Cerrado

O Cerrado é o segundo maior bioma do Brasil e o “berço das águas brasileiras”. Possui grande biodiversidade e é considerado um hotspot devido à exploração ambiental.

Cerrado na Chapada dos Veadeiros, Goiás.
Cerrado na Chapada dos Veadeiros, Goiás.

O Cerrado é caracterizado por ser uma savana brasileira, sendo o segundo maior bioma do Brasil. Abrange uma área aproximada de 2 milhões de km² e possui grande biodiversidade em sua fauna e flora. Essa biodiversidade associada ao grau de degradação e ameaça ambiental no Cerrado faz com que esse bioma seja considerado um hotspot.

Leia também: Quais são os biomas do Brasil?

Resumo sobre o Cerrado

  • O Cerrado possui árvores de galhos secos e tortuosos, as quais são adaptadas a sobreviver em climas quentes e com longas estiagens.
  • É o segundo maior bioma do país e o segundo maior da América do Sul.
  • Possui clima tropical, com duas estações bem definidas – uma seca e outra chuvosa.
  • O bioma abriga 11.627 plantas nativas catalogadas, e cerca de 4400 delas são endêmicas, ou seja, só existem no Cerrado.
  • Comunidades tradicionais de indígenas e quilombolas dependem da preservação do Cerrado para a sua sobrevivência.
  • O Dia Nacional do Cerrado é comemorado em 11 de setembro.
  • Do ponto de vista hídrico, o Cerrado é considerado o “berço das águas brasileiras” ou a “caixa d’água do Brasil”.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Videoaula sobre o Cerrado

Localização do Cerrado

O Cerrado é o segundo maior bioma do Brasil e da América do Sul, com cobertura de 22% de todo o território nacional. Superado pela Amazônia em extensão, o Cerrado abrange uma área de aproximadamente 2 milhões de km² entre os seguintes estados brasileiros:

Como principais características, o Cerrado possui árvores de galhos secos e tortuosos, que são adaptadas a sobreviver em climas quentes e com longas estiagens, situações comuns em áreas de clima tropical.

Possui solos avermelhados (latossolos) e pobres em nutrientes por serem muito ácidos. Isso se dá devido aos “extremos” que atingem o solo do Cerrado: muita chuva no período chuvoso e muita seca nos períodos de estiagem. Ademais, é um dos biomas que possuem grande biodiversidade, com mais de 2500 animais em sua localidade.

Leia também: Caatinga — único bioma exclusivamente brasileiro

  • Clima do Cerrado

O Cerrado possui clima tropical, com duas estações bem definidas – uma seca e outra chuvosa, ambas com elevadas temperaturas. A primeira ocorre entre os meses de maio a setembro, com umidade relativa do ar que pode atingir 10% entre julho e agosto. Já a segunda é observada entre novembro e março. As temperaturas no verão chegam a 40 ºC, mas a média anual é de 22 ºC.

  • Vegetação e flora do Cerrado

Esse bioma é conhecido como a savana brasileira. As árvores do Cerrado possuem uma característica peculiar devido ao clima, apresentando tronco espesso e queda das folhas durante as estiagens. Além disso, estima-se que mais de 200 espécies do Cerrado tenham propriedades medicinais, e pouco mais de 400 podem ser usadas em solos com alto grau de degradação ambiental.

A diversidade na vegetação do Cerrado pode ser distribuída em dois subtipos, conhecidos como estratos:

    • estratos lenhosos (árvores longas e arbustos) e
    • estratos herbárceos (ervas e subarbustos).

O bioma abriga 11.627 plantas nativas catalogadas, e cerca de 4400 são endêmicas, isto é, só existem no Cerrado. Muitas são apelidadas de “floresta invertida”, com raízes que podem atingir 15 m de profundidade e capazes de buscar água durante o inverno.

Dentre as inúmeras árvores do Cerrado, podemos destacar:

  • pequi (Caryocar brasiliense);
  • buriti (Mauritia flexuosa);
  • mangaba (Hancornia speciosa);
  • cagaita (Eugenia dysenterica);
  • cajuzinho-do-cerrado (Anacardium humile);
  • araticum (Annona crassifólia);
  • baru (Dipteryx alata);
  • ipê-amarelo (Tabebuia ochracea);
  • graviola (Annona crassiflora).
  • Fauna do Cerrado

Quanto à fauna, segundo o Ministério do Meio Ambiente, podem ser encontradas no Cerrado cerca de:

Tais números atestam a enorme biodiversidade existente no Cerrado.

