Sonares

Os sonares são equipamentos utilizados para localizar objetos, a partir da emissão e recepção de ondas sonoras.

O termo sonar tem origem na expressão em inglês Sound Navegation and Ranging, que significa navegação e determinação da distância pelo som. O sonar é um instrumento utilizado para a localização de objetos por meio da emissão e recepção de ondas sonoras, e é muito usado por navios para detectar a posição de cardumes e submarinos, para buscar objetos perdidos no mar e para localizar icebergs.

Como funciona um sonar?

Os sonares funcionam a partir da emissão de ondas sonoras classificadas como ultrassom, ondas com frequência acima de 20.000 Hz, valor que corresponde ao máximo captado pelo aparelho auditivo humano. A frequência de emissão das ondas de um sonar geralmente está compreendida entre 300.000 Hz e 600.000 Hz.

Os sonares podem ser utilizados para a detecção de cardumes
Os sonares podem ser utilizados para a detecção de cardumes

As ondas emitidas pelo aparelho chocam-se com obstáculos e são refletidas, retornando à fonte emissora. Com a marcação do tempo entre a emissão e a detecção das ondas, e conhecendo a velocidade de propagação das ondas sonoras, pode-se determinar a distância e até o tamanho de um possível obstáculo.

Quando foram criados os sonares?

Leonard da Vinci, em 1490, realizou experiências com tubos colocados na água a fim de detectar a aproximação de navios. Além disso, a utilização de ondas sonoras para localização e identificação de obstáculos foi motivada a partir do famoso naufrágio, em 1912, do navio RMS Titanic, que afundou em sua primeira viagem após se chocar com um iceberg.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Durante a Primeira Guerra Mundial (1914 – 1918), a necessidade de detecção de submarinos alavancou as pesquisas relacionadas à utilização dos sonares.

Ecolocalização

Golfinhos, morcegos e baleias possuem a capacidade biológica de detectar outros animais ou obstáculos a longa distância, por meio da emissão de ondas ultrassônicas. Esses animais são como “sonares vivos” emitindo e recebendo ondas sonoras, que os auxiliam a locomover-se em casos de escuridão e a encontrar suas presas.

Os morcegos podem locomover-se e caçar à noite graças à produção de ondas sonoras
Os morcegos podem locomover-se e caçar à noite graças à produção de ondas sonoras

Ultrassonografia

O exame de ultrassonografia funciona pelo mesmo princípio dos sonares e da ecolocalização. Nesse exame, as imagens são produzidas a partir da reflexão de ondas ultrassônicas incididas sobre órgãos e fetos, por exemplo. As ondas emitidas por aparelho de ultrassonografia podem ser de até 5 MHz, muito além da capacidade máxima da audição humana, que é de 20 Khz.

Pela emissão e recepção de ondas sonoras, os navios podem detectar obstáculos, cardumes e objetos perdidos no mar

Pela emissão e recepção de ondas sonoras, os navios podem detectar obstáculos, cardumes e objetos perdidos no mar

Por: Joab Silas da Silva Júnior

Artigos relacionados

As Ondas Sonoras

Saiba o que são as ondas sonoras e quais as suas principais características.

Espectro sonoro

Saiba mais sobre o espectro sonoro, aquele que mostra os intervalos audíveis e inaudíveis para os seres humanos!

Intensidade sonora

Clique aqui para saber mais sobre intensidade sonora, grandeza física que está relacionada com a energia emitida por uma fonte sonora.

Ondas

A onda é definida como sendo uma perturbação que se propaga periodicamente no espaço e no tempo, carregando com ela energia e informação.

Ondas: transportando energia sem transportar matéria

Definimos ondas como sendo perturbações que se propagam pelo espaço transportando energia sem transportar matéria.

Reflexão das ondas sonoras

Veja aqui como ocorre a reflexão das ondas sonoras e observe os conceitos de reverberação, eco e reforço.

Reflexão de ondas

Reflexão de ondas em uma extremidade fixa e em extremidade móvel.

Reverberação e eco

Veja aqui as corretas definições de reverberação e eco, bem como as principais aplicações tecnológicas do eco.