Termologia

A Termologia é a área da Física que estuda os diversos fenômenos relacionados ao calor e à temperatura.

Vista de um termoscan medindo a temperatura corporal de uma pessoa.
Para medir a temperatura e enxergar a radiação que as pessoas emitem, é necessário o uso de uma câmera térmica infravermelha.

A Termologia é o ramo da Física responsável por estudar os fenômenos associados ao calor e à temperatura, sendo subdividida em Calorimetria, Termometria e Termodinâmica. Ela é muito importante devido às várias aplicações que possui em nosso cotidiano. Por exemplo, por meio da medição da temperatura do nosso corpo, conseguimos saber se estamos doentes.

Veja também: Dinâmica — a área da Física em que se estuda o comportamento de corpos em movimento

O que é Termologia?

A Termologia é o campo da Física responsável por investigar os fenômenos associados ao calor e à temperatura.

O que a Termologia estuda?

Os estudos da Termologia são divididos em três áreas. Veja sobre cada uma delas a seguir:

  • Termometria: a área que estuda a temperatura, o termômetro e as escalas termométricas.

  • Calorimetria: a área que estuda o calor e os fênomenos que o envolvem.

  • Termodinâmica: a área que estuda as relações entre a pressão, volume e temperatura com outras grandezas físicas, por meio das leis da Termodinâmica.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Conceitos importantes da Termologia

Abaixo, veremos alguns conceitos importantes referentes a cada uma das três áreas da Termologia.

→  Termometria

  • Temperatura: mensura o grau de agitação das moléculas que compõem os corpos, sendo diretamente proporcional à vibração, rotação e translação dos átomos e moléculas.

  • Termômetro: instrumento capaz de medir a temperatura dos corpos.

  • Escalas termométricas: representam a temperatura em diferentes unidades de medida, como Celsius, Fahrenheit e Kelvin.

→ Calorimetria

  • Calor: é a energia térmica transferida entre corpos que possuem diferentes temperaturas, sempre saindo do corpo de maior temperatura em direção ao de menor temperatura até atingir o equilíbrio térmico.

  • Transmissão de calor: o calor pode ser transmitido pela condução, por meio do contato com a superfície; pela convecção, por meio da formação das correntes convectivas nos fluídos; ou pela irradiação, por meio das ondas eletromagnéticas.

  • Formas de calor: o calor pode ser sensível, quando ele varia a temperatura de um corpo, ou latente, quando ocorre a mudança do estado físico do corpo.

  • Dilatação térmica: consiste na variação das dimensões do corpo devido a mudanças de temperatura e calor, podendo ocorrer de forma linear quando se dilata apenas o comprimento, superficial quando se dilata a área ou volumétrica quando se dilata o volume do corpo.

→ Termodinâmica

  • Lei zero da Termodinâmica: lei que trata do equilíbrio térmico entre os corpos, processo que precede a troca de calor entre eles.

  • Primeira lei da Termodinâmica: lei que trata da conservação de energia em sistemas termodinâmicos. Ao receber calor, um sistema poderá convertê-lo em trabalho ou aumento de sua energia interna.

  • Segunda lei da Termodinâmica: lei que trata das máquinas térmicas. É impossível construir uma máquina que consiga transformar todo o seu calor em trabalho, então sempre há perdas de calor durante seu funcionamento. Essa lei também aborda o conceito de entropia, conhecida por mensurar o grau de desordem de um sistema.

  • Terceira lei da Termodinâmica: lei que trata do zero absoluto, sendo ele impossível de ser atingido.

Saiba mais: Conceitos básicos de Cinemática

Fórmulas da Termologia

→ Escalas termométricas

\(h\frac{T_C}{5}=\frac{T_F-32}9=\frac{T_K-273}5\)

  • \(T_C\) → temperatura na escala Celsius, medida em [°C].

  • \(T_F\) → temperatura na escala Fahrenheit, medida em [°F].

  • \(T_K\) → temperatura na escala Kelvin, medida em [K].

→ Variação de temperatura

\(∆T=T_f-T_i\)

  • \(∆T\) → variação de temperatura, medida em Celsius [°C], Fahrenheit [°F] ou Kelvin [K].

  • \(T_f\) → temperatura final, medida em Celsius [°C], Fahrenheit [°F] ou Kelvin [K] .

  • \(T_i\) → temperatura inicial, medida em Celsius [°C], Fahrenheit [°F] ou Kelvin [K].

