Ondas eletromagnéticas

A onda eletromagnética é uma das formas pelas quais a energia se propaga. Esse tipo de onda não precisa de um meio para se propagar e não consegue transportar matéria.

As ondas eletromagnéticas são ondas formadas pela oscilação de um campo elétrico e magnético perpendiculares entre si.
As ondas eletromagnéticas são ondas formadas pela oscilação de um campo elétrico e magnético perpendiculares entre si.

A onda eletromagnética é uma forma de radiação que não precisa de meio para se propagar. Sua velocidade no vácuo tem um valor constante em torno de 3.108 m/s, e essas ondas não transportam matéria, apenas energia.

Existem sete tipos de ondas eletromagnéticas: ondas de rádio, micro-ondas, infravermelho, luz visível, ultravioleta, raios X e raios gama. Juntas elas formam um espectro de onda eletromagnética que varia com a frequência e o comprimento de cada onda. 

Embora existam diferentes tipos de ondas, as características para cada tipo são iguais, sendo:

  • amplitude (intensidade da onda);

  • velocidade (rapidez da onda);

  • frequência (oscilação da onda);

  • comprimento de onda (tamanho da onda).

Todas essas características podem ser combinadas na equação da velocidade de propagação da onda eletromagnética: V = λ.f, em que a velocidade (V) é proporcional ao comprimento de onda (λ) vezes a frequência da onda (f).

Leia também: Ondas mecânicas — ondas que precisam de um meio de propagação

Resumo

  • A onda eletromagnética não precisa de um meio para se propagar.

  • Sua velocidade no vácuo é constante e igual a 3.108 m/s.

  • Existem sete tipos de ondas eletromagnéticas: ondas de rádio, micro-ondas, infravermelho, luz visível, ultravioleta, raios X e raios gama.

  • Toda onda possui amplitude (intensidade da onda), velocidade (rapidez da onda), frequência (oscilação da onda) e comprimento de onda (tamanho da onda).

  • Para calcular a velocidade de propagação de uma onda, basta multiplicar o comprimento de onda com a frequência: V = λ.f.

Videoaula sobre ondas eletromagnéticas

O que são ondas eletromagnéticas?

As ondas eletromagnéticas são ondas formadas pela oscilação de um campo elétrico e magnético perpendiculares entre si, o que chamamos de radiação. A propagação da onda eletromagnética ocorre perpendicularmente, formando um ângulo de 90° com os campos. Como a pertubação que gera a onda (verticalmente) e a direção de propagação (horizontalmente) são perpendiculares, caracterizamos essas ondas como transversais.

Representação da composição de uma onda eletromagnética, formada pela oscilação de um campo elétrico e um magnético

Essas ondas não podem carregar matéria, porém podem transportar energia, como a térmica e luminosa provenientes do Sol. Assim, não precisam de um meio para se propagar, podendo se propagar no vácuo, inclusive. Elas também sofrem fenômenos ondulatórios, como reflexão, refração, polarização, difração, absorção, interferência e espalhamento.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características das ondas eletromagnéticas

Da mesma forma que podemos descrever as pessoas como altas ou baixas, por exemplo, podemos descrever as ondas de acordo com a amplitude, o comprimento de onda, a velocidade de propagação e a frequência.

Esquema mostra as partes de uma onda: comprimento, amplitude, crista e vale.

  • Amplitude (A): é a altura que a onda pode alcançar. Em termos físicos, a amplitude nos traz a intensidade da onda. Como temos pontos altos (cristas) e pontos baixos (vales) nas ondas, chamamos esses pontos de amplitude máxima e amplitude mínima, respectivamente, e sua unidade de medida é o metro (m).

  • Comprimento de onda (λ): é o espaço que a onda percorre para completar uma oscilação (um ciclo). Essa medida pode ser feita entre dois vales, duas cristas ou entre o começo de uma crista e o final de um vale. Sua unidade de medida é o metro (m).

  • Velocidade de propagação (V): é a velocidade da onda no meio. No vácuo, esse valor é maior e constante, igual à velocidade da luz, aproximadamente 3.108 m/s. Sua unidade de medida é o m/s.

  • Frequência (f): é a oscilação completa de uma onda. Sua unidade de medida é o hertz (Hz) e ela é calculada por meio do inverso do período (tempo para completar uma oscilação, medido em segundos):

Equação da frequência de uma onda

Quando há alteração na frequência de uma onda, seu formato varia da seguinte maneira:

Ilustração do aspecto de uma onda com baixa frequência e outra em alta frequência.

Quais são os tipos de ondas eletromagnéticas?

Os sete tipos de ondas eletromagnéticas existentes são: ondas de rádio, micro-ondas, infravermelho, luz visível, ultravioleta, raio-X e raio gama.

Juntas elas formam um espectro de ondas eletromagnéticas, que são classificadas pela sua frequência e seu comprimento de cada.

Espectro eletromagnético e os tipos de onda

Quanto maior a frequência, menor será o comprimento de luz e vice-versa. O ser humano consegue apenas enxergar os comprimentos de ondas que fazem parte da luz visível. Tudo abaixo ou acima é invisível aos nossos olhos.

