Inverno

Inverno é a estação mais fria do ano, marcada pela queda da temperatura e baixa ocorrência de chuva. No Brasil, possui diferenças significativas com relação a outros países.

O inverno é a estação mais fria do ano.
O inverno é a estação mais fria do ano.

O inverno é a estação do ano que vem logo após o outono e antecede a primavera. Seu início é marcado pelo solstício de inverno, que ocorre no dia 21 de dezembro, no Hemisfério Norte, e em 21 de junho, no Hemisfério Sul. É caracterizado por noites mais longas, baixas temperaturas, queda na umidade do ar e precipitação na forma de neve em algumas localidades. No Brasil, a estação é marcada por temperaturas amenas e tempo seco.

Leia também: O que é a amplitude térmica?

Videoaula sobre as estações do ano

Conceito de inverno

O inverno é uma das quatro estações do ano. Ele ocorre logo após o outono e antecede a primavera, tendo o seu início marcado pelo solstício de inverno, que acontece em períodos distintos nos dois hemisférios terrestres. Os meses correspondentes ao inverno são os mais frios do ano, e apresentam menor incidência de luz solar a depender do local.

A palavra inverno é derivada do latim hibernus, que faz referência ao processo de hibernação pelo qual muitas espécies animais passam nesse período. O termo significa também “invernoso”, “neutro” ou “tempo frio”.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quais as características do inverno?

As estações do ano são resultantes do movimento de translação que a Terra realiza em torno do Sol e da inclinação em 23º27’ do eixo do planeta, que condiciona a incidência diferencial dos raios solares sobre a superfície. A mesma estação não ocorre simultaneamente nos dois hemisférios terrestres, mas sim de forma alternada. Além do mais, elas apresentam diferenças bastante acentuadas com relação aos aspectos climáticos nos países do Norte e do Sul.

Vejamos, a seguir, como se dá essa diferenciação no inverno.

  • No Hemisfério Norte

O inverno no Hemisfério Norte pode ser chamado também de inverno boreal. Ele tem início entre os dias 21 e 22 de dezembro, e termina no dia 20 ou 21 de março. Na prática, a depender da região, a percepção da duração do inverno pode variar para mais ou para menos.

Geralmente, quando nos referimos ao inverno, pensamos em frios rigorosos e um cenário de lagos congelados, casas, carros e vegetação cobertos por neve. Essa é uma paisagem bastante comum nos países do Hemisfério Norte, sobretudo aqueles que estão situados em maiores latitudes, por exemplo:

A estação é caracterizada pela queda brusca das temperaturas, podendo haver intensa precipitação na forma e neve, que, em alguns casos, pode gerar o fenômeno que chamamos de nevasca ou tempestade de neve. Não é raro que países registrem temperaturas negativas, isto é, abaixo de 0 ºC.

Foto de paisagem com árvores e casa e céu estrelado com aurora boreal.
Nos extremos do planeta, o inverno pode significar longos períodos sem a incidência de luz solar.

As temperaturas são mais baixas no inverno do Hemisfério Norte, em decorrência da ampla extensão de superfícies emersas, que proporcionam um valor de albedo elevado. Isso significa que ocorre maior reflexão da luz solar e absorção de menores quantidades de calor quando comparadas às áreas cobertas por água, por exemplo.

Na Sibéria, região do norte da Rússia e um dos lugares mais frios do planeta, a temperatura média no inverno fica em torno de -25 ºC. O recorde dessa estação no Hemisfério Norte ocorreu na Groenlândia, quando os termômetros marcaram -69,6 ºC, em 22 de dezembro de 1991.

Destacamos, ainda, que pequenas cidades situadas em pontos extremos do Norte (e também do Sul) do planeta passam por períodos de escuridão completa, com duração de 24 horas, em função da inclinação da Terra e da menor incidência de luz solar durante o inverno. Um dos intervalos mais longos ocorreu em Dikson, território do Ártico, que ficou sem a luz do Sol por longos 80 dias.

Leia também: Qual a relação entre a pressão atmosférica e o clima?

