Ondas de rádio

Ondas de rádio são ondas eletromagnéticas cujas frequências são compreendidas entre 3kHz e 300 GHz (3000 hertz e 300 giga-hertz). Elas são as ondas eletromagnéticas de menor frequência e energia do espectro eletromagnético e são largamente usadas nas tecnologias das telecomunicações.

Veja também: Dicas de Física para o Enem – fórmulas, exercícios etc.

Características das ondas de rádio

As ondas de rádio têm natureza eletromagnética, portanto, apresentam características comuns aos demais tipos de ondas do espectro eletromagnético. Vamos conferir algumas dessas características:

  • Ondas de rádio são capazes de se propagar no vácuo com a velocidade da luz (3.108 m/s);

  • Ondas de rádio propagam-se tridimensionalmente;

  • Ondas de rádio são transversais;

  • Ondas de rádio são radiações não ionizantes.

As antenas de celular são antenas de rádio.
As antenas de celular são antenas de rádio.

Para que servem as ondas de rádio?

As ondas de rádio são muito usadas nas telecomunicações, por transmissores e receptores de rádio, que fazem uso de antenas tanto para emiti-las quando para captá-las. As ondas de rádio têm comprimentos de ondas que variam entre 1 mm e 10.000 km, portanto, seus usos são bastante variados.

As ondas de rádio são usadas em algumas tecnologias, como:

  • Rádio

  • Televisão

  • Celulares

  • Radares

  • Satélites

  • Wi-Fi

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Ondas de rádio AM e FM

As ondas de rádio AM e FM são sinais utilizados para a transmissão de som, voz, TV e sinal de gps. A onda AM, utilizada majoritariamente por radiodifusoras, é caracterizada por uma transmissão de frequência fixa, no entanto, de amplitude variável, daí o nome AM, amplitude modulada.

Esse sinal apresenta qualidade inferior ao sinal FM, no entanto, como é transmitido com grandes comprimentos de onda, é capaz de “viajar” mais longe que o sinal FM. Além disso, também consegue contornar grandes obstáculos, como prédios, vales e montanhas, devido ao fenômeno da difração.

O sinal FM refere-se a uma onda eletromagnética de frequência modulada. Essa onda pode sofrer mudanças na frequência emitida pela fonte. As transmissões em FM apresentam qualidades significativamente superiores às transmissões em AM quando nos referimos à presença de ruídos e interferências, por esse motivo, são bastante usadas para radiodifusão.

Celulares, notebooks e rádios são dispositivos que captam e emitem ondas de rádio.
Celulares, notebooks e rádios são dispositivos que captam e emitem ondas de rádio.

As ondas de rádio fazem mal à saúde?

Não, uma vez que as ondas de rádio são categorizadas como radiação não ionizante. O principal efeito (ainda que seja muito fraco) que as ondas de rádio têm sobre a matéria é o aquecimento de condutores, devido à rotação que elas provocam nas cargas elétricas. A interação das ondas de rádio com o corpo humano é praticamente inexistente, uma vez que somos praticamente “transparentes” para esse tipo de radiação, assim como as paredes das construções, que não conseguem impedir a passagem das ondas de rádio.

Veja também: O que são, de onde vêm e como são detectados os raios cósmicos

Descoberta das ondas de rádio

As ondas de rádio tiveram sua existência prevista teoricamente, em 1867, pelo matemático e físico James Clerk Maxwell. No entanto, foi somente em 1887 que sua existência foi provada, por meio dos experimentos realizados pelo físico alemão Heinrich Hertz, que também provou que as ondas de rádio tinham as mesmas propriedades ondulatórias da luz. Por volta de 1895, Guglielmo Marconi desenvolveu os primeiros emissores e receptores de ondas de rádio, que passaram a ser comercializados em 1900.

Por: Rafael Helerbrock

Artigos relacionados

As ondas eletromagnéticas

Você sabe o que são ondas eletromagnéticas? Com certeza você já teve contato com essas ondas. Clique e saiba mais a respeito!

Difração

Confira neste texto o que é difração, quais são as suas propriedades e quando ela ocorre.

Heinrich Hertz

Conheça a história da vida de Heinrich Rudolf Hertz, físico alemão responsável por comprovar experimentalmente as ondas eletromagnéticas.

O Espectro Eletromagnético

O espectro eletromagnético é o intervalo completo de todos os tipos de radiação eletromagnética, que vai desde as ondas de rádio até a radiação gama.