Peixes

Os peixes são vertebrados aquáticos que se destacam por suas várias adaptações a esse meio, como a presença de brânquias, nadadeiras e bexiga natatória em alguns grupos.

Os peixes são um grupo de animais extremamente conhecido e vivem exclusivamente no ambiente aquático. Eles pertencem à superclasse Pisces.

Classificação dos peixes

Os peixes podem ser classificados em dois grupos principais: chondrichthyes e osteichthyes.

  • Chondrichthyes (Peixes cartilaginosos) - destacam-se por seu esqueleto cartilaginoso. Como exemplo desse grupo, podemos citar os tubarões e arraias.

  • Osteichthyes (Peixes ósseos) – Esses peixes apresentam um esqueleto formado por ossos. Outras características diferenciais nesse grupo é a presença de opérculo, uma estrutura que cobre as brânquias, e de bexiga natatória, estrutura ausente em peixes cartilaginosos. Como representantes, podemos citar várias espécies, como o cavalo-marinho, baiacu e peixe-palhaço.

Características gerais dos peixes

Os peixes apresentam várias características peculiares que permitem sua sobrevivência nesse ambiente. Uma das principais características é o aparelho respiratório adaptado a retirar oxigênio dissolvido na água: as brânquias.

Por meio das brânquias, esses animais conseguem obter o oxigênio e retirar de seu corpo o gás carbônico produzido pelas células durante suas atividades. Esses animais também se caracterizam pelas nadadeiras, que ajudam na propulsão e na estabilidade do corpo.

Os peixes possuem pele formada por derme e epiderme, sendo essa última camada responsável por produzir um muco. O muco produzido pelos peixes, além de diminuir o atrito com a água, evita o ataque de alguns micro-organismos. Na pele desses animais também é possível observar a presença de escamas.

Observe a estrutura interna de um peixe
Observe a estrutura interna de um peixe

O sistema digestório dos peixes é completo, e os hábitos alimentares desses animais são variáveis. No que diz respeito ao sistema excretor, este é formado por um par de rins. Nos peixes cartilaginosos, é excretada principalmente ureia; nos ósseos, ocorre a eliminação de amônia.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O sistema circulatório é fechado com um coração com duas cavidades: um átrio e um ventrículo. A circulação é simples, pois o sangue passa apenas uma vez pelo coração. O sangue que passa no interior desse órgão é rico em gás carbônico e é bombeado para as brânquias, onde sofre oxigenação. Os peixes são animais ectotérmicos, ou seja, a temperatura do seu corpo está diretamente relacionada com fontes externas.

Uma estrutura que merece destaque no corpo dos peixes é a bexiga natatória, que funciona das mais diferentes formas, destacando-se sua função hidrostática. Essa estrutura é utilizadas por esse animal para regular a sua posição dentro da água. Vale destacar, no entanto, que peixes cartilaginosos não possuem esse órgão e utilizam o fígado para conseguir certa flutuabilidade.

Os peixes possuem um sistema nervoso e órgãos sensoriais adaptados. Conseguem orientar-se, principalmente, pelo olfato e pela captação da vibração da água. Para captar essas vibrações, o animal conta com linhas laterais, que são canais na lateral do corpo que possuem células sensoriais.

A reprodução dos peixes ocorre de forma distinta em diferentes grupos. Quando analisamos peixes cartilaginosos, verificamos a fecundação interna e identificamos espécies ovíparas, ovovivíparas e vivíparas. Nos peixes ósseos, a maioria é ovípara e possui fecundação externa. O desenvolvimento pode ser ainda direto ou indireto com a formação de um estágio larval em peixes ósseos.

Adaptações ao nado

Os peixes são animais que se destacam por sua capacidade de natação. Como principais características que os ajudam a desempenhar essa atividade, podemos citar:

  • Corpo fusiforme em alguns grupos

  • Nadadeiras

  • Bexiga natatória em alguns grupos

  • Presença de muco.


Aproveite para conferir a nossa videoaula sobre o assunto:

Os peixes são animais adaptados ao ambiente aquático

Os peixes são animais adaptados ao ambiente aquático

Por: Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos relacionados

Agnatos

Conheça mais sobre os agnatos, classe representada pelas lampreias e peixes-bruxas.

Condrictes

Conheça mais sobre os condrictes, animais com esqueleto cartilaginoso. Alguns de seus representantes são os tubarões e as arraias.

Osteíctes

Saiba quais são as características dos peixes ósseos e quais as diferenças entre osteíctes e condrictes.

Síndrome de Haff

Você sabia que a ingestão de peixe pode causar uma síndrome que pode até mesmo matar? Clique aqui e saiba mais sobre a síndrome de Haff.

Tubarão-branco

Descubra mais sobre o tubarão-branco, um temido peixe predador dos mares tropicais, subtropicais e temperados do planeta.