Mudanças climáticas

Mudanças climáticas são alterações de longo prazo que afetam os padrões climáticos característicos de uma região ou até mesmo do planeta. Alterações nesses padrões podem acentuar, por exemplo, a ocorrência de tempestades, furações, invernos mais intensos, entre outros eventos climáticos. A intensificação desses fenômenos naturais é extremamente danosa aos seres humanos e a outros seres vivos.

Não podemos deixar de citar que as mudanças climáticas podem afetar negativamente também a economia, prejudicando, por exemplo, o cultivo de várias espécies de valor econômico. As mudanças climáticas observadas na atualidade apresentam, em grande parte, influência das ações do seres humanos, os quais liberam uma grande quantidade de gases de efeito estufa, que são responsáveis pela intensificação do efeito estufa, um processo chamado de aquecimento global.

Leia também: Diferença entre clima e tempo

O que são mudanças climáticas?

De acordo com o Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC), a mudança climática:

“refere-se à mudança no estado do clima que pode ser identificada (por exemplo, usando testes estatísticos) por mudanças na média e/ou na variabilidade de suas propriedades e que persiste por um período prolongado, normalmente décadas ou mais. As mudanças climáticas podem decorrer de processos naturais internos ou forças externas, como modulações dos ciclos solares, erupções vulcânicas e mudanças antropogênicas persistentes na composição da atmosfera ou no uso do solo.

Mudanças climáticas podem provocar aumento de eventos climáticos prejudiciais, como secas prolongadas.
Mudanças climáticas podem provocar aumento de eventos climáticos prejudiciais, como secas prolongadas.

As mudanças climáticas são, portanto, alterações que acontecem a longo prazo e levam a modificações nos padrões climáticos globais ou regionais. Essas mudanças podem ser responsáveis, por exemplo, por fazer com que uma região experimente o aumento de eventos climáticos prejudiciais, como secas prolongadas, tempestades, invernos mais rigorosos, furacões, tornados e inundações.

Frequentemente, utiliza-se o termo mudança climática como sinônimo de aquecimento global; porém, esse último refere-se, mais precisamente, ao aumento médio de temperatura dos oceanos e da camada de ar próxima à superfície da Terra, enquanto as mudanças climáticas envolvem vários fenômenos que são afetados devido às alterações nos padrões climáticos. As mudanças climáticas que vivenciamos hoje são, em parte, consequência da ação do homem, que libera, por meio de suas atividades, uma grande quantidade de gases de efeito estufa, os quais se relacionam com o fenômeno conhecido como aquecimento global.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que é aquecimento global?

Aquecimento global é um fenômeno que ocorre como consequência do aumento da concentração de gases do efeito estufa na atmosfera, aumento esse que provoca a intensificação do chamado efeito estufa. O efeito estufa é um processo importante para a manutenção da temperatura adequada da Terra, porém sua intensificação faz com que as temperaturas no planeta aumentem de maneira significativa, impactando negativamente os seres humanos e todos os outros seres vivos. Sendo assim, é importante destacarmos que o efeito estufa não é um problema, mas sim o seu agravamento.

O aquecimento global pode ocorrer como consequência de causas naturais e atividades humanas. O aumento crescente da emissão de gases do efeito estufa, tais como dióxido de carbono e metano, está diretamente relacionado com o aumento da temperatura do planeta. Segundo um relatório produzido pelo IPCC, o homem tem 95% de chance de ser o maior responsável pela elevação da temperatura média na Terra.

Uma das consequências do aquecimento global é o derretimento de geleiras.
Uma das consequências do aquecimento global é o derretimento de geleiras.

Segundo o mesmo instituto, a temperatura no planeta continuará aumentando nos próximos anos caso nenhuma atitude seja tomada em relação ao clima. Estima-se que, em 2100, a temperatura já tenha aumentado em torno de 2°C em comparação com o ano de 1900. Apesar de parecer pouco, esse aumento de 2°C pode ocasionar problemas graves.

Leia também: Efeito estufa e aquecimento global

Atividades humanas que desencadeiam o aquecimento global e as mudanças climáticas

As atividades humanas são responsáveis por eliminar uma grande quantidade de gases-estufa na atmosfera, como o gás metano, dióxido de carbono e óxido nitroso. Esses gases têm aumentado sua concentração, principalmente devido à queima de combustíveis fósseis, tais como petróleo e carvão mineral, e ao desmatamento. Podemos reduzir as emissões desses gases e, consequentemente, frear o aquecimento global e as mudanças climáticas com atitudes como:

  • reduzir o desmatamento;
  • investir em programas de reflorestamento e conservação das nossas áreas naturais;
  • utilizar com maior frequência biocombustíveis, como o etanol, em substituição a combustíveis fósseis, tais como a gasolina e óleo diesel;
  • sempre que possível, preferir o transporte compartilhado no lugar de veículos privados;
  • utilizar com menor frequência veículos motorizados;
  • promover o uso de energias renováveis não convencionais, como a energia solar e eólica;
  • economizar energia elétrica e água;
  • evitar o desperdício;
  • reciclar.

Leia também: Desmatamento na Floresta Amazônica brasileira: causas e consequências

Consequências das mudanças climáticas

Não é de hoje que estamos sendo alertados a respeito de como nossas atitudes em relação ao planeta, como o uso exacerbado dos recursos naturais e a grande poluição, estão a cada dia mais afetando nossa qualidade de vida e a sobrevivência de várias outras espécies.