→ Calor latente

\(Q=m\cdot L\)

  • Q → quantidade de calor, medida em Joule [J]  ou calorias [cal] .

  • m → massa, medida em quilogramas [kg] ou gramas [g].

  • L → calor latente, medido em [J/kg]  ou [cal/g].

→ Calor sensível

\(Q=m\cdot c\cdot ∆T\)

  • Q → quantidade de calor, medida em Joule [J] ou calorias [cal] .

  • m → massa, medida em quilogramas [kg] ou gramas [g] .

  • c → calor específico, medido em \([J/(kg\cdot K)]\) ou [cal/g∙°C] .

  • \(∆T\) → variação de temperatura, medida em Kelvin [K] ou Celsius [°C].

→ Capacidade térmica

\(C=c\cdot m=\frac{Q}{∆T}\)

  • c  → calor específico, medido em \([J/kg\cdot K]\) ou \([cal/g\cdot °C]\).

  • C  → capacidade térmica, medida em [J/K]  ou [cal/°C].

  • m  → massa, medida em quilogramas [kg] ou gramas [g].

  • Q  → quantidade de calor, medida em Joule [J] ou calorias [cal].

  • \(∆T\) → variação de temperatura, medida em Kelvin [K] ou Celsius [°C].

→ Calor específico

\(c=\frac{Q}{m\cdot∆T}\)

  • c → calor específico, medido em \([J/(kg\cdot K)]\) ou \([cal/g\cdot °C]\).

  • Q → quantidade de calor, medida em Joule [J] ou calorias [cal].

  • m → massa, medida em quilogramas [kg] ou gramas [g].

  • \(∆T\) → variação de temperatura, medida em Kelvin [K] ou Celsius [°C].

→ Coeficiente de dilatação superficial e linear

\(β=2\cdotα\)

  • \(β\) →  coeficiente de dilatação superficial, medido em \([°C^{-1}]\) ou \([K^{-1}]\).

  • \(α\) →  coeficiente de dilatação linear, medido em \([°C^{-1}]\) ou \([K^{-1}]\).

→ Coeficiente de dilatação volumétrica e linear

\(γ=3\cdotα\)

  • \(γ\) → coeficiente de dilatação volumétrica, medido em \( [°C^{-1}]\) ou \([K^{-1}]\).

  • \(α\) →  coeficiente de dilatação linear, medido em \([°C^{-1}]\) ou \([K^{-1}]\).

→ Dilatação linear

\(∆L=L_o\cdotα\cdot∆T\)

  • \(∆L\) → variação do comprimento dilatado, medida em metros [m].

  • \(L_o\) → comprimento inicial, medido em metros [m].

  • \(α \) → coeficiente de dilatação volumétrica, medido em\([°C^{-1}]\) ou \([K^{-1}]\).

  • \(∆T\) → variação de temperatura, medida em Celsius [°C] ou Kelvin [K].

→ Dilatação superficial

\(∆A=A_o\cdotβ\cdot∆T\)

  • \(∆A\) → variação da área dilatada, medida em metros quadrados \([m^2]\).

  • \(A_o\) → área inicial, medida em metros quadrados \([m^2]\).

  • \(β\) → coeficiente de dilatação superficial, medido em\([°C^{-1}]\) ou \([K^{-1}]\).

  • \(∆T\) → variação de temperatura, medida em Celsius [°C] ou Kelvin [K].

→ Dilatação volumétrica

\(∆V=V_o\cdotγ\cdot∆T\)

  • \(∆V\) → variação do volume dilatado, medida em litros [l] ou metros cúbicos [\(m^3\)].

  • \(V_o\) → volume inicial, medido em litros [l] ou metros cúbicos [\(m^3\)].

  • \(γ \) → coeficiente de dilatação volumétrica, medido em \([°C^{-1}]\) ou \([K^{-1}]\).

  • \(∆T\) → variação de temperatura, medida em Celsius [°C] ou Kelvin [K].

→ Primeira lei da Termodinâmica

\(∆U=Q-W\)

  • \(∆U \)  → variação da energia interna, medida em Joule [J].

  • Q → quantidade de calor, medida em Joule [J] ou calorias [cal].

  • W → trabalho, medido em Joule [J].

Importância e aplicações da Termologia

A Termologia é muito importante devido às suas inúmeras aplicações em nosso cotidiano. Abaixo, podemos ver alguns exemplos:

  • Por meio da temperatura do corpo, conseguimos saber se estamos doentes.

  • Por meio da temperatura do objeto, conseguimos calcular a sua dilatação.

