gás natural é feito através de dutos, chamados de gasodutos.

Para que serve o gás natural?

O gás natural é uma fonte energética que pode ser utilizada de várias formas.

  • Geração de eletricidade: por meio de sua queima em usinas termelétricas.

  • Combustível veicular: substituto do etanol e gasolina em veículos.

  • Produção de calor: fornece calor na indústria em vários segmentos: petroquímico, farmacêutico, têxtil, metalúrgico, na produção de vidros, plásticos, pneus, papel, fertilizantes e como redutor siderúrgico.

  • Substituição do gás de cozinha (GLP): em estabelecimentos comerciais e residências.

Quais são as vantagens e desvantagens do gás natural?

Vantagens do gás natural

  • É o menos poluente dos combustíveis fósseis.

  • Grande eficiência na obtenção de calor.

  • Transporte barato e seguro através de dutos que eliminam, além do frete, a necessidade de estocagem.

  • Baixo custo.

  • Pequeno risco de acidentes, pois não é tóxico e se dispersa com facilidade no ar.

Desvantagens do gás natural

  • Não é renovável.

  • Embora seu grau de poluição seja menor que o do petróleo e do carvão mineral, o gás natural gera poluição atmosférica.

  • Não é disponível em todos os locais. Suas reservas são concentradas em estruturas geológicas específicas.

  • A extração e a distribuição exigem infraestrutura técnica que pode representar alto custo para a produção inicial.

Gás natural no Brasil

Segundo a Empresa de Pesquisa Energética, instituição pública vinculada ao Ministério de Minas e Energia, o gás natural, no ano de 2020, representou 11,8% da matriza energética do Brasil.

A utilização do gás natural no Brasil é estabelecida em todos os possíveis segmentos: doméstico, industrial, de serviços e veicular. A utilização do gás natural como fonte energética ainda é considerada pequena no país e tende a crescer, em função da necessidade latente de substituição das fontes mais poluentes, ou seja, petróleo e carvão mineral.

As maiores reservas de gás natural no Brasil já descobertas e em operação estão associadas às reservas petrolíferas. A região Sudeste lidera a produção de gás e petróleo, com destaque para as bacias de Campos e Santos, onde o gás é extraído em ambiente marítimo. Na Amazônia, a Bacia do Solimões (AM) é a maior produtora terrestre.

Lista dos maiores produtores de gás natural do mundo

Os países que mais produzem gás natural no mundo, segundo o Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP) em dados de 2020, são:

  1. Estados Unidos;

  2. Rússia;

  3. Irã;

  4. China;

  5. Catar;

  6. Canadá;

  7. Austrália;

  8. Arábia Saudita;

  9. Noruega;

  10. Argélia.

O Brasil foi, em 2020, o 30º maior produtor.

Leia também: O biocombustível é mesmo um combustível limpo?

Exercícios resolvidos sobre gás natural

Questão 1

(Escola Superior de Propaganda e Marketing) Observe o gráfico:

Gráfico com dados sobre a matriz elétrica brasileira

Referência bibliográfica do gráfico de exercício envolvendo gás natural.

As fontes mais utilizadas na matriz elétrica brasileira estão representadas nos cartogramas, respectivamente, pelos algarismos I, IV e II e correspondem à/ao:

a) petróleo, carvão e hidráulica.

b) petróleo, hidráulica e nuclear.

c) biomassa, hidráulica e petróleo.

d) hidráulica, biomassa e nuclear.

e) hidráulica, gás natural e biomassa.

Resolução:
Letra E

A matriz elétrica do Brasil tem sua maior base na energia obtida por meio da força das águas dos rios, ou seja, hidreletricidade. O gás natural representa a segunda maior participação na produção de eletricidade.

Questão 2

O gás natural pode ser obtido em reservas que acompanham o petróleo. Nesse caso, o gás extraído é chamado de:

a) gás liquefeito.

b) gás intermediário.

c) gás de reinjeção.

d) gás associado.

e) gás não associado.

Resolução:

Letra D

Gás associado é o nome do gás natural extraído em reservas que também contêm petróleo. Ambos são encontrados em rochas sedimentares porosas que conseguem armazenar a matéria orgânica decomposta ao longo de milhões de anos.

Por: Larissa Mesquita

Artigos relacionados

Alcanos

Clique aqui e saiba o que são alcanos. Conheça suas principais características. Descubra como eles podem ser obtidos. Entenda como funciona sua nomenclatura.

Biocombustíveis

Veja os principais aspectos relativos aos biocombustíveis, incluindo os tipos, as matérias-primas empregadas e as informações mais relevantes.

Carvão Mineral

Principal fonte energética utilizada durante a Primeira Revolução Industrial.

Combustíveis Fósseis

Entenda o que é um combustível fóssil, a constituição e as principais aplicações do petróleo, gás natural e do carvão, e quais as consequências do uso desses combustíveis.

Fontes de energia não renováveis e renováveis

Saiba mais sobre as fontes de energia, que se dividem em não renováveis, que ao longo do tempo esgotam-se, e em renováveis, que ao longo do seu uso apresentam a possibilidade de se renovarem. Descubra quais são os principais tipos de fontes não renováveis e renováveis e de que forma elas impactam o meio ambiente.

Matriz energética brasileira

Conheça mais sobre a matriz energética brasileira, conjunto de fontes de energia disponíveis no Brasil para o suprimento da demanda energética do país. Saiba quais são os tipos de fontes de energia que compreendem a matriz brasileira, bem como as vantagens e desvantagens desse modelo energético.

Petróleo

Compreenda a importância do Petróleo, a sua origem, distribuição pelo mundo e os principais países consumidores.

Recursos energéticos fósseis

Recursos energéticos fósseis, O que são os recursos energéticos fósseis, Quais os tipos de recursos energéticos fósseis, O petróleo, A formação do petróleo na natureza, O carvão, A formação do carvão na natureza.

Óleo diesel

Conheça a constituição do óleo diesel, a sua aplicação e como ele é classificado de acordo com o teor de enxofre e com a adição de biodiesel.