Outro número que chama a atenção em relação ao Cerrado faz referência à quantidade de animais invertebrados presentes no bioma. Estudos apontam a existência de 14.425 espécies, o que representaria 47% de toda a fauna invertebrada do Brasil.

  • Solo do Cerrado

O solo no Cerrado é pobre em nutrientes e seco. Essas condições podem ser explicadas pelas razões climáticas, como temperaturas elevadas o ano todo, longos períodos de seca, bem como fortes chuvas em alguns meses do ano e baixa capacidade de absorção de água.

A acidez está presente no solo do Cerrado devido à presença de alumínio (latossolo). Apesar dessas deficiências, inovações tecnológicas surgidas na Revolução Verde, nos anos 1970, foram utilizadas para tornar o solo mais fértil e produtivo. A calagem é um dos exemplos dessa inovação e consiste na correção da acidez do solo.

Veja também: Quais são os principais tipos de solo do Brasil?

Mapa do Cerrado

Mapa do Brasil com destaque para as áreas de ocorrência do Cerrado.
Mapa do Brasil com destaque para as áreas de ocorrência do Cerrado.

“Tipos” de Cerrado

O termo “tipos de cerrado” é baseado no senso comum e não é correto perante a comunidade científica. Devido à grande biodiversidade e área de abrangência, o Cerrado possui diferentes paisagens, que são chamadas de fitofisionomias.

As fitofisionomias do Cerrado podem ser classificadas, em ordem alfabética, da seguinte forma:

  • Campo limpo: como o nome diz, é um tipo de Cerrado composto por gramíneas e vegetação arbustiva.
  • Campo sujo: predominam os estratos herbáceos e alguns arbustos.
  • Cerradão: apresenta árvores de médio e alto porte que chegam a 10 m de altura, com muitas folhas e galhos tortuosos.
  • Cerrado rupestre: típico Cerrado que aparece nas áreas rochosas, como morros, chapadas e serras.
  • Cerrado stricto senso: é o mais comum entre as fitofisionomias do Cerrado. Apresenta árvores de baixo e médio porte, com galhos tortuosos e raízes profundas.
  • Matas de galerias: essas matas acompanham os cursos d’água presentes no Cerrado, com árvores que podem atingir 30 m de altura. Nessa fitofisionomia, as árvores não perdem suas folhas, devido à proximidade com recursos hídricos. 
  • Mata seca: essa fitofisionomia apresenta queda das folhas durante a seca e é encontrada em áreas mais áridas.
  • Veredas: considerada por muitos a vegetação mais exuberante do Cerrado, essa fitofisionomia pode ser encontrada em áreas de nascentes de rios. A árvore mais comum é o buriti.
Vegetação de Mata Seca em Goiás
Vegetação de Mata Seca em Goiás

Qual a importância do Cerrado?

Dada a sua biodiversidade e sua área de abrangência, o Cerrado possui vários motivos para ser preservado e valorizado, demostrando sua força e importância para a comunidade ambiental. A flora do Cerrado pode ser usada para fins medicinais e gastronômicos, com inúmeros frutos comestíveis (pequi, graviola, mangaba, cagaita, caju) e outros que servem para tratamentos de queimaduras e feridas, como o barbatimão.

Comunidades tradicionais de indígenas e quilombolas também dependem da preservação do Cerrado para a sua sobrevivência. O turismo nos estados em que há Cerrado também deve ser levado em consideração, uma vez que belas paisagens entre cânions, cachoeiras e rios são bastante visitadas por pessoas do mundo todo.

Do ponto de vista hídrico, o Cerrado é considerado o “berço das águas brasileiras”, ou a “caixa d’água” do Brasil, haja vista a sua localidade e armazenamento de água no subsolo. Três grandes bacias hidrográficas brasileiras estão no Cerrado ou dependem indiretamente da recarga hídrica do bioma:

  • Araguaia-Tocantins,
  • Paraná-Paraguai e
  • São Francisco.

A geografia do Cerrado é marcada pela presença de planaltos no Centro-Oeste do Brasil. Com isso, diversas nascentes de rios estão localizadas no bioma, influenciando bacias brasileiras e da América do Sul. Além disso, destaca-se a ocorrência de três grandes aquíferos: Bambuí, Urucuia e Guarani — esse último um dos maiores do mundo.

Diante do exposto, as razões que demonstram a importância do Cerrado são inúmeras, cabendo ao poder público em consonância com a sociedade civil e demais entes envolvidos a função de preservar e garantir que essa riqueza permaneça abundante e formosa.