  • Com a temperatura é possível determinar quanto tempo demora para o sólido ou líquido esfriar ou aquecer. 

  • Com a temperatura podemos encontrar o calor e vice-versa.

  • A Termologia permite descobrirmos as variações de temperatura em diferentes escalas termométricas.

  • Com o estudo da dilatação, conseguimos calcular o espaço necessário entre os trilhos da ferrovia e entre a porta e o portal, para que não ocorram incovenientes.

Termologia e Termometria

A Termologia abrange os estudos da Termometria, Calorimetria e Termodinâmica, ou seja, a Termometria é apenas uma parte da Termologia, cujo objeto de estudo é a temperatura.

Leia também: Óptica — a área da Física que estuda a luz e os seus fenômenos

Exercícios resolvidos sobre Termologia

Questão 1

(UFPR) Para aquecer 500 g de certa substância de 20 °C para 70 °C, foram necessárias 4000 calorias. A capacidade térmica e o calor específico valem respectivamente:

A) 8 cal/ °C e 0,08 \(\frac{cal}{g °C}\)

B) 80 cal/ °C e 0,16 \(\frac{cal}{g °C}\)

C) 90 cal/ °C e 0,09 \(\frac{cal}{g °C}\)

D) 95 cal/ °C e 0,15 \(\frac{cal}{g °C}\)

E) 120 cal/ °C e 0,12 \(\frac{cal}{g °C}\)

Resolução:

Alternativa B

Usaremos a fórmula da capacidade térmica, que envolve calor e variação de temperatura:

\(C=\frac{Q}{∆T}\)

\(C=\frac{4000}{70-20}\)

\(C=\frac{4000\ cal}{50}\)

\(C=80\ cal/°C\)

Por fim, calcularemos o valor do calor específico:

\(4000=500\cdot c\cdot 50\)

\(4000=25000\cdot c\)

\(\frac{4000}{25000}=c\)

\(0,16\ \frac{cal}{g °C}=c\)

Questão 2

(Ufla) Uma barra de ferro homogênea é aquecida de 10 °C até 60 °C. Sabendo-se que a barra a 10 °C tem um comprimento igual a 5 m e que o coeficiente da dilatação linear do ferro é igual \(1,2\cdot10^{-6} °C^{-1}\), podemos afirmar que a variação de dilatação ocorrida e o comprimento final da barra foram de:

A) \(5,0\cdot 10^{-4}\ m\); 5,0005 m

B) \(2,0\cdot 10^{-4}\ m\); 5,0002m

C) \(4,0\cdot 10^{-4}\ m\); 5,0004m

D) \(3,0\cdot 10^{-4}\ m\); 5,0003 m

E) \(6,0\cdot 10^{-4}\ m\); 5,0006 m

Resolução:

Alternativa D

Calculando a variação de comprimento dilatado por meio da fórmula da dilatação linear:

\(∆L=L_o\cdotα\cdot∆T\)

\(∆L=L_o\cdotα\cdot(T_F-T_I)\)

\(∆L=5\cdot1,2\cdot10^{-6}\cdot(60-10)\)

\(∆L=6\cdot10^{-6}\cdot(50)\)

\(∆L=300\cdot10^{-6}\)

\(∆L=3\cdot10^2\cdot10^{-6}\)

\(∆L=3\cdot10^{2-6}\)

\(∆L=3\cdot10^{-4}\ m\)

A variação de comprimento dilatado é a diferença entre o comprimento final e o comprimento inicial, então o valor do comprimento final é:

\(∆L=L_F-L_o\)

\(3\cdot10^{-4}=L_F-5\)

\(3\cdot10^{-4}+5=L_F\)

\(0,0003+5=L_F\)

\(5,0003\ m=L_F\)

Por: Pâmella Raphaella Melo

Artigos de Termologia

Anomalia da água

Veja aqui o que acontece quando variamos a temperatura da água de 0º C a 4º C e entenda o fenômeno conhecido como anomalia da água.

Calor e Temperatura

As diferenças básicas entre Calor e Temperatura.

Calor específico de uma substância

Veja aqui o que significa calor específico de uma substância e como calculá-lo

Calor Sensível e Calor Latente

Calor sensível e calor latente promovem a variação térmica de uma substância. Entenda!

Calorimetria

Você sabe o que é calorimetria? Quer aprender mais sobre o tema? Acesse nosso artigo e revise as principais fórmulas. Aprenda com exercícios resolvidos.

