Plástico verde

O polietileno é um polímero de adição utilizado para fazer vários recipientes, revestimentos de fios e cabos, brinquedos, garrafas e outros objetos de plástico.

Sua maior fonte de obtenção são reservas fósseis de petróleo. Ele é preparado por meio da polimerização de moléculas de etileno ou eteno. Sendo que essas reações podem ser iniciadas de diferentes maneiras, porém, a mais comum consiste na utilização de pequenas quantidades de compostos orgânicos que produzem radicais livres do tipo RO.

De acordo com o que pode ser visto na reação a seguir, esse radical reage com o etileno, produzindo uma nova estrutura, que se liga a outra molécula de etileno, produzindo um novo radical que também se liga a outra molécula de etileno, e assim sucessivamente:

           H       H                   H    H                  H   H      H    H    H    H
           │       │                   │    │                  │   │      │    │    │    │
  RO + C C →   RO C ─ C→      RO ─ C ─ C ─ C ─ C─ C ─ C
           │       │                   │    │                  │   │      │    │    │    │
           H       H                   H    H                  H   H      H    H    H    H

Conforme dito, a fonte de obtenção desse polímero não é renovável. Entretanto, no Brasil está sendo produzido o denominado “plástico verde”, que é o polietileno obtido a partir do álcool etílico (etanol) da cana-de-açúcar, isto é, uma fonte renovável.

Para a sua produção, primeiramente se faz uma desidratação intramolecular do etanol para produzir o eteno:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Desidratação intramolecular do etanol em eteno

Posteriormente, o eteno sofre polimerização, formando o polietileno:

Polimerização do eteno em polietileno

O esquema abaixo mostra as etapas necessárias para a produção do plástico verde:

Produção do plástico de cana-de-açúcar

Esse polímero é idêntico ao polietileno normal e ainda apresenta o enorme benefício de ser de fonte renovável, enquanto que o petróleo é uma fonte finita e cujo processamento não apresenta nenhum benefício ambiental. Ele não é biodegradável, porém é denominado de plástico verde porque enquanto o petróleo  joga  uma  enorme quantidade de carbono na  atmosfera - principalmente o gás carbônico (CO2) que é um dos principais responsáveis pelo aquecimento da Terra e do efeito estufa, a cana-de-açúcar retira o gás carbônico da atmosfera para se desenvolver, pelo processo da fotossíntese.

No entanto, o que seria uma melhoria, a princípio, pode representar também um problema, pois muitos questionam o fato de as plantações de cana-de-açúcar no Brasil já possuírem uma grande utilização, tanto para a produção de açúcar como para a produção de álcool. Assim, precisaria de uma expansão dessa monocultura, o que levaria à ocupação de áreas que poderiam estar sendo utilizadas para a produção de outros alimentos.

Todos esses fatores devem ser levados em consideração para que o meio ambiente não saia prejudicado de uma forma ou de outra.

O plástico verde é obtido por meio da cana-de-açúcar, que é um recurso renovável

O plástico verde é obtido por meio da cana-de-açúcar, que é um recurso renovável

Por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça

Artigos relacionados

Polietileno

Conheça o polímero polietileno, formado a partir da reação de polimerização do etileno e que é muito utilizado em garrafas, brinquedos, embalagens, sacos plásticos, etc.

Fraldas descartáveis biodegradáveis

Conheça as fraldas descartáveis biodegradáveis que prometem minimizar o problema do lixo gerado pela quantidade de fraldas usadas pelos bebês.

Classificação dos polímeros sintéticos

Conheça as três classes em que os polímeros sintéticos são divididos e seus principais representantes.

Polímeros: Poluição e Lixo

Veja que embora os polímeros tenham melhorado nossa qualidade de vida, eles também aumentaram o problema de descarte do lixo e da poluição gerada por ele.

Polímero à prova de bala: Kevlar

Conheça mais sobre a poliamida kevlar, um polímero que é à prova de bala e muito resistente ao fogo e a ataques químicos.

Polímero PVC

Conheça mais sobre o polímero PVC, muito utilizado na fabricação de dutos e tubos rígidos para água e esgoto.

Polímeros de adição

Os polímeros de adição são formados por sucessivas adições de monômeros. Veja os principais polímeros de adição e sua aplicação no cotidiano.

Polímeros em alta

Por que estes compostos se tornaram tão populares?

Polímeros naturais e artificiais

Conjunto de pequenas moléculas denominadas monômeros.

Estudo de alguns polímeros

Os polímeros se classificam em naturais ou artificiais.

Composição do Teflon

Conheça a constituição química, as propriedades e as principais aplicações do polímero teflon, usado em revestimentos de panelas e frigideiras antiaderentes.

PET: um poliéster importante

Conheça a constituição química, a fonte de obtenção, a reação de polimerização, as aplicações e propriedades de um dos polímeros mais importantes em nosso cotidiano: o PET.

Poliuretano

Veja por que o poliuretano é um polímero tão importante na fabricação de vários produtos que contêm espuma em sua constituição.

Detergentes biodegradáveis

Descubra o que constitui os detergentes biodegradáveis e veja se mesmo com a sua utilização o meio ambiente ainda é afetado.

Efeito estufa e aquecimento global

Veja o que é o tão comentado efeito estufa, quais são os fatores que o intensificam e as causas e as consequências do aquecimento global.