Química Inorgânica

Para facilitar o estudo da Química, as suas substâncias de estudo foram reunidas de modo a formar grupos em que os componentes tivessem características e propriedades semelhantes.

Assim, na metade do século XVIII, as substâncias químicas passaram a ser classificadas em inorgânicas ou orgânicas.

No passado, este termo “inorgânico” também chamado de “mineral” era utilizado para classificar aqueles compostos de origem mineral. Enquanto que os compostos orgânicos eram vindos de organismos vivos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Entretanto, com o passar do tempo, o significado destes termos mudou, sendo que os compostos “orgânicos” passaram a ser aqueles que contêm o carbono em sua estrutura como principal elemento, enquanto que “inorgânico” passou a designar os compostos formados pelos demais elementos químicos.

A Química Inorgânica possui quatro classes principais: ácidos, bases, sais e óxidos.

Por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça

Seções de Química Inorgânica

Funções Inorgânicas

A Química Inorgânica separou em grupos, denominados de funções inorgânicas, aqueles compostos que possuíam estruturas e propriedades semelhantes, estes são: Ácidos, Bases, Sais e Óxidos.

Reações Químicas

Reações Químicas são transformações que alteram a estrutura ou a composição de substâncias simples ou compostas para a formação de novas substâncias.

Artigos de Química Inorgânica

Ácido Clorídrico

Conheça as propriedades químicas e físicas do ácido clorídrico e as suas principais aplicações

Ácido Sulfúrico

Conheça as principais propriedades e aplicações do ácido sulfúrico, cujo consumo per capita é considerado um indicador do desenvolvimento técnico de um país.

Ácidos instáveis

Conheça algumas caraterísticas importantes dos ácidos instáveis e saiba ainda quais são os produtos obtidos com a decomposição dessas substâncias.

Água anfótera

Entenda porque a água pode ser chamada de anfótera e veja exemplos.

Caráter dos sais

Clique e aprenda a determinar o caráter (ácido, básico ou neutro) dos sais!

Diferença entre Dissociação Iônica e Ionização

A diferença entre dissociação e ionização é que a dissociação separa íons que já existiam e a ionização forma novos íons.

Dióxido de carbono

Conheça a constituição química do dióxido de carbono (gás carbônico), suas fontes, produção, aplicações e sua participação em problemas ambientais.

Grau de hidratação dos ácidos

Clique e aprenda o que é grau de hidratação de um ácido e conheça as diferenças entre os ácidos orto, meta e piro.

Hidretos

Conheça um grupo de substâncias inorgânicas interessantes – os hidretos.

Hidróxido de Sódio

Conheça a composição química, as aplicações e a fórmula molecular do hidróxido de sódio, comercializado como soda cáustica.

Indicadores ácido-base

Descubra como são usados os indicadores ácido-base artificiais e naturais para se determinar a acidez e a basicidade de uma solução.

Ionização

Entenda melhor como acontecem os fenômenos de ionização, que ocorrem em soluções químicas que conduzem eletricidade.

Monóxido de carbono

Conheça a constituição, as fontes de obtenção, o perigo de intoxicação e as aplicações do monóxido de carbono pela indústria química.

Óxidos básicos

Os óxidos básicos estão presentes na cal, nas plantas e nas cinzas de madeira e cigarros. Aprenda mais sobre esses compostos lendo este texto.

Peróxido de Hidrogênio

Conheça a fórmula química do peróxido de hidrogênio, qual sua diferença para a água oxigenada, suas aplicações e o significado de seus volumes.

Substâncias Inorgânicas e Orgânicas

Entenda o que diferencia as substâncias inorgânicas e orgânicas.

Teoria de Dissociação Iônica de Arrhenius

Conheça a Teoria de Dissociação Iônica de Arrhenius que lhe rendeu o Prêmio Nobel em 1903 e que explica porque algumas soluções conduzem eletricidade e outras não.

Teorias ácido-base de Arrhenius, de Brønsted-Lowry e de Lewis

Conheça as teorias ácido-base de Arrhenius, de Brønsted-Lowry e de Lewis. Veja as aplicações e as limitações de cada uma.