<

Albânia

A Albânia é um país localizado na Europa Oriental. O país tornou-se independente em 1912 e viveu grandes períodos de turbulência política, sendo conhecido, no século XX, como um dos países mais fechados do mundo. A reabertura política foi iniciada com o processo de redemocratização do país, que busca alternativas para atrair investimentos.

A economia da Albânia possui uma base primária, sendo que o turismo tem se mostrado uma alternativa para a geração de riqueza. Já a infraestrutura local é muito deficiente e carece de investimentos públicos.

Na atualidade a Albânia é uma democracia que possui cerca de 2,8 milhões de habitantes, distribuídos em um território com uma geografia caracterizada por um relevo montanhoso e um belo litoral. O clima e a vegetação locais são mediterrâneos. A cultura do país foi amplamente influenciada pelos povos que habitaram a região, sendo comum a prática de manifestações artísticas e folclóricas pela população.

Leia também: Bósnia-Herzegóvina – país que se tornou independente por meio de uma sangrenta guerra civil

Dados gerais da Albânia

  • Nome oficial: República da Albânia

  • Gentílico: albanês

  • Extensão territorial: 28.748 quilômetros quadrados

  • Localização: Europa Oriental

  • Capital: Tirana

  • Clima: mediterrâneo

  • Governo: república parlamentarista

  • Divisão administrativa: 12 regiões

  • Idioma: albanês

  • Religiões:

- 38,8% (islamismo)

- 35,4% (cristianismo)

- 16,6% (sem religião)

- 9% (ateísmo)

- 0,2% (outras)

  • População: 2.846.000 habitantes

  • Densidade demográfica: 105 habitantes/quilômetro quadrado

  • Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): 0,791 (alto)

  • Moeda: Lek

  • Produto Interno Bruto: US$ 15,1 bilhões

  • PIB per capita: US$ 5268

  • Gini: 38,6%

  • Fuso horário: UTC +1

  • Relações exteriores:

- Organizações das Nações Unidas (ONU)

- Organização Mundial do Comércio (OMC)

- Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan)

- Conselho da Europa (COE)

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Geografia da Albânia

A Albânia está localizada na Europa Oriental, na península Balcânica. O país faz fronteira com Grécia, Macedônia do Norte, Kosovo, e Montenegro. É banhado pelo mar Adriático e, ainda, pelo mar Jônico, na porção sul do país.

A geografia da Albânia é caracterizada por um relevo muito montanhoso, em especial no interior, onde há ocorrência de neve no inverno. Já o litoral é formado por pequenas áreas de planície. O principal rio da Albânia é o Drin.

O tipo climático predominante é o mediterrâneo, com temperaturas quentes no verão e mais amenas no inverno. A vegetação é constituída por florestas, sendo que as espécies de plantas mais conhecidas da flora albanesa são os pinheiros e os carvalhos. Já em relação à fauna, os animais típicos do país são os ursos, os lobos e os linces.

História da Albânia

Os chamados ilírios são os ancestrais do povo albanês. Eles habitavam o território atual da Albânia desde a Antiguidade. Ao longo dos séculos, o país foi ocupado por diferentes povos, como romanos, bizantinos e otomanos, sendo que a Albânia tornou-se independente do império otomano em 1912.

Na Segunda Guerra Mundial (1939-1945), a Albânia foi ocupada pelos italianos, e posteriormente, pelos alemães. Já com a expulsão das tropas alemãs, houve a formação de um novo governo, e as fronteiras albanesas foram novamente delimitadas conforme as acordadas durante o processo de independência do país.

Esse novo governo, liderado por Enver Hoxha (1945-1985), ficou conhecido pelo isolamento político e econômico da Albânia, em razão das medidas autoritárias adotadas por ele. Devido à morte do presidente, aos distúrbios políticos e de influências geopolíticas externas, a Albânia inciou um processo de abertura em 1985, sendo que a democracia no país passou a ser institucionalizada a partir de 1990.