Leia também: Cinco coisas que você precisa saber sobre ondas

Ondas eletromagnéticas no dia a dia

As ondas eletromagnéticas estão presentes no nosso cotidiano mesmo que não consigamos visualizá-las. Vejamos a seguir alguns exemplos.

  • Ondas de rádio: são utilizadas na transmissão de sinais de rádio, celular e televisão. Essas ondas possuem uma frequência baixa e um maior comprimento de onda.

  • Micro-ondas: são utilizadas em telecomunicações (Wi-fi), radares e em eletrodomésticos. Essas ondas possuem uma frequência maior que as ondas de rádio.

  • Infravermelho: são conhecidas como ondas de calor, pois são capazes de aumentar a temperatura de um corpo por meio da radiação térmica. O calor do Sol e de uma fogueira são exemplos dessa radiação. Essas ondas possuem uma frequência um pouco abaixo da luz visível. Algumas cobras, como a píton e as jiboias, conseguem enxergar nessa frequência de onda.

  • Luz visível: são as ondas que os olhos humanos podem captar. Essa faixa está entre 700 nm (700.10-9m) e 400 nm (400.10-9m).

  • Ultravioleta: são ondas com uma frequência maior que a luz visível. Esse tipo de radiação é chamado de ionizante, pois é capaz de arrancar elétrons, causando danos às moléculas. Esse tipo de onda é utilizado na esterilização de equipamentos e é graças a ele que devemos usar protetor solar.

  • Raio X: ondas ionizantes com um poder maior que o da ultravioleta. Essas ondas possuem uma frequência maior e um comprimento de onda bem menor, capaz de atravessar diversos tipos de materiais. São utilizadas em hospitais para exames de imagens de radiografia ou de tomografia.

  • Raios gama: são as ondas com maior frequência no espectro, sendo obtidas a partir de reações nucleares ou se originam em estrelas, como o Sol. Esse tipo de radiação possui grande capacidade de ionização.

Equações relacionadas às ondas eletromagnéticas

Para trabalhar com as ondas eletromagnéticas, precisamos saber três características delas: a velocidade de propagação (v), o comprimento de onda (λ) e a frequência (f). Relacionando essas três grandezas, chegamos a esta equação:

Equação da velocidade de propagação de uma onda

Lembrando que podemos obter a frequência por meio do inverso do período (T):

Fórmula da frequência de uma onda

Leia também: Sonar — equipamento que consegue localizar objetos por meio de ondas sonoras

Exercícios resolvidos sobre ondas eletromagnéticas

1. (IF-GO) As ondas são formas de transferência de energia de uma região para outra. Existem ondas mecânicas – que precisam de meios materiais para se propagarem – e ondas eletromagnéticas – que podem se propagar tanto no vácuo como em alguns meios materiais. Sobre ondas, podemos afirmar corretamente que:

a) a energia transferida por uma onda eletromagnética é diretamente proporcional à frequência dessa onda.

b) o som é uma espécie de onda eletromagnética e, por isso, pode ser transmitido de uma antena à outra, como ocorre nas transmissões de TV e rádio.

c) a luz visível é uma onda mecânica que somente se propaga de forma transversal.

d) existem ondas eletromagnéticas que são visíveis aos olhos humanos, como o ultravioleta, o infravermelho e as micro-ondas.

e) o infrassom é uma onda eletromagnética com frequência abaixo da audível.

Resolução

Alternativa A.

  • Alternativa A: correta. A partir do espectro eletromagnético, é possível observar que as radiações mais ionizantes, que carregam maior energia, são as radiações que possuem uma frequência (em hertz) maior.

  • Alternativa B: incorreta. O som é uma onda mecânica, pois precisa de um meio para se propagar. Um exemplo disso é que uma onda sonora não se propaga no espaço.

  • Alternativa C: incorreta. A luz visível é uma onda eletromagnética e, portanto, não precisa de um meio para se propagar. Um exemplo disso é a onda luminosa que vem do Sol e se propaga pelo espaço.

  • Alternativa D: incorreta. Existem ondas eletromagnéticas visíveis aos olhos humanos: a luz visível, que está no espectro na faixa de 1015 Hz. Embora a radiação ultravioleta, infravermelho e micro-ondas sejam ondas eletromagnéticas, elas não são visíveis aos olhos humanos.

  • Alternativa E: incorreta. Infrassom é uma onda mecânica.

2. (Mackenzie SP/2006) As antenas das emissoras de rádio emitem ondas eletromagnéticas que se propagam na atmosfera com a velocidade da luz (3,0.105 km/s) e com frequências que variam de uma estação para a outra. A rádio CBN emite uma onda de frequência 90,5 MHz e comprimento de onda aproximadamente igual a:

a) 2,8 m

b) 3,3 m

c) 4,2 m

d) 4,9 m

e) 5,2 m

Resolução

Alternativa B.

Primeiro precisamos transformar a notação científica da frequência.

Adequação da frequência dada pelo exercício para a notação científica adequada.

Devemos também organizar a unidade de medida da velocidade da luz, de quilômetros para metros, para não termos problemas no resultado final.

