Principais óxidos

Os compostos que pertencem à função inorgânica dos óxidos são caracterizados por serem binários, isto é, formados por apenas dois elementos diferentes, sendo que o mais eletronegativo deles é o oxigênio.

Existem vários óxidos importantes e com inúmeras aplicações em nosso cotidiano. A seguir trataremos dos principais:

1-      Principais óxidos básicos (óxidos que reagem com água, originando uma base; e reagem com ácido, originando sal e água como produtos):

  • CaO (Óxido de cálcio):

A obtenção desse composto é feita através do aquecimento do CaCO3, conforme a reação abaixo, sendo que o CaCO3 é encontrado no mármore, calcário e na calcita:

Reação de obtenção do óxido de cálcio

O óxido de cálcio é normalmente conhecido por cal virgem ou cal viva, sendo que misturado à água dá origem à cal extinta ou cal apagada, ou ainda cal hidratada (Ca(OH)2). É utilizado principalmente em construções, no preparo de argamassa, cimento e cerâmicas; e na agricultura, para diminuir a acidez (pH) do solo.

Uso de cal hidratada em agricultura para corrigir pH do solo

  • Óxido de magnésio (MgO):

Esse composto, ao ser misturado com água, dá origem ao conhecido leite de magnésia, que é o hidróxido de magnésio usado como antiácido estomacal.

O leite de magnésia é o óxido de magnésio misturado com água, que origina o hidróxido de magnésio

2-      Principais óxidos ácidos (óxidos que reagem com água, originando um ácido; e reagem com uma base, originando sal e água como produtos):

  • Dióxido de Carbono (CO2):

O dióxido de carbono ou gás carbônico é um composto que está presente principalmente na atmosfera, pois é proveniente da respiração de plantas e animais, além da queima de combustíveis. Ele faz parte do processo de fotossíntese realizado pelas plantas.

O gás carbônico é muito utilizado como gás de refrigerantes e de água gaseificada, que ocasiona um meio ácido ao reagir com a água.

Quando está no estado sólido, ele é denominado gelo-seco, pois passa diretamente do estado sólido para o gasoso, à temperatura ambiente. Ele é muito usado para gerar o efeito de fumaça em shows, teatro, filmes e outros eventos e espetáculos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Óxido de silício (SiO2):

Esse composto é conhecido normalmente como sílica e representa o óxido mais abundante na crosta terrestre. Sua principal fonte de obtenção é a areia, mas pode também ser encontrado em diversas formas cristalinas, como quartzo puro (foto), topázio e ametista. Sua principal aplicação é na produção de vidro.

Cristais de quartzo

3-      Principal peróxido (óxidos que apresentam em sua estrutura o grupo (O2)2-):

  • Peróxido de hidrogênio (H2O2):

O peróxido de hidrogênio, quando está em meio aquoso (H2O2(aq)), origina a chamada água oxigenada, sendo que suas soluções aquosas diluídas são muito utilizadas para clarear os pelos do corpo e os fios de cabelo. Além disso, quando apresenta a concentração de apenas 3%, ela é usada como agente bactericida, antisséptico e alvejante. Com a concentração acima de 30%, seu uso é feito somente em indústrias, como em alvejante de madeiras, fibras têxteis e na propulsão de foguetes.

Esse composto explode violentamente quando aquecido e entra em decomposição ao ser exposto à luz.

A água oxigenada é a solução aquosa do peróxido de hidrogênio

4-      Principal óxido neutro (óxidos que não reagem com água, ácido ou base):

  • Monóxido de carbono (CO):

Gás extremamente tóxico que pode causar sintomas variados, como dor de cabeça, problemas na visão e até a morte se a exposição a esse gás for muito grande. Algumas formas de exposição a ele são o fumo passivo e a poluição atmosférica.

Ele pode ser usado para produzir metanol, por se combinar com o gás hidrogênio, mas sua principal aplicação é nas siderúrgicas, onde reage com o óxido de ferro III da hematita para produzir ferro metálico.

O monóxido de carbono é usado em siderúrgicas na produção de ferro






Aproveite para conferir nossas videoaulas sobre o assunto:

O gelo-seco é, na realidade, um óxido (o dióxido de carbono ou gás carbônico) que, à temperatura ambiente, passa diretamente do estado sólido para o g

O gelo-seco é, na realidade, um óxido (o dióxido de carbono ou gás carbônico) que, à temperatura ambiente, passa diretamente do estado sólido para o g

Por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça

Artigos relacionados

Classificação dos óxidos

Conheça a classificação dos óxidos em função do comportamento na presença de outros elementos.

Dióxido de carbono

Conheça a constituição química do dióxido de carbono (gás carbônico), suas fontes, produção, aplicações e sua participação em problemas ambientais.

Efeito estufa e aquecimento global

Veja o que é o tão comentado efeito estufa, quais são os fatores que o intensificam e as causas e as consequências do aquecimento global.

Monóxido de carbono

Conheça a constituição, as fontes de obtenção, o perigo de intoxicação e as aplicações do monóxido de carbono pela indústria química.

Monóxido de carbono em cozinhas

O monóxido de carbono em cozinhas é liberado na queima incompleta do gás de cozinha, sua inalação pode trazer riscos à saúde. Confira!

Nomenclatura dos Óxidos

As regras de nomenclatura dos óxidos estabelecidas pela IUPAC levam em consideração se estes são óxidos iônicos ou moleculares.

Poluição Atmosférica

Clique aqui e confira as consequências causadas pela poluição atmosférica!

Óxidos

Substâncias que possuem oxigênio ligado a outro elemento químico.

Óxidos anfóteros

Clique e conheça os óxidos anfóteros, importante grupo de substâncias inorgânicas, e aprenda quais são as características e os elementos que os formam.

Óxidos básicos

Os óxidos básicos estão presentes na cal, nas plantas e nas cinzas de madeira e cigarros. Aprenda mais sobre esses compostos lendo este texto.

Óxidos duplos, mistos ou salinos

Clique e aprenda o que são óxidos duplos e quais são os produtos formados em uma reação desses compostos com água, ácidos ou bases.

Óxidos neutros

Descubra o que torna um óxido neutro; além de ver as aplicações e fontes de obtenção dos três principais óxidos: monóxido de carbono, de nitrogênio e de dinitrogênio.