Veja também: Causas e consequências da crise migratória na Europa

Mapa da Albânia

Mapa da Albânia
Mapa da Albânia

Demografia da Albânia

A Albânia possui mais de 2,8 milhões de habitantes, sendo a cidade mais populosa a capital do país, Tirana, que tem cerca de 400 mil habitantes. A população da Albânia é amplamente formada por albaneses, sendo os gregos uma pequena minoria do país.

O idioma oficial é o albanês, e a maior parte da população é praticante do islamismo e do cristianismo. Em razão das dificuldades econômicas do país, muitos albaneses emigram para os países da Europa Ocidental.

Economia da Albânia

A economia albanesa é uma das menos desenvolvidas da Europa, sendo ainda muito dependente das atividades primárias. Na agricultura, destacam-se a produção de batatas, uvas e cereais. Já na pecuária são comuns os rebanhos de cabras e ovelhas. No país, há exploração de minas de cobre e de reservas de petróleo e gás natural.

O setor secundário é pouco desenvolvido e voltado para o mercado interno, sendo que as principais indústrias locais fabricam tecido, vidro, ferro e aço. A maior parte dos produtos industrializados é importada da Itália e da Grécia.

o setor terciário é incipiente, concentrado no comércio e no serviço público. As remessas de dinheiro enviadas por imigrantes contribuem para o funcionamento da economia albanesa. Nos últimos anos, o país tem investido no turismo, em razão do extenso litoral formado por belas praias.

O turismo na Albânia vem crescendo muito nos últimos anos em razão do belíssimo litoral do país.
O turismo na Albânia vem crescendo muito nos últimos anos em razão do belíssimo litoral do país.

Infraestrutura da Albânia

A Albânia ainda possui uma infraestrutura muito deficitária, em razão do longo período de isolamento político do país e das dificuldades econômicas encontradas no processo de reabertura. As estradas da Albânia, por exemplo, são conhecidas na Europa pela péssima qualidade.

Já em relação aos serviços públicos, o sistema de educação é universal, e o país conseguiu, ao longo das últimas décadas, reduzir drasticamente as taxas de analfabetismo. Por sua vez, o sistema de saúde também é universal, sendo que a população desfruta de atendimento de saúde gratuito por meio de vários hospitais e postos de saúde distribuídos pelo país.

Acesse também: Consequências do envelhecimento populacional da Europa

Governo da Albânia

A estrutura governamental da Albânia é composta pelo presidente, pelo primeiro-ministro e pela chamada Assembleia do Povo, formada por 155 representantes. As eleições ocorrem de cinco em cinco anos.

Bandeira da Albânia

Cultura da Albânia

A cultura da Albânia sofreu grandes influências das nações vizinhas, como Itália e Grécia, e dos antigos invasores, como a Turquia. O país herdou a tradição do teatro e da música dos povos que dominaram a região ao longo dos anos.

São comuns as manifestações folclóricas em festas de confraternização, com pessoas em trajes típicos e comidas tradicionais albanesas. A culinária do país é composta por alimentos do Mediterrâneo, como frutos do mar, peixes, ervas, além da grande produção de vinho.

Por: Mateus Campos

Artigos relacionados

Bélgica

Conheça a Bélgica, um país localizado na Europa Ocidental que esteve entre os pioneiros na fundação da União Europeia e da OTAN.

Bósnia-Herzegóvina

Conheça um pouco das características da Bósnia-Herzegóvina, país que declarou sua independência em 1992.

Croácia

Aspectos naturais e humanos da Croácia, com informações sobre o clima, o relevo, a economia, a população e inúmeros dados.

Grécia

Aspectos físicos, climáticos, econômicos e sociais da Grécia, país que representa o berço da civilização ocidental.

Holanda

Conheça as características físicas e humanas da Holanda, oficialmente denominada por Países Baixos.

Polônia

Conheça aspectos importantes sobre a Polônia. Saiba sobre suas características históricas e geográficas, assim como a cultura local.