Destruição do Cerrado

Segundo dados do MapBiomas, o Brasil perdeu, em 2019, 1.218.708 hectares (12.187 km²) em área desmatada. O Cerrado foi o segundo em termos de perdas, com 33% desse total (408,6 mil ha). Em 2020, houve um aumento de 6% de área desmatada em relação ao ano anterior.

Vegetação queimada no Cerrado
Vegetação queimada no Cerrado

Apesar de ser o segundo maior bioma do país, em cinco décadas o Cerrado perdeu cerca de 40% de seu território, segundo o Ministério do Meio Ambiente. Entre as causas dessa enorme degradação, podemos citar a expansão da fronteira agrícola desde meados das décadas de 1970 e 1980, o extrativismo ilegal, queimadas incontroláveis e a pecuária.

Estados como Goiás e Mato Grosso são destaques na pecuária nacional. Contudo, essa prática requer a limpeza de áreas do Cerrado, o que prejudica a fauna e flora regionais. Dessa forma, o desmatamento e o uso do fogo contribuem para a redução do bioma

A enorme biodiversidade do Cerrado e o elevado grau de destruição e ameaça ambiental caracterizam o bioma como uma área de hotspot, conceito criado por Norman Myers na década de 1990 para se referir a biomas com estas características: apresentam abundância de espécies (fauna e flora), mas sofrem grande degradação em sua área. No Brasil, além do Cerrado, a Mata Atlântica também pode ser definida como hotspot.

As perdas relatadas pelo Ministério do Meio Ambiente e pelo MapBiomas são preocupantes, pois afetam diretamente as populações dos estados em questão, além de atingirem indiretamente a produção hídrica de outras bacias.

Leia também: Causas e consequências das queimadas no Pantanal

Dia Nacional do Cerrado

O Dia Nacional do Cerrado é comemorado em 11 de setembro, data criada em 2003 por meio de um decreto assinado pelo então presidente do Brasil, Luís Inácio Lula da Silva. O dia foi escolhido porque se trata da data de nascimento do ambientalista Ary José de Oliveira, importante defensor do meio ambiente, falecido em 2011.

Essa data é celebrada para marcar a importância do bioma, devido à sua biodiversidade, além de ser considerado o “berço das águas” e concentrar grandes reservas hídricas subterrâneas presentes no centro do Brasil, como o Aquífero Guarani.

Cachoeira Salto no Parque Nacional Chapada dos Veadeiros, Goiás.
Cachoeira Salto no Parque Nacional Chapada dos Veadeiros, Goiás.

Contudo, tal data não serve apenas para rememorar a importância natural do Cerrado, mas também para conscientizar sobre a degradação ambiental que vem ocorrendo nas últimas décadas, com o avanço da agricultura em áreas de preservação ambiental, queimadas em excesso, bem como a extração ilegal de madeira.

Com a data, espera-se que haja maior engajamento da sociedade em geral na preservação do segundo maior bioma do Brasil em extensão territorial. Esse engajamento deve vir com educação e consciência ambiental a fim de revertermos os impactos negativos vivenciados nos últimos anos.

Exercícios resolvidos sobre o Cerrado

Questão 1 - (Fac. Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein 2017) Leia:

'O cerrado não revela seus mistérios à gente que não é cativa desse destinozinho de chão', escreveu certa vez Guimarães Rosa, traduzindo desses segredos do cerrado [...] que podem ter valor científico, social e econômico, mas não estão mesmo expostos à vista.”

(ANDRADE, Rodrigo de Oliveira. Laboratório a céu aberto In: Pesquisa Fapesp, no 208, junho de 2013. p. 40)

Considerando o texto sobre o Cerrado, pode ser dito sobre esse bioma brasileiro que:

A) o valor econômico é duvidoso, pois se sua área e formação vegetal dominante são propícias para a exploração da pecuária, o mesmo não pode ser dito para a agricultura, que não vingará nesses solos pobres e secos.

B) os segredos do Cerrado são mais força de expressão literária do que reais, pois estamos diante de um bioma marcado por certa homogeneidade biológica que se repete monotonamente por vastas extensões.

C) trata-se de uma formação de dominância herbácea, o que, no passado, a ligava ao risco da devastação pela pecuária excessiva, mas que atualmente está razoavelmente preservada pelo seu baixo uso econômico.

D) essa é uma formação savânica, cuja marca é a presença dos três estratos vegetais (arbóreo, arbustivo e herbáceo), sem predomínio de nenhum deles, e também a presença de uma biodiversidade notável.

