Matriz energética brasileira

A matriz energética brasileira corresponde à representação quantitativa dos recursos energéticos disponíveis no Brasil usados para suprimento da demanda de energia.

A matriz energética brasileira é constituída por fontes renováveis de energia e por fontes não renováveis.
A matriz energética brasileira é constituída por fontes renováveis de energia e por fontes não renováveis.

A matriz energética representa o conjunto de fontes de energia disponíveis no país para suprir sua demanda energética. A matriz energética brasileira é bastante diversificada, sendo composta por fontes renováveis e não renováveis de energia.

Matriz energética brasileira

O Brasil apresenta uma das matrizes energéticas mais renováveis do mundo industrializado. Aproximadamente 43% da produção de energia no país é proveniente de fontes de energia renováveis, sendo elas a energia eólica, hidráulica, solar e biomassa (responsável pela produção de biocombustíveis, como o etanol).

Energia hidráulica: aproximadamente 75% da energia elétrica produzida no Brasil provém das das usinas hidrelétricas. No país, existem 140 usinas em funcionamento para a produção de eletricidade. A energia hidráulica é, portanto, a fonte renovável mais utilizada no país.

Biomassa: o etanol é um biocombustível produzido por meio da biomassa. No Brasil, em 2015, foram produzidos cerca de 37 bilhões de litros de etanol. O uso desse biocombustível como alternativa ao uso da gasolina (proveniente do petróleo) impediu que o Brasil emitisse cerca de 800 milhões de toneladas de gás carbônico à atmosfera nos últimos 30 anos. Em 2015, o uso da biomassa para obtenção de energia representou cerca de 8% do total de energia produzida no país.

Energia Eólica: de acordo com o Atlas Eólico Nacional, o Brasil é o país com a maior capacidade de produção de energia eólica da América Latina e do Caribe. O Nordeste brasileiro é a região com maior potencial para produção de energia por meio dos ventos.

Energia Solar: entre as fontes renováveis disponíveis, a energia solar é a fonte menos utilizada no Brasil para produção de energia elétrica. No ano de 2015, foi gerada apenas 0,01% de energia por meio fotovoltaico (placas com células fotovoltaicas que convertem energia solar em energia elétrica)

O Brasil é o país com maior potencial de produção eólica da América Latina.
O Brasil é o país com maior potencial de produção eólica da América Latina.

Apesar da significativa representatividade das fontes renováveis na matriz energética brasileira, o consumo de fontes de energia não renováveis no país ainda é maior que o de renováveis.

O petróleo é bastante utilizado no país para obtenção de energia. Segundo a Agência Internacional de Energia, o Brasil consumiu, no ano de 2017, cerca de 3,16 milhões de barris de petróleo por dia. Nesse mesmo ano, a produção de petróleo alcançou a marca de 2,80 milhões de barris diários.

Saiba mais: Como ocorrem a exploração e a extração do petróleo?

Segundo o Ministério de Minas e Energia, obstáculos de ordem econômica e operacional impedem a difusão do uso de fontes renováveis de energia no país. É preciso investimento tecnológico que viabilize o uso dessas fontes para que elas cheguem até a maioria da população sem altos custos.

Gráfico da matriz energética brasileira

A matriz energética brasileira é composta por fontes renováveis e não renováveis.
A matriz energética brasileira é composta por fontes renováveis e não renováveis.

Vantagens e desvantagens da matriz energética brasileira

1. Vantagens

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

• A matriz energética brasileira é uma das mais renováveis do mundo.

• O uso das fontes renováveis de energia evita que o país configure entre as nações que mais emitem gases de efeito estufa.

• As fontes renováveis diminuem a dependência do Brasil em relação ao uso dos combustíveis fósseis.

2. Desvantagens

• Apesar do grande uso de fontes renováveis no Brasil, os combustíveis fósseis ainda são a fonte de energia mais utilizada no país.

• A energia eólica só pode ser produzida em regiões com bastante vento, assim como a solar só pode ser produzida no período diurno e em lugares com muita insolação, deixando a produção estagnada em alguns períodos e refletindo na economia e na produção.

• Ainda são baixos os investimentos e avanços tecnológicos, não viabilizando o uso das fontes renováveis.

• A energia hidráulica causa diversos impactos no meio ambiente. A instalação de usinas hidrelétricas modifica o ambiente, altera o ciclo hidrológico e biológico, assim como interfere na vida das comunidades que habitam regiões próximas.

Matriz elétrica brasileira

Há uma diferença entre matriz energética e matriz elétrica. A matriz energética compreende as fontes de energia disponíveis no país para obtenção e suprimento da demanda de energia. Já a matriz elétrica representa o conjunto de fontes de energia utilizadas, especificamente, para produção de energia elétrica. Portanto, a matriz elétrica faz parte da matriz energética.

A matriz elétrica do Brasil é considerada uma das mais renováveis do mundo, até mais que a matriz energética. Isso acontece porque 75% da eletricidade gerada no Brasil é proveniente das usinas hidrelétricas.

→ Gráfico da matriz elétrica do Brasil

A maior parte da energia elétrica produzida no Brasil é proveniente da energia hidráulica.
A maior parte da energia elétrica produzida no Brasil é proveniente da energia hidráulica.

Matriz energética mundial

A matriz energética mundial é composta, principalmente, por fontes não renováveis de energia. O uso de combustíveis fósseis, como petróleo, gás natural e carvão mineral, é predominante. Enquanto o Brasil é um dos países que menos emitem gases de efeito estufa à atmosfera, muitas nações ainda são dependentes do uso desses combustíveis para geração de energia.

Essa realidade reflete no aumento dos problemas relacionados ao meio ambiente. O agravamento do efeito estufa e do aquecimento global, por exemplo, está diretamente relacionado com a intensa emissão de gás carbônico à atmosfera. Além disso, o petróleo tem sido motivação para diversos conflitos em vários países, visto que, apesar de a demanda pelo combustível ser muito grande, ele não é produzido por todas as nações.

Veja abaixo o quadro comparativo do uso de fontes renováveis e não renováveis no Brasil e no mundo.

Uso de fontes renováveis

Uso de fontes não renováveis

Mundo – 14,1%

Mundo – 85,9%

Brasil – 43,5%

Brasil – 56,5%

* Em nações industrializadas.

Gráfico da matriz energética mundial

Representação gráfica quantitativa dos recursos energéticos disponíveis na matriz energética mundial.
Representação gráfica quantitativa dos recursos energéticos disponíveis na matriz energética mundial.

Por: Rafaela Sousa

Artigos relacionados

Energia Eólica

Fonte de energia obtida através do aproveitamento dos ventos.

Energia Solar

Clique aqui e entenda como ocorre a captação de energia solar!

Fontes de energia não renováveis e renováveis

Saiba mais sobre as fontes de energia, que se dividem em não renováveis, que ao longo do tempo esgotam-se, e em renováveis, que ao longo do seu uso apresentam a possibilidade de se renovarem. Descubra quais são os principais tipos de fontes não renováveis e renováveis e de que forma elas impactam o meio ambiente.

Gás Natural

Características de uma importante fonte energética mundial.

Monocultura

Entenda o que é a monocultura, quais são as vantagens e desvantagens desse tipo de cultivo e como ele impacta o meio ambiente.

Petróleo

Compreenda a importância do Petróleo, a sua origem, distribuição pelo mundo e os principais países consumidores.