  • No Hemisfério Sul

No Hemisfério Sul, o inverno pode ser chamado também de inverno austral. Tem início no dia 21 de junho, e seu término acontece em 23 de setembro, quando começa a primavera. Assim como no Hemisfério Norte, o inverno nas terras meridionais do planeta é marcado pela queda das temperaturas, que acontece de forma mais acentuada nas médias e altas latitudes, isto é, nas áreas mais longínquas da Linha do Equador. As principais responsáveis pelas menores temperaturas são as massas de ar polares, mais atuantes nessa época do ano.

Foto aérea da cidade de Santiago, capital do Chile, coberta de neve.
Capital do Chile, Santiago, recoberta pela neve do inverno.

Na região dos trópicos, observa-se menores índices de umidade relativa do ar e baixos volumes de chuva. As temperaturas do inverno tendem a ser mais amenas nessas áreas do que em outras regiões do planeta. Em contrapartida, o valor mais baixo registrado no Hemisfério Sul foi de -82,9 ºC. O fato aconteceu na estação climatológica de Vostok, na Antártida, no dia 21 de julho de 1983.

Alguns países, e até mesmo no sul do Brasil, há registros de precipitação na forma de neve e a ocorrência de geadas.

Solstício de inverno

O solstício é um fenômeno que acontece em decorrência do movimento de translação e da inclinação do eixo da Terra. Trata-se do momento em que a luz solar incide de forma desigual sobre os hemisférios terrestres e que marca a noite mais longa do ano.

O solstício de inverno representa o início do período em que um dos hemisférios começa a receber os raios do Sol com menor intensidade, e tem duração aproximada de três meses. Em função disso, os dias tendem a ser mais curtos do que as noites, e as temperaturas sofrem queda considerável. O fenômeno recebe esse nome em função da estação do ano que inaugura.

No Hemisfério Sul, o solstício de inverno ocorre no dia 21 de junho, enquanto o Norte passa pelo solstício de verão. No dia 21 ou 22 de dezembro, a situação se inverte: a data marca o solstício de inverno no Norte e o solstício de verão no Sul.

Inverno no Brasil

O inverno brasileiro tem características bastante particulares que o diferenciam do dos demais países. Uma ampla extensão do território nacional está situada na zona tropical do planeta, área onde há boa incidência de luz solar durante quase todo o ano, especialmente nas regiões próximas ao Equador. Assim, na maior parte do país, o inverno é caracterizado como uma estação seca, com queda na umidade relativa do ar, e de temperaturas que variam de frias a amenas, com mínimas entre 14 ºC e 24 ºC.

De acordo com as informações do Inpe, as regiões Sudeste e Centro-Oeste registram os seus menores índices pluviométricos nessa estação. Quando há a incidência de chuvas, elas ocorrem devido ao avanço de frentes frias sobre essas áreas, trazendo um alívio momentâneo ao tempo seco.

As massas de ar polares provocam a queda das temperaturas nessas áreas. Elas avançam com menor intensidade para o Norte e Nordeste, onde os invernos são amenos e também secos, com exceção de uma estreita faixa no litoral nordeste e uma parte do noroeste do país. Quando possuem maior força, as massas polares provocam queda brusca de temperatura nas cidades mais ao norte do país, causando um fenômeno conhecido como friagem.

A exceção para o quadro anteriormente descrito é a região Sul. Os estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul estão situados na zona temperada, em uma área de latitude média. Uma pequena parcela de São Paulo e do Mato Grosso do Sul está inserida nessa mesma zona climática.

Diz-se que essa região experimenta todas as quatro estações do ano, registrando invernos bastante frios e secos, principalmente nas áreas de maior altitude, como na região da Serra Gaúcha. As temperaturas mínimas caem abaixo dos 10 ºC em algumas cidades, podendo ficar próximas de 0 ºC. Há a ocorrência de geadas, e alguns municípios registram precipitação na forma de neve.

Foto de plantas cobertas por geada.
No inverno, a vegetação do sul do Brasil, por vezes, amanhece com uma fina película de gelo: trata-se do fenômeno denominado geada.

Qual a importância do inverno?

O inverno é uma estação que marca o encerramento de ciclos, e muitas vezes é utilizado como uma metáfora para fases da vida humana e situações diversas que representem términos. Na natureza, os meses de inverno são aqueles em que muitas espécies de animais entram em hibernação. Trata-se de um processo natural em que há a diminuição no metabolismo e de todas as suas funções biológicas para a conservação de energia. A vegetação possui um mecanismo de perda de folhas com propósitos semelhantes, e determinadas espécies dão frutos nessa estação.

