Condrictes

Os condrictes reúnem peixes marinhos com esqueleto cartilaginoso
Os condrictes reúnem peixes marinhos com esqueleto cartilaginoso

A classe dos condrictes (Classe Chondricthyes), também conhecidos como peixes cartilaginosos, abrange cerca de 850 espécies de animais tipicamente marinhos que possuem esqueleto cartilaginoso (condro = cartilagem; ictes = peixe). Dentre os animais que fazem parte dessa classe podemos citar os tubarões, arraias e quimeras. Os condrictes são vertebrados gnatostomados (boca com mandíbula) e carnívoros (o tubarão-baleia é uma espécie que se alimenta de plâncton).

São animais que apresentam nadadeiras peitorais e pélvicas, que proporcionam ao animal maior velocidade, estabilidade e maior capacidade de subir ou descer na água. Possuem glândulas produtoras de muco na pele e escamas placoides que se assemelham a pequenos dentes, sendo também conhecidas como dentículos dérmicos.

Os condrictes possuem a boca localizada na parte ventral do corpo, com mandíbulas e várias fileiras de dentes pontiagudos que são repostos periodicamente. Possuem sistema digestivo completo composto por esôfago, estômago, intestino com válvula espiral (tem a função de aumentar a absorção de nutrientes e retardar a digestão), pâncreas e fígado. No final do intestino encontramos a cloaca, onde se localizam os sistemas reprodutor e urinário. Esses animais não possuem opérculo (placa que protege as brânquias), estando essa estrutura presente apenas nos peixes ósseos. 

Os condrictestêm sistema circulatório fechado e simples, que se constitui de artérias, veias e capilares que se ligam a um coração dotado de duas câmaras com um átrio e um ventrículo. São animais que mantêm alta concentração de ureia em seu corpo para impedir a perda de água para o meio externo. Têm o sistema excretor composto por um par de rins, do qual saem ductos que chegam até à cloaca, onde a urina é eliminada.

O sistema nervoso dos condrictesé bem desenvolvido e se compõe de encéfalo, medula espinhal, nervos e gânglios nervosos. Os tubarões são animais que enxergam muito bem, no entanto não conseguem distinguir cores. Possuem duas narinas capazes de perceber substâncias químicas dissolvidas na água, e orelhas internas sensíveis a vibrações na água. Nas laterais desses animais podemos perceber a presença de linhas, que são estruturas formadas por fileiras de canais cheios de água que se comunicam através de poros com a água do meio exterior. No interior desses canais há células capazes de detectar variações de pressão da água, vibrações, movimentos de outros peixes e sons de baixa frequência. Os condrictestambém apresentam, na região da cabeça, as ampolas de Lorenzini, que possuem células sensoriais que conseguem captar correntes elétricas geradas por contrações musculares de outros animais. Isso auxilia o condrictea perceber e atacar suas presas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Os condrictessão dioicos: têm reprodução sexuada com fecundação interna e desenvolvimento direto. Os machos possuem as nadadeiras pélvicas modificadas, formando o clásper (órgão copulador), responsável por introduzir o esperma na cloaca das fêmeas. Os condrictes ovíparos apresentam ovos protegidos por uma casca grossa e coriácea, apresentando ganchos para fixação a substratos submersos. Já as fêmeas dos condrictes ovovivíparos guardam os ovos no interior do corpo, eliminando-os quando concluem o seu desenvolvimento embrionário. Poucas espécies de condrictessão vivíparas. Nesse caso, há uma estrutura semelhante à placenta que nutre o embrião até o final do seu desenvolvimento.

A classe dos condrictes é dividida em elasmobrânquios e holocéfalos
A classe dos condrictes é dividida em elasmobrânquios e holocéfalos

A classe dos condrictes pode ser dividida em Elasmobranchii (elasmobrânquios) e Holocephali (holocéfalos).

Os elasmobrânquios abrangem os tubarões e arraias. A maioria dos tubarões se alimenta de peixes, lulas, focas, baleias mortas, etc. Do seu fígado pode ser extraído óleo e da sua pele podem ser feitos calçados e bolsas. O tubarão-zebra, tubarão-de-pregas e tubarão-baleia não representam perigo para os seres humanos, pois se alimentam de plâncton. Já o tubarão-martelo, tubarão-azul, tubarão-de-barbatanas-pretas, tubarão-cabeça-chata, e tubarão-branco podem ser muito perigosos para os seres humanos.

As arraias possuem as nadadeiras soldadas na cabeça e costumam ser encontradas enterradas na areia. Alimentam-se de moluscos, crustáceos e plâncton, e conseguem se defender a partir de um ferrão localizado na cauda. Espécies de arraias, como a jamanta, podem atingir até 7 metros de diâmetro.

Os holocéfalos são animais representados pelas quimeras, encontradas nas profundezas e que se alimentam de invertebrados. Quando adultos, os holocéfalos não possuem escamas, sendo que as fendas branquiais são cobertas pelo opérculo. No Brasil, uma espécie de quimera foi encontrada a 400 metros de profundidade por dois pesquisadores brasileiros, que a chamaram de Hydrolagus matallanasi.

Por: Paula Louredo Moraes

Artigos relacionados

Agnatos

Conheça mais sobre os agnatos, classe representada pelas lampreias e peixes-bruxas.

Anfíbios (Classe Amphibia)

Conheça a classificação e características dos anfíbios.

Ataques de Tubarão

Entenda por que ocorrem os ataques de tubarão e a relação do homem com o aumento desses acidentes.

Cobras-cegas (Ordem Gymnophiona)

Conheça as características da cobra-cega: anfíbio gimnofiono.

Gaviais (Gavialis gangeticus)

Na atualidade, existe uma única espécie de gaviais, e esta está criticamente ameaçada de extinção.

Mico-leão-dourado (Leontopithecus rosalia)

Leontopithecus rosalia é o nome científico do mico-leão-dourado: animal endêmico da Mata Atlântica fluminense. O mico-leão-dourado está em perigo de extinção.

Osteíctes

Saiba quais são as características dos peixes ósseos e quais as diferenças entre osteíctes e condrictes.

Peixes

Conheça as principais características dos peixes, animais vertebrados que vivem no ambiente aquático e podem ser classificados em ósseos e cartilaginosos.

Répteis (Classe Reptilia)

Grupo cujos representantes apresentam pele impermeável e põem ovos.

Tubarão-branco

Descubra mais sobre o tubarão-branco, um temido peixe predador dos mares tropicais, subtropicais e temperados do planeta.

Urocordados

Conheça mais sobre os urocordados, animais vertebrados que não possuem crânio e nem coluna vertebral.