Efeito estufa e aquecimento global

O efeito estufa é um fenômeno natural que ocorre na superfície da Terra. Ao receber energia do Sol em forma de radiação visível (luz), cerca de 30% dessa luz não atravessa a atmosfera terrestre, e os 70% restantes incidem sobre nosso planeta. Posteriormente, parte desses 70% de radiação solar é absorvida pela superfície terrestre e a outra parte é refletida na forma de radiações infravermelhas, que não são visíveis para nós. Porém, ao chegarem à atmosfera, alguns gases absorvem parte dessas radiações e o restante é emitido de volta para o espaço.

Esse é um processo semelhante ao que ocorre em uma estufa usada para cultivar plantas. Nessas câmaras fechadas, o objetivo é acumular ou conter o calor que é absorvido, tendo uma temperatura maior que a do ambiente exterior.

Assim como esse calor absorvido é bom para as plantas, o efeito estufa que ocorre naturalmente na camada atmosférica é bom, pois, dessa forma, o planeta se mantém aquecido, com a superfície terrestre apresentando uma temperatura de cerca de 15ºC, possibilitando, dessa forma, que exista e se mantenha a vida animal e vegetal na Terra.

Esquema do efeito estufa.
Esquema do efeito estufa. 

Entretanto, com o avanço tecnológico e com o aumento do uso de combustíveis fósseis, está aumentando muito a concentração desses gases que absorvem as radiações. Eles são chamados de gases-estufa e o principal deles é o dióxido de carbono ou gás carbono (CO2). A sua concentração normal na atmosfera é de aproximadamente 0,035%.

Ele é liberado para a atmosfera por meio da respiração animal e vegetal, das erupções vulcânicas e também por meio da queima de materiais orgânicos (como a madeira) e dos combustíveis fósseis (como o carvão mineral e os derivados do petróleo). Esses combustíveis possuem em sua constituição química o elemento carbono, que, ao sofrer combustão, reage com o oxigênio presente no ar e produz o CO2.

C(s) + O2(g) → CO2(g)

 

Visto que houve um vertiginoso aumento desse tipo de reação, por causa dos constantes desmatamentos, explosão demográfica, desenvolvimento industrial acelerado e crescente queima de combustíveis fósseis, o resultado que vem sendo constatado é que a concentração de gás carbônico na atmosfera está cada vez maior. Consequentemente, mais radiações serão absorvidas, o que, por sua vez, aumenta a temperatura do globo terrestre, causando o chamado aquecimento global.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Com o aumento da temperatura da Terra, as águas dos mares, rios e lagos evaporam com maior facilidade, o que também aumenta a concentração de vapor de água na atmosfera, e o fato agravante é que o vapor de água também absorve radiação infravermelha.

Além do gás carbônico e da água, outros gases-estufa estão aumentando sua concentração na camada atmosférica. Veja alguns casos abaixo:

Metano (CH4): esse gás é liberado pela decomposição de material orgânico em locais com pouco oxigênio, incluindo o intestino de animais ruminantes, como o gado bovino, suíno e caprino. Com o aumento do consumo de carne desses animais, o resultado é mais gás metano produzido;

Clorofluorcarbonos (CFC’s): esses gases são liberados por refrigeradores, sprays e condicionadores de ar;

Monóxido de nitrogênio (NO): sua formação se dá na própria atmosfera, por meio de reações entre o nitrogênio e o oxigênio presentes no ar. 

Causas do efeito estufa e do aquecimento global.
Causas do efeito estufa e do aquecimento global.

No século XX, a temperatura da Terra se elevou em 0,6 ºC. As previsões feitas por meio de estudos científicos são de que o efeito estufa continue aumentando cada vez mais a temperatura da Terra; com isso, vários problemas podem surgir. Entre eles, o principal é o derretimento das calotas polares, pois isso pode provocar o aumento do nível dos oceanos que inundariam as cidades em regiões costeiras. Outras consequências são os “extremos” no clima, visto que em alguns lugares há extrema seca, já em outros ocorrem inundações. Além disso, com a alteração do clima, as plantações sofreriam e as doenças se espalhariam com maior facilidade.