Resolução

Alternativa D. O Cerrado apresenta os três estratos vegetais citados na alternativa, não havendo predomínio de um sobre o outro. Eles aparecem em vários locais na área de ocorrência do bioma em questão.

Questão 2 - (UEFS-BA 2015)

É, fisionomicamente, muito semelhante às savanas africanas, sendo o bioma que apresenta a fauna de maior porte do Brasil. Ocupava cerca de 22% do território nacional, sendo representado em quase todas as regiões do país, abrangendo grandes partes dos Estados centrais e pequenas porções e manchas em outras unidades políticas.

O texto descreve o bioma:

A) da Caatinga.

B) do Cerrado.

C) das formações campestres.

D) da floresta latifoliada tropical.

Resolução

Alternativa B. O texto faz referência a características específicas do Cerrado, como ser semelhante à savana africana e estar localizado nos estados centrais do país, por exemplo.

Por: Átila Matias

Artigos relacionados

27 de Maio - Dia da Mata Atlântica

Saiba quais os motivos para celebrar o Dia da Mata Atlântica.

A posição geográfica do Brasil

As características geográficas do território brasileiro.

Amazônia

Entenda mais as características da Amazônia. Conheça sobre a fauna e a flora da região. Saiba a importância da Floresta Amazônica para o Brasil e para o mundo.

As plantas do Cerrado e suas adaptações

Clique aqui e saiba mais a respeito das plantas do Cerrado e suas adaptações a esse ambiente.

As vegetações Brasileiras

As vegetações brasileiras, Os tipos de vegetações brasileiras, As características das vegetações brasileiras, O clima e as vegetações brasileiras, Onde estão localizados os variados tipos de vegetações brasileiras.

Biodiversidade no Brasil

O país que abriga a maior biodiversidade do mundo.

Biomas do Brasil

Conheça os biomas do Brasil e as suas características!

Caatinga

Conheça a Caatinga, um tipo vegetacional que só ocorre no Brasil. Saiba quais são suas principais características geográficas.

Campos

O bioma que se apresenta em áreas descontínuas do país.

Cerrado e as águas do Brasil

Entenda por que a relação entre o Cerrado e as águas do Brasil faz com que ele seja chamado de “a caixa d'água do Brasil”!

Domínios morfoclimáticos no Brasil

Saiba o que são os domínios morfoclimáticos e conheça as principais regiões naturais do espaço geográfico brasileiro.

Fitogeografia Brasileira

Fitogeografia Brasileira, O que é a Fitogeografia Brasileira, Floresta Amazônica, Floresta Atlântica, floresta subtropical, Mata Atlântica, caatinga, Pantanal.

Floresta Amazônica

Clima quente e úmido, elevado índice pluviométrico e maior biodiversidade do planeta são algumas características da floresta Amazônica.

Hotspots

Entenda o que são hotspots, um conceito utilizado para identificar as áreas do planeta cuja preservação ambiental faz-se mais urgente.

Lobo-guará

Você já ouviu falar sobre o lobo-guará? Clique aqui e conheça algumas das principais características do maior canídeo da América do Sul.

Manguezal

Formação típica de regiões onde o rio deságua no mar, o manguezal apresenta grande importância para a manutenção da vida marinha.

Mata Atlântica

Conheça aspectos da Mata Atlântica. Saiba mais sobre suas características físicas e os motivos da sua elevada degradação ambiental.

Mata de Araucária

Clique aqui e conheça as características da Mata de Araucária, veja também o que vem contribuindo para destruição desse bioma.

Mata dos cocais

Bioma de transição entre o cerrado, a floresta Amazônica e a caatinga.

O território brasileiro e sua extensão

O território brasileiro e sua extensão, Os aspectos do território brasileiro e dos demais países, Os tipo de fronteiras, Como se forma o Território brasileiro e dos demais países, fronteira artificial e fronteira natural, território contínuo e descontínuo.

Os climas do Brasil

As características climáticas do território brasileiro.

Pantanal

Conheça as principais características e curiosidades do Pantanal brasileiro e entenda os fatores que têm contribuído para a degradação desse bioma.

Pequizeiro (Pequi)

Saiba mais sobre o pequizeiro, uma árvore típica do Cerrado que possui um fruto muito utilizado na alimentação.

Problemas do Pantanal

Problemas do Pantanal, Quais são os problemas do Pantanal, As causas dos problemas do Pantanal, O Pantanal pertence quais estados, Impactos sobre o ecossistema Pantanal.

Savanas

Confira as principais características das savanas, um bioma africano que também se apresenta no Brasil e em outras partes do mundo.