Calorímetro – medindo o calor específico

Como determinar o calor específico de uma substância utilizando um calorímetro.

Capacidade térmica

Clique aqui e entenda o que é capacidade térmica, grandeza relacionada com a quantidade de calor trocada por um corpo e a sua variação temperatura.

Choque Térmico

Clique aqui e conheça as aplicações industriais do choque térmico!

Ciclo de Otto

Você sabia que os motores de combustão interna funcionam de acordo com um ciclo termodinâmico chamado ciclo de Otto? Esse ciclo descreve, por meio de um diagrama, as transformações sofridas pela mistura de ar e combustível com o objetivo de se obter o maior rendimento termodinâmico possível.

Como um lago se congela

Veja aqui qual é o processo que leva um rio, lago ou mar a congelar sua superfície, formando uma espessa camada de gelo.

Condução térmica

Você sabe o que é e como ocorre a condução térmica? Confira o que significa, exemplos, fórmula e exercícios resolvidos.

Conhecendo os termômetros

Conheça aqui a definição de termômetros e veja também quais são os tipos de termômetros que podemos encontrar.

Convecção térmica

Veja aqui mais sobre a convecção térmica, processo de transmissão de calor que explica por que o congelador fica na parte superior da geladeira.

Cozimento e a capacidade térmica

Por que a capacidade térmica influencia no cozimento do macarrão?

Dilatação dos Líquidos

O estudo da dilatação dos líquidos envolve também o estudo da dilatação volumétrica.

Dilatação dos sólidos

Os corpos quando aquecidos se dilatam e quando são resfriados se contraem.

Dilatação superficial

Compreenda o fenômeno da dilatação superficial e saiba como ela pode ser calculada.

Dilatação térmica

Você sabe o que é dilatação térmica? Clique para saber tudo a respeito do entendimento da Física sobre dilatação térmica, os tipos de coeficientes de dilatação, as características da dilatação linear, superficial e volumétrica, bem como um resumo fácil para você fixar esse conteúdo. Confira!

Dilatação volumétrica

Compreenda o fenômeno da dilatação volumétrica dos sólidos e dos líquidos.

É confiável medir a temperatura somente pelo tato?

Medindo a temperatura através do tato.

Energia interna de um gás

Veja aqui a definição correta de energia interna e aprenda a calcular o valor da energia interna de um gás monoatômico.

Energia térmica

Descubra o que é a energia térmica e quais são os seus tipos. Conheça também quais são as vantagens e desvantagens da utilização desse tipo de energia.

Entropia

Clique aqui e entenda o significado de entropia, além de aprender a calculá-la.

Equação geral dos gases

Clique aqui e conheça a equação geral dos gases e saiba quando utilizá-la!

Equilíbrio térmico

Você sabe o que é equilíbrio térmico? Clique aqui e confira a definição, as principais fórmulas, exemplos cotidianos e, também, exercícios resolvidos sobre o tema.

Escalas Termométricas

Clique aqui e conheça as escalas termométricas mais utilizadas e saiba relacioná-las!

Estado de um gás e a equação de Clapeyron

A equação de Clapeyron constitui uma proporcionalidade em relação ao número de mols.

Estados de agregação da matéria

Conheça as principais características dos estados de agregação da matéria.

Evaporação

A evaporação é um processo lento e ocorre com temperatura inferior à temperatura de ebulição.

Exemplos de transformações gasosas

Você conhece as principais transformações gasosas? As transformações isotérmica, isobárica, adiabática e isovolumétrica são consideradas transformações especiais, já que pelo menos uma variável termodinâmica mantém-se constante. Confira este texto e conheça exemplos reais de transformações gasosas.

Física do funcionamento dos refrigeradores

Leia o texto e conheça o princípio de funcionamento dos refrigeradores.

Fluxo de calor

Entenda o que é fluxo de calor, isto é, a quantidade de calor que flui por condução entre dois corpos!

Fusão e Pressão

Com o aumento da pressão externa, podemos alterar a temperatura de fusão de algumas substâncias.

Fusão e solidificação

As fases da matéria e o estudo das transformações de fusão e solidificação.

Garrafa térmica

Saiba por que uma garrafa térmica conserva a temperatura de líquidos em seu interior.

Gás ideal

Você sabe o que é um gás ideal? Acesse o texto e entenda o conceito de gás, conheças as características dos gases ideais e descubra o que diz a lei dos gases.

Gráfico da dilatação linear

Veja aqui o que é dilatação linear e confira o gráfico que representa a dilatação linear de um sólido.