O aquecimento global pode provocar o derretimento das calotas polares.
O aquecimento global pode provocar o derretimento das calotas polares.

Desde o século XX vários fatores contribuíram para intensificar o efeito estufa e causar o aquecimento global.

Desde o século XX vários fatores contribuíram para intensificar o efeito estufa e causar o aquecimento global.

Por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça

Artigos relacionados

O Sol pode ter fim?

Descubra se o Sol pode um dia chegar ao fim, quanto tempo isso irá demorar a acontecer, como se dará e quais serão as consequências para a Terra.

Principais óxidos

Descubra quais são os óxidos mais usados em nosso cotidiano, suas propriedades, características, fontes de obtenção e aplicações.

Biogás

Conheça a constituição química, as fontes de obtenção, a produção e os benefícios do uso do biogás como fonte de energia elétrica renovável.

Plástico verde

Conheça o que é o plástico verde, um polímero com estrutura idêntica ao polietileno, mas que possui o benefício de ser de fonte renovável, o etanol da cana-de-açúcar.

Smog fotoquímico

Entenda o que é o smog fotoquímico, um dos maiores problemas ambientais das grandes metrópoles.

Créditos de carbono

Entenda o que são créditos de carbono, como funciona o mercado de venda e compra deles e como isso contribui para a diminuição do aquecimento global.

Composição do ar

Conheça a composição do ar, veja o papel de cada gás, de onde eles são provenientes e como as atividades humanas têm interferido nessa composição.

Óleo diesel

Conheça a constituição do óleo diesel, a sua aplicação e como ele é classificado de acordo com o teor de enxofre e com a adição de biodiesel.

Cientistas transformam poluição em gasolina

Cientistas transformam poluição em gasolina! Veja como eles conseguiram fazer isso por meio da mistura de ar e água.

Recifes de coral

Aprenda um pouco mais sobre os recifes de coral, ecossistemas marinhos que abrigam uma grande diversidade de espécies.

Acordo de Paris

Saiba mais sobre o Acordo de Paris, tratado mundial assinado por 195 países. Esse acordo visa a minimizar as alterações climáticas por meio da redução da emissão de gases de efeito estufa, que agravam o aquecimento global. Saiba quais são os países que não aderiram ao acordo, bem como as metas a serem alcançadas.

Branqueamento de corais

Que tal conhecer mais sobre o branqueamento de corais, um fenômeno ecológico bastante estudado na atualidade e que afeta negativamente o ecossistema marinho? Clique aqui e descubra o que é branqueamento de corais, como ele ocorre e suas consequências para o ecossistema marinho.

Queimadas

Entenda o que são as queimadas e quais as suas áreas de ocorrência no Brasil e no mundo, bem como aprenda suas consequências para o meio ambiente.

Camada de ozônio destruída: proteja-se do sol

como a camada protetora da Terra está sendo destruída, ficamos expostos aos raios solares nocivos.

Chuva ácida

Você sabia que a chuva ácida pode nos trazer consequências? Confira aqui!

Gás freon

Clique aqui e conheça as características e utilização do gás freon!

Gás Orgânico

De onde são vêm os gases orgânicos.

Poluição da atmosfera

Clique aqui e conheça algumas causas da poluição da atmosfera!

Poluição de rios

A poluição dos rios causa alterações físicas na água. Confira!

Poluição e chuva ácida

Gases gerados por automóveis causam chuva ácida.

Química Ambiental

Conheça as áreas de estudo da química ambiental.

Tipos de Smog

Clique aqui e conheça os tipos mais comuns de smog e quais são seus malefícios para a saúde do homem.

Troposfera e estratosfera pedem socorro

Camadas da Terra que são as maiores vítimas da poluição atmosférica.