Gregos

Através dos gregos surgiram importantes ciências, como a matemática, a filosofia e a história.

A Grécia, localizada na Europa Oriental (ao sul da Península Balcânica), foi colonizada e habitada pelos jônios, dórios, eólios e aqueus. Por ser a região onde surgiram as ciências mais importantes de nossa formação educacional (como a Matemática, História, Filosofia, entre outras) é considerada o berço da cultura ocidental. O litoral, recortado, proporcionou aos gregos se lançarem ao mar em busca de terras e riquezas, o que ficou conhecido como “diásporas gregas”. Fazem parte da Grécia as cidades-estados Atenas e Esparta, importantíssimas no estudo da cultura ocidental.

A mitologia grega funde aspectos religiosos e culturais. Os gregos eram politeístas, tendo Zeus como seu líder maior. Buscavam respostas para situações cotidianas (estações do ano, amanhecer e anoitecer, astronomia) na mitologia. Além de Zeus, adoravam Hera (deusa da família), Hades (deus do inferno), Poseidon (deus dos mares), Atena (deusa da sabedoria) e outros.

A formação social era muito distinta entre as cidades-estados gregas. Em Atenas, a cultura era a base da formação do indivíduo. As crianças aprendiam a ler, cantar, tocar um instrumento, declamar e escrever. A sociedade era dividida em rei, eupátridas (nascidos na Grécia), metecos (estrangeiros) e escravos. Já em Esparta, o militarismo é que conduzia as bases. Na camada mais alta encontravam-se os espartíatas, descendentes dos dóricos. A educação ficava a cargo do Estado. Aos sete anos, a criança iniciava sua educação militar. Até os 20 anos vivia nas concentrações militares. Aos 30, voltava pra casa e recebia a permissão para casar. Eram obrigados a servir o exército até os 60 anos, quando passavam a participar da administração da cidade. Abaixo dos espartíatas estavam os periecos (comerciantes e artesãos) e os hilotas (não eram escravos, pois não eram propriedade dos homens livres, mas estavam à disposição dos espartanos a qualquer hora).

Na Idade Antiga, a Grécia foi palco de muitas guerras. Disputou territórios com os persas nas “Guerras Médicas” e guerreou entre si (com ajuda dos persas) nas chamadas “Guerras do Peloponeso” (Batalha de Egos-Pótamos e Batalha de Lêuctras).

A filosofia grega é um capítulo à parte. Destacaram-se Protágoras, Górgias, Sócrates, Platão e Aristóteles. Além da Filosofia, os gregos desenvolveram a Arquitetura (templos sustentados por colunas), a pintura, a Literatura (Heródoto, Tucídides e Xenofonte) e o teatro (Ésquilo, Sófocles e Aristófanes).
 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Partenon: templo construído em homenagem à deusa Atena.

Por: Demercino José Silva Júnior

Artigos de Gregos

A democracia ateniense

A democracia surgiu em Atenas por volta de 510 a.C. Conheça um pouco mais sobre a organização deste regime político.

A religião na Grécia Antiga

A religião na Grécia Antiga incorporou a mitologia grega como forma de transmitir ao povo grego mensagens e ensinamentos importantes.

Alexandre Magno

Saiba mais sobre a figura de Alexandre Magno e sobre sua importância no mundo antigo.

As reformas de Drácon e Sólon

As mudanças políticas que pavimentaram a democracia ateniense.

Guerra do Peloponeso (431- 404 a.C.)

Conheça mais sobre a Guerra do Peloponeso, que opôs as cidades de Atenas e Esparta.

Labirinto do Minotauro

Saiba como Teseu conseguiu sair do labirinto do Minotauro, situado na ilha de Creta, livrando Atenas de pagar uma oferenda aos cretenses todos os anos.

O Julgamento de Sócrates

Quais razões levaram Sócrates a julgamento? Descubra!

Origem de Atenas

Clique aqui e entenda um pouco mais sobre a origem de Atenas!

Sociedade ateniense

Saiba mais sobre a história de Atenas na Antiguidade e suas camadas sociais, divididas entre cidadãos, metecos e escravos.