Bandeira do Brasil

Bandeira do Brasil foi adotada por meio de um decreto assinado pelo marechal Deodoro da Fonseca, em 19 de novembro de 1889, quatro dias depois da proclamação da república.

A Bandeira do Brasil é um dos símbolos nacionais do país.
A Bandeira do Brasil é um dos símbolos nacionais do país.

A Bandeira do Brasil é um dos símbolos nacionais do país. Ela foi adotada no dia 19 de novembro de 1889, quatro dias após a proclamação da república. Essa data foi, mais tarde, instituída como o Dia da Bandeira. A atual versão é composta pelas cores verde, amarela, azul e branca, inspiradas nas cores da bandeira imperial. Na esfera azul central, as 27 estrelas representam os estados brasileiros e o Distrito Federal, além de trazer uma faixa branca, com o lema “Ordem e progresso” impresso sempre na cor verde.

Leia mais: Mapa do Brasil — representação do território nacional

Resumo sobre Bandeira do Brasil

  • A Bandeira do Brasil é um dos símbolos nacionais do país.

  • Foi adotada em 19 de novembro de 1889, quatro dias após a proclamação da república.

  • É composta por um retângulo verde, um losango amarelo e um círculo azul, que tem no seu interior 27 estrelas representantes das unidades da federação e uma faixa com o lema “Ordem e progresso”.

  • Instituiu-se o Dia da Bandeira em 19 de novembro.

  • O Hino à Bandeira foi escrito por Olavo Bilac e apresentado pela primeira vez em 1906.

Significado da Bandeira do Brasil

A Bandeira do Brasil é um dos símbolos nacionais do país, e a sua criação sucedeu à proclamação da república, que ocorreu no ano de 1889. Cada um de seus símbolos, formas e cores possui um propósito e um significado, e é isso que estudaremos na sequência.

  • As cores da Bandeira do Brasil

São quatro as cores da bandeira brasileira: verde, cor predominante, amarela, azul e branca. Diversas interpretações foram atribuídas a cada uma delas. A mais popular associa as cores às riquezas naturais do território e à exuberância da natureza observada no solo brasileiro. No entanto, sabe-se que as cores da nossa bandeira passaram por um processo de ressignificação ao longo do tempo. Originalmente, cada uma delas faz referência a um elemento ou evento de grande importância para a história de Portugal.

  • Verde: inspirada na bandeira do Brasil Império, originalmente a cor verde simbolizava a família real portuguesa, representada então pela Casa de Bragança, de que fazia parte d. Pedro I. Outra interpretação possível para essa cor é o fato de ela representar os povos originários da Lusitânia, território que abrangia o oeste da península Ibérica e que corresponde a Portugal.
  • Amarelo: o amarelo da bandeira brasileira representa a Casa de Habsburgo-Lorena, à qual pertencia a então imperatriz d. Leopoldina, casada com d. Pedro I.
  • Azul e branco: ambos representam o condado Portucale ou Portucalense, do qual se originou o atual país de Portugal.
  • As estrelas na Bandeira do Brasil

O círculo azul no centro da Bandeira do Brasil é formado por 27 estrelas, uma das quais se encontra destacada na porção superior, acima da faixa onde se lê em verde “Ordem e progresso”. Cada uma das estrelas representa um dos 26 estados da federação e o Distrito Federal.

É importante ressaltar ainda que o posicionamento das estrelas não foi feito de maneira aleatória. Elas indicam a distribuição das constelações no céu do Brasil, uma delas a do Cruzeiro conforme observado na noite de 15 de novembro de 1889, no horário de 8 horas e 30 minutos. Foi nessa mesma data que se proclamou a república.

As 27 estrelas entraram em uso em 11 de maio de 1992, com o acréscimo dos seguintes estados da região Norte: Tocantins, Amapá, Rondônia e Roraima.

  • As formas da Bandeira do Brasil

A bandeira brasileira é composta por quatro formas: um retângulo verde, um losango amarelo, um círculo azul e uma faixa branca posicionada no interior da esfera. Acredita-se que essas formas originalmente, assim como as cores, faziam referência à realeza de Portugal, com o losango amarelo homenageando as mulheres e o seu papel na família.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

História da Bandeira do Brasil

A Bandeira do Brasil foi adotada pelo decreto 4º de 19 de novembro de 1889, assinado pelo então presidente provisório do país, o marechal Deodoro da Fonseca. O símbolo foi desenvolvido após a proclamação da república, que se deu em 15 de novembro de 1889 e marcou o fim do regime monárquico no Brasil. Essa profunda transformação na estrutura política do país demandava, portanto, a adequação dos símbolos nacionais ao novo período, sendo um deles a bandeira.

A concepção da bandeira da república ficou a cargo de Raimundo Teixeira Mendes e Miguel Lemos, ambos filósofos e professores adeptos dos ideais positivistas. O responsável pela sua confecção foi o pintor Décio Vilares.

O novo pavilhão foi apresentado no mesmo dia em que Deodoro da Fonseca assinou o decreto anteriormente citado, substituindo uma outra bandeira que havia sido elaborada em 15 de novembro para substituir temporariamente a bandeira imperial. Essa primeira bandeira republicana é conhecida como Bandeira Provisória da República, e ficou em uso somente por quatro dias, de 15 a 19 de novembro.

