Aceleração da gravidade

Os paraquedistas possuem movimento vertical para baixo pelo fato de estarem sob a ação da aceleração da gravidade
Os paraquedistas possuem movimento vertical para baixo pelo fato de estarem sob a ação da aceleração da gravidade

Você já deve ter observado que quando deixamos cair uma pedra e uma folha de papel, a pedra cai mais rapidamente. Aristóteles foi o primeiro a afirmar que corpos de massas maiores caem mais rapidamente do que corpos de massas menores. Hoje sabemos que tal fenômeno acontece pelo fato de o ar exercer um efeito retardador na queda de qualquer objeto e que esse efeito apresenta maior influência sobre o movimento da folha de papel do que sobre o movimento da pedra.

Por mais estranho que possa parecer, o fato é que, no vácuo, todos os corpos, sejam eles de massas iguais ou de massas diferentes, quando abandonados de certa altura, atingirão o solo ao mesmo tempo e com a mesma velocidade.

O movimento de queda livre é um movimento provido de aceleração. Galileu conseguiu, com suas experiências, verificar que esse é um Movimento Uniformemente Variado, isto é, na queda livre o corpo tem aceleração constante. Essa aceleração, denominada aceleração da gravidade, é representada pelo símbolo g, como mostra a figura abaixo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

 

O bloco em queda livre fica sujeito apenas à ação da gravidade

A aceleração da gravidade não é a mesma em todos os lugares da Terra. Portanto, podemos dizer que ela varia com a latitude e com a altitude: ela aumenta do equador para os polos; e diminui da base de uma montanha para seu cume.

O valor da aceleração da gravidade (g) em um lugar situado ao nível do mar e à latitude de 45° chama-se aceleração normal da gravidade. Se trabalharmos com apenas dois algarismos significativos, poderemos considerar o valor de (g) como o mesmo para todos os lugares da Terra. Portanto, podemos adotar o valor de:

g=9,8 m/s2

Para facilitar os cálculos, em alguns momentos, ou melhor, em alguns exercícios, esse valor é aproximado para g=10 m/s2.

Por: Domiciano Correa Marques da Silva

Artigos relacionados

Campo gravitacional

Saiba o que é campo gravitacional e por que ele é importante.

Determinando o tempo de queda

Melancia ou tomate, quem chega ao chão primeiro? Clique aqui entenda o cálculo do tempo de queda dos objetos.

Estrelas de nêutrons

Aprenda mais sobre a formação e o comportamento de uma classe de estrelas muito curiosa: as estrelas de nêutrons.

Força peso

O que é força peso? Acesse e confira a definição, aprenda a calcular a força peso, conheça as fórmulas, e saiba mais sobre o assunto com exercícios resolvidos.

Lançamento oblíquo

Confira algumas propriedades do lançamento oblíquo, movimento composto de um movimento uniforme e de um movimento acelerado, que ocorrem simultaneamente em duas dimensões. Quando projéteis são lançados obliquamente, descrevem trajetórias parabólicas e levam, aproximadamente, o mesmo tempo para subir e para cair.

Levitação magnética (Princípio do Maglev)

Que tal saber mais sobre o fenômeno da levitação magnética? Ela surge quando campos magnéticos em direções opostas interagem entre si. Uma interessante aplicação disso é o Maglev, um meio de transporte capaz de flutuar sobre trilhos usando a repulsão criada entre ímãs permanentes e ímãs supercondutores.