Relatórios do IPCC alertam para vários problemas relacionados com as mudanças climáticas, tais como o aumento do nível do mar, ocasionado pela elevação da temperatura e consequente degelo das geleiras. Isso afetará diretamente a população que vive em áreas costeiras em todo o mundo, em razão da submersão desses locais.

Além disso, muitos lugares sofrerão com o aumento das enchentes e das tempestades, acentuando, assim, os problemas já existentes de alagamento e deslizamento de terras. Em contrapartida, em outras regiões, o nível de chuva deverá cair, causando grande seca.

As mudanças climáticas podem colocar em risco a sobrevivência de várias espécies.
As mudanças climáticas podem colocar em risco a sobrevivência de várias espécies.

A seca ocasionará perdas à biodiversidade, além de aumentar os riscos de incêndios em diversas áreas do planeta. Em alguns locais, provavelmente haverá escassez de água, com consequente diminuição do acesso à água potável para a população. O problema poderá trazer consequências até mesmo políticas, em virtude das disputas por esse bem tão valioso.

O aumento da temperatura do planeta também ocasionará o aumento de doenças na população e fará crescer o número de mortes em decorrência dos desastres ambientais. Além disso, o acúmulo de gases poluentes aumentará os problemas cardíacos e respiratórios da população mundial.

Outro problema grave relacionado com as mudanças climáticas diz respeito à disponibilidade de alimentos. Estima-se que a agricultura será bastante afetada com o aumento da temperatura, pois diversas espécies de plantas, tais como milho e arroz, têm sua produtividade afetada até mesmo por mínimas alterações no padrão normal.

Além de destruir plantações, as mudanças climáticas elevarão o preço dos produtos oferecidos. Isso provavelmente dificultará o acesso da população a alimentos básicos, tanto pela sua falta quanto pelo elevado valor. O problema também causará grande migração da população rural para a cidade, uma vez que a renda dos produtores será diretamente afetada.

Os impactos das mudanças climáticas podem ser catastróficos se não diminuirmos as emissões de gases poluentes. Como alguns problemas, infelizmente, são inevitáveis, são necessárias políticas públicas capazes de lidar com a nova realidade que nos aguarda, principalmente no que diz respeito ao aumento da pobreza e desaceleração do crescimento econômico.

Por: Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos relacionados

5 de junho — Dia Mundial do Meio Ambiente

Você sabe qual é a importância do Dia Mundial do Meio Ambiente? Clique aqui, veja a resposta para essa pergunta e entenda como foi criada essa data.

Animais ameaçados de extinção

Saiba mais sobre os animais ameaçados de extinção. Conheça as principais causas da redução populacional de algumas espécies.

Biodiversidade

Atualmente, muito se fala a respeito da importância de se proteger a biodiversidade. Mas, afinal, o que isso significa? Clique aqui e entenda!

Combustíveis Fósseis

Entenda o que é um combustível fóssil, a constituição e as principais aplicações do petróleo, gás natural e do carvão, e quais as consequências do uso desses combustíveis.

Como diminuir a poluição do ar?

Você sabe como diminuir a poluição do ar? Clique aqui e conheça medidas que podem ser tomadas pelos governos e por toda a sociedade.

Desmatamento

Entenda as principais causas do desmatamento e conheça algumas das soluções possíveis para o problema. Veja o que essa prática gera para o planeta.

Desmatamento na floresta amazônica brasileira: Principais causas e consequências

Apesar de ser o bioma mais preservado do Brasil, o desmatamento da floresta amazônica têm preocupado ambientalistas. Saiba mais!

Diferença entre tempo e clima

Confira a diferença entre tempo e clima com explicações, referências e exemplos para tirar todas as suas dúvidas!

Efeito Estufa

Saiba como funciona o efeito estufa, suas principais causas e consequências e o debate existente sobre a sua suposta inexistência.

Efeito estufa e aquecimento global

Veja o que é o tão comentado efeito estufa, quais são os fatores que o intensificam e as causas e as consequências do aquecimento global.

Hora do Planeta 2018

Clique aqui e saiba mais sobre a Hora do Planeta e a importância desse movimento para conscientização de toda a população a respeito das mudanças climáticas globais. Também abordaremos o tema da campanha 2018 e a nova ação promovida pela WWF, que será uma grande novidade na Hora do Planeta deste ano.

Hora do Planeta 2021

Você sabe em que dia acontecerá a Hora do Planeta 2021? Clique aqui e saiba essa e outras respostas sobre esse importante evento organizado pela WWF.

Incêndios na Europa

Entenda por que ocorrem incêndios na Europa. Saiba as principais causas dos incêndios na Europa. Conheça a sua relação com as mudanças climáticas.

O que é desenvolvimento sustentável

Clique aqui e conheça mais sobre desenvolvimento sustentável, um termo que vem sendo muito empregado.

Os principais poluentes do ar

Saiba quais são os principais poluentes encontrados na atmosfera das grandes cidades e o que eles causam ao organismo.

Poluição

Vamos falar um pouco sobre poluição? Neste texto explicaremos o que é poluição, suas causas e consequências, e apresentaremos seus principais tipos.

Rio + 20

Clique aqui e saiba mais informações a respeito da Conferência Rio + 20.

Temas de geografia que mais caem no Enem

Conheça os principais temas de geografia que mais caem no Enem. Entenda, com questões, como esses temas são abordados em uma das maiores provas do país.