Muitas cidades e regiões do mundo se beneficiam da chegada do inverno, uma vez que o frio intenso e as condições temporais dessa estação, como a neve, constituem alguns dos seus principais atrativos. É o caso de cidades como Gramado (RS), Campos do Jordão (SP), Petrópolis (RJ), Bariloche (Argentina), Toronto (Canadá) e diversas outras localidades.

Exercícios resolvidos sobre o inverno

Questão 1 - A imagem abaixo representa a incidência dos raios solares com maior intensidade sobre um dos hemisférios terrestres. Analise-a e selecione a alternativa que melhor descreve à qual fenômeno ela se refere.

Ilustração do solstício de inverno no Hemisfério Sul em uma questão sobre inverno.
[1]

A) equinócio de outono no Sul, que se inicia em 23 de setembro.

B) solstício de verão no Sul, que se inicia em 21 de dezembro.

C) solstício de inverno no Sul, que se inicia em 21 de junho.

D) solstício de inverno no Norte, que se incia em 21 de dezembro.

Resolução

Alternativa C. A imagem representa o solstício de inverno no Sul, que acontece em 21 de junho. Essa data marca também o solstício de verão no Norte.

Questão 2 - (Udesc) No dia 21 de junho, tivemos o solstício de inverno no Hemisfério Sul. A NOAA (National Oceanic & Atmospheric Administration, órgão governamental dos EUA) publicou neste mês algumas mudanças climáticas percebidas em comparação a outros anos. Entre elas, a média global de temperatura neste mês foi 0,8 ºC acima da média do século 20, a Europa teve seu segundo ano mais quente, já registrado em 108 anos, e é junto com a África o continente mais quente.

Disponível em: https://www.terra.com.br/noticias/climatempo/planeta-tem-2-ano-mais-quente-diznoaa,a2c6f789d273a22c74ef600603eb48fb6kn7o65a.html, acessado em 30 de agosto de 2017.

Sobre solstícios e equinócios, analise as proposições, e coloque (V) para verdadeira e (F) para falsa.

( ) Durante o solstício de inverno no Hemisfério Sul, o Sol incidirá perpendicularmente sobre o Trópico de Capricórnio.

( ) Durante o solstício de verão no Hemisfério Sul, a região polar que não recebe Sol é o Círculo Polar Ártico.

( ) Durante os equinócios, dias e noites têm durações iguais.

( ) O equinócio marca as estações de outono e primavera no Brasil, sendo as datas no mês de março e setembro, respectivamente.

( ) O início do solstício de inverno marca a noite mais longa do ano.

A) F – V – V – V – V

B) F – F – V – F – V

C) V – F – F – V – V

D) V – V – V – V – F

E) F – V – F – F – V

Resolução

Alternativa A. A única afirmação incorreta é a primeira. No solstício de inverno no Hemisfério Sul, o Sol não incide perpendicularmente sobre o Trópico de Capricórnio mas sim sobre o Trópico de Câncer, que fica no Hemisfério Norte, porção do globo que está recebendo maior incidência de luz solar.

Crédito da imagem

[1] Obra original: BlueshadeTraducció al català: sjoel / Commons

Por: Paloma Guitarrara

Artigos relacionados

Estações do Ano

Saiba quais são as estações do ano. Entenda as suas origens e conheça as principais características e datas de cada uma delas no Brasil e no mundo.

Hibernação

Entenda como ocorre a hibernação e por que esse processo é tão importante para algumas espécies de animais.

Outono

Saiba quais são as principais caraterísticas do outono. Veja como é o outono no Brasil, e saiba por que essa estação é conhecida no país como a estação das frutas.

Primavera

Conheça a primavera e as características gerais da “estação das flores” no Brasil e no mundo.

Solstícios e equinócios

Solstícios e equinócios, planeta, Terra, Sol, movimento de translação, estações do ano, primavera, verão, outono, inverno, datas, norte, sul, hemisférios, luz.

Verão

Saiba mais sobre o verão. Entenda a ocorrência dessa estação do ano assim como do horário do verão, adotado em vários países do globo.