Adequação da medida da velocidade da luz de quilômetros por segundo para metros por segundo

Com a equação da velocidade da onda, conseguimos achar o comprimento de onda:

Equação da velocidade da onda

Como queremos achar o comprimento de onda (λ), precisamos isolá-lo de um lado da equação e substituir os valores:

Cálculo do comprimento de onda na resolução de questão da Mackenzie

Por: Gabriela de Oliveira

Artigos relacionados

As Ondas Sonoras

Saiba o que são as ondas sonoras e quais as suas principais características.

Bluetooth e infravermelho

Clique aqui e conheça a diferença entre as transmissões de dados feitas pelas tecnologias de infravermelho e Bluetooth.

Cinco coisas que você precisa saber sobre ondas

Existem cinco coisas sobre ondas que você precisa saber! Clique aqui e conheça essas importantes características dos fenômenos ondulatórios.

Como funciona o cinema 3D?

Você sabe como funciona o cinema 3D? Acesse este link para saber mais sobre a física por trás das salas de cinema! O cinema 3D faz uso de conceitos como visão estereoscópica, absorção e polarização da luz para produzir o efeito visual de profundidade.

Como são gravados os CDs e DVDs?

Conheça um pouco mais sobre como são gravados os CDs e DVDs, tecnologias utilizadas em nosso cotidiano para registrar imagens, sons e vídeos.

Condutores em Equilíbrio Eletrostático

Como é feita a distribuição de cargas elétricas.

Diagnóstico por imagens com efeito Doppler

Você sabia que o efeito Doppler pode ser usado em diagnósticos por imagens? Clique aqui e conheça a ciência por trás de exames como o Ecodoppler.

Difração

Confira neste texto o que é difração, quais são as suas propriedades e quando ela ocorre.

Efeito Doppler e a constante de Hubble

Veja aqui um pouco mais sobre a relação entre efeito Doppler e a constante de Hubble que determinou a expansão do Universo.

Espectro solar

Você já ouviu falar do espectro da luz solar? Toda a luz produzida pelo Sol é proveniente do processo de irradiação térmica, em razão das altas temperaturas decorrentes das reações de fusão nuclear. A maior parte de sua luz é distribuída entre as faixas do infravermelho e da luz visível. Saiba mais!

Frequência e comprimento de onda

Frequência e comprimento de onda são, respectivamente, uma grandeza física associada a movimentos de característica ondulatória que indicam o número de oscilações por unidade de tempo e a velocidade da onda dividida pela frequência da onda. Veja mais aqui!

Física quântica

Você sabe o que é física quântica? Clique aqui para saber o conceito dessa área e conhecer seus pensadores. Conheça algumas aplicações da física quântica.

Geração de ondas eletromagnéticas

Por meio do uso das ondas eletromagnéticas, as torres de controle podem manter contato com os aviões. Veja aqui como são geradas essas ondas eletromagnéticas!

O forno de micro-ondas causa algum prejuízo à saúde?

Será que os fornos de micro-ondas fazem algum mal à saúde? Confira o artigo para descobrir. As micro-ondas são ondas eletromagnéticas que interagem com moléculas polares, como as moléculas de água, induzindo-as a entrar em movimento rotacional. Descubra se isso pode nos fazer mal!

Ondas

A onda é definida como sendo uma perturbação que se propaga periodicamente no espaço e no tempo, carregando com ela energia e informação.

Ondas de rádio

Você sabe o que é uma onda de rádio? Conheça as características das ondas de rádio. Saiba para que elas servem e descubra se fazem ou não mal à nossa saúde.

Ondas mecânicas

Você sabe o que são ondas mecânicas? Descubra quais são as características das ondas mecânicas, e aprenda mais com exercícios resolvidos sobre o assunto.

Ondas: transportando energia sem transportar matéria

Definimos ondas como sendo perturbações que se propagam pelo espaço transportando energia sem transportar matéria.

Ondulatória para o Enem

Clique aqui e veja como a Ondulatória, ramo da Física que estuda as ondas, pode ser cobrada no Enem!

Os Raios X

Os raios X são um tipo de radiação constituída por ondas eletromagnéticas.

Princípio de Huygens

Clique aqui para entender mais sobre o princípio de Huygens, que determina que cada ponto de uma frente de onda comporta-se como uma fonte de ondas.

Temas de Física que mais caem no Enem

Vai fazer o Enem e gostaria de saber quais são os assuntos de Física quem mais caem na prova? Acesse nosso texto e confira os temas mais frequentes!

Velocidade da luz

Você sabe qual é a velocidade da luz? Quando a luz se propaga no vácuo, sua velocidade é de 299.792.458 metros por segundo, aproximadamente trezentos mil quilômetros por segundo. Conheça quem foram os primeiros estudiosos a medir e a calcular a velocidade da luz, além de quais são os fatores que a influenciam.

É possível estourar pipoca com um celular?

Você sabia que as ondas eletromagnéticas emitidas pelos aparelhos celulares são ondas de rádio capazes de promover o aquecimento da matéria ao seu redor? Essas ondas podem até gerar algum aquecimento, mas será que são capazes de aquecer o milho a ponto de estourá-lo?