Influência da pressão na temperatura de fusão e ebulição

Confira aqui um estudo sobre a influência da pressão na temperatura de fusão e ebulição.

Infravermelho

A radiação invisível que é percebida através do calor.

Irradiação térmica

Irradiação térmica: veja aqui como é possível transferir energia sem que haja um meio material.

Irradiação térmica no cotidiano

Conheça aqui o processo de transmissão de calor conhecido como irradiação térmica e sua aplicação em nosso cotidiano.

Lei de Boyle

A transformação isotérmica de um gás também é conhecida como Lei de Boyle. Conheça aqui suas propriedades.

Lei de Fourier

A lei fundamental que descreve a condução térmica é chamada de Lei de Fourier.

Lei de Stefan-Boltzmann

Veja aqui a lei que ficou conhecida como Lei de Stefan-Boltzmann, enunciada a partir da determinação experimental de Stefan e da dedução matemática de Boltzmann.

Lei zero da termodinâmica

Conheça aqui a definição de temperatura e veja também o que diz a lei zero da termodinâmica.

Máquina de Carnot

Veja aqui o que é máquina térmica e conheça também como funciona a máquina térmica idealizada por Carnot, também chamada de Máquina de Carnot.

Máquina térmica

Máquina térmica é um mecanismo que utiliza calor para realizar trabalho mecânico ou converter trabalho em calor.

Máquinas térmicas

Você sabe o que são máquinas térmicas? Acesse o texto e confira como elas funcionam e ainda exercícios resolvidos sobre o tema.

Mistura física de gases perfeitos

Veja aqui como compreender o processo da mistura física dos gases perfeitos.

Mol e massa molar

Mol é a unidade de quantidade de matéria ou quantidade de substância e massa molar de uma substância é numericamente igual à soma das massas atômicas de todos os átomos da molécula dessa substância.

Motor de combustão interna

Saiba como funciona o motor de combustão interna.

Mudanças de estado físico

Esquematização das mudanças de estado físico da matéria.

Mudanças de fase e a conservação da energia

Durante as mudanças de fase não ocorre mudança de temperatura, pois a energia total do sistema se conserva.

Nuvens

Clique aqui e conheça os tipos de nuvens e como elas se formam!

O calor também é energia

Energia adquirida através do calor.

Panela de pressão: por que os alimentos cozinham mais rápido?

Você sabe como funciona uma panela de pressão? Clique e confira!

Pirômetro óptico

Medindo a temperatura de objetos através do pirômetro óptico

Primeira Lei da Termodinâmica

A primeira lei da termodinâmica é uma lei da conservação da energia.

Processos de transmissão de calor

A transferência de calor pode ocorrer de três maneiras: condução, convecção e irradiação.

Processos de vaporização

Veja aqui os processos básicos de vaporização dos líquidos: evaporação e ebulição.

Produção do movimento nas máquinas térmicas

Entenda aqui como funciona a produção do movimento nas máquinas térmicas, como o automóvel.

Reflexão geral sobre o Ciclo de Carnot

Veja aqui o gráfico que representa os quatro ciclos da máquina térmica de Carnot e esclareça suas dúvidas sobre o Ciclo de Carnot.

Segunda Lei da Termodinâmica

Se um processo ocorre em um sistema fechado, a entropia do sistema aumenta para processos irreversíveis e permanece constante para processos reversíveis.

Termodinâmica

Clique aqui, descubra o que é Termodinâmica, conheça seus conceitos básicos, saiba quais são suas leis e fórmulas e veja algumas de suas aplicações.

Termômetro de Galileu

Entenda o funcionamento do Termômetro de Galileu, dispositivo que foi criado em 1593 e que recebeu o nome de seu inventor (Galileu Galilei). O termômetro baseia-se no comportamento da dilatação volumétrica da água. Veja a grande sacada de Galileu ao construir esse instrumento!

Trabalho à pressão constante

Veja aqui como podemos determinar o trabalho realizado por um gás mantido à pressão constante dentro de um recipiente isolado do meio externo.

Transformação e variação de temperatura

Conheça a diferença entre a transformação e a variação de temperatura, conceitos que podem induzir a erros.

Três erros cometidos em Termologia

Clique aqui e descubra quais são os três erros mais cometidos no estudo da Termologia. Fique por dentro e destaque-se em processos seletivos!

Zero absoluto

Você sabe o quão frio pode ser alguma coisa? Clique aqui e entenda o que é o zero absoluto!