Bandeira Provisória da República
Bandeira Provisória da República, usada entre 15 e 19 de novembro de 1889.

As cores e formas observadas na bandeira do império foram preservadas no símbolo da república, mas algumas modificações significativas foram realizadas. Entre elas, o redimensionamento do losango amarelo e a substituição do brasão imperial pela esfera azul, que simbolizava a nova república com as estrelas em seu interior e a faixa com o lema “Ordem e progresso”.

Dia Nacional da Bandeira

O dia 19 de novembro foi instituído como o Dia Nacional da Bandeira do Brasil, em comemoração a esse símbolo nacional. A data foi escolhida por ter sido esse o dia em que a atual bandeira brasileira fora adotada, o que se deu mediante o decreto nº 4, de 19 de novembro de 1889. Caso queira se aprofundar sobre a data comemorativa do mais popular dos nossos símbolos nacionais, leia: Dia da Bandeira.

Hino da Bandeira do Brasil

O hino à Bandeira do Brasil foi escrito pelo jornalista e poeta carioca Olavo Bilac (1865-1918), um dos principais nomes do parnasianismo brasileiro, e apresentado pela primeira vez no ano de 1906. A música foi de Francisco Braga (1868-1945), compositor e regente nascido também no Rio de Janeiro.

Hino à Bandeira do Brasil

Salve, lindo pendão da esperança,
Salve, símbolo augusto da paz!
Tua nobre presença à lembrança
A grandeza da Pátria nos traz.
Recebe o afeto que se encerra
Em nosso peito juvenil,
Querido símbolo da terra,
Da amada terra do Brasil!

Em teu seio formoso retratas\
Este céu de puríssimo azul,
A verdura sem par destas matas,
E o esplendor do Cruzeiro do Sul.

Recebe o afeto que se encerra
Em nosso peito juvenil,
Querido símbolo da terra,
Da amada terra do Brasil!

Contemplando o teu vulto sagrado,
Compreendemos o nosso dever;
E o Brasil, por seus filhos amado,
Poderoso e feliz há de ser.
Recebe o afeto que se encerra
Em nosso peito juvenil,
Querido símbolo da terra,
Da amada terra do Brasil!

Sobre a imensa Nação Brasileira,
Nos momentos de festa ou de dor,
Paira sempre, sagrada bandeira,
Pavilhão da Justiça e do Amor!

Recebe o afeto que se encerra
Em nosso peito juvenil,
Querido símbolo da terra,
Da amada terra do Brasil!

Leia mais: 13 de abril - Dia do Hino Nacional Brasileiro

O Brasil

O Brasil é um país localizado no subcontinente da América do Sul e banhado pelo Atlântico. Trata-se de um dos territórios mais extensos do mundo, com 8.516.000 km² de área, e por esse motivo é comum dizer que ele possui dimensões continentais. O clima predominante no país é o tropical, com a presença da Floresta Amazônica, na região Norte, que fornece grande teor de umidade para outras áreas do território. Os terrenos do país são, em sua maioria, planálticos.

A capital do Brasil é a cidade de Brasília, construída com o propósito de abrigar a sede do governo federal e inaugurada em 1960.

Com uma população de quase 213 milhões de habitantes, o Brasil ocupa a quinta posição entre os países mais populosos do mundo. A maior concentração populacional se encontra na região Sudeste, uma das cinco grandes regiões em que o país se divide (Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul). Sua cidade mais populosa é São Paulo, capital do estado de mesmo nome.

O setor terciário lidera atualmente a economia nacional. A atividade agropecuária possui grande importância para o país, notadamente a comercialização de commodities agrícolas como a soja, assim como a exploração de recursos naturais, a exemplo do petróleo e minério de ferro. Ambas matérias-primas são fonte para a produção industrial brasileira, que se destaca, além dos setores petroquímico e de metalurgia, no processamento de alimentos e produção automobilística.

Mapa do Brasil
O Brasil é o maior país da América do Sul e um dos mais extensos do mundo. Conta hoje com mais de 213 milhões de habitantes.

Curiosidades sobre a Bandeira do Brasil

  • O lema “Ordem e progresso”, impresso na cor verde no centro da Bandeira Nacional, foi inspirado no filósofo francês Augusto Comte, principal teórico do positivismo.

  • A lei que dispõe sobre os símbolos nacionais brasileiros (lei nº 5700, de 1971) determina que o ensino do significado da Bandeira do Brasil é obrigatório em todos os estabelecimentos de ensino.

  • A mesma legislação determina as dimensões oficiais da Bandeira do Brasil e a forma de apresentá-la.

  • O dia 18 de setembro foi estabelecido como Dia dos Símbolos Nacionais, entre eles a Bandeira do Brasil.

Por: Paloma Guitarrara

Artigos relacionados

19 de novembro – Dia da Bandeira

Saiba por que o Dia da Bandeira é comemorado em 19 de novembro e como a nossa bandeira atual está relacionada com a bandeira da época do Império.

Brasil Império

Do fim do colonialismo à abolição da escravatura.

Brasil República

Confira aqui as características das fases do Brasil República!

Proclamação da república

Clique aqui para entender o que foi a proclamação da república. Saiba suas causas, quais eram os grupos insatisfeitos, como ela foi realizada e suas consequências.

Símbolos nacionais

Acesse o link para conhecer quais são os símbolos nacionais. Veja como são definidos por lei e qual a história desses símbolos.