Evolução

A biodiversidade é considerada, sob a ótica da evolução biológica, o resultado da variação e transformação de populações ao longo do tempo, propiciando o surgimento de novas espécies a partir das preexistentes. Assim, podemos entender o porquê da existência de semelhanças, em menor ou maior grau, entre todos os seres vivos.

O pensamento evolutivo contemporâneo teve como principais precursores os naturalistas Charles Darwin e Alfred Wallace que, no século XIX, de forma independente, conseguiram perceber os mesmos mecanismos inerentes a este processo, explicando também o processo pelo qual as espécies se apresentariam adaptadas ao ambiente em que vivem: a seleção natural.

A seleção natural sugere que indivíduos de uma mesma espécie possuem variações, e que estas podem fazer com que eles tenham melhores condições de viver em determinado ambiente do que os demais – porque permitem que tenham melhor sucesso reprodutivo, menos susceptibilidade aos predadores, ou mesmo maior resistência a fenômenos que podem ocorrer ali. Tais características, sendo hereditárias, propiciam que a prole também seja contemplada, ocorrendo, ao longo do tempo, uma mudança substancial naquele grupo; o que pode provocar o surgimento de uma nova espécie.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A seleção natural é somente um entre os demais mecanismos da evolução. Darwin e Wallace, provavelmente por desconhecerem as Leis de Mendel, e também a existência de mutações, não conseguiram explicar com maior riqueza de detalhes esse fenômeno. Atualmente, a teoria sintética da evolução (ou neodarwinismo) contempla tais questões.

Nos dias de hoje, o ensino de Biologia nas universidades tem sido feito sob a ótica evolutiva, ou seja, reconhecendo as relações de parentesco entre as espécies, refletidas nas características em comum que apresentam. Assim, nas escolas, cada vez mais se tem ensinado também dessa forma – o que reforça quão importante é compreender esse conteúdo.

Esta seção disponibiliza fontes de pesquisa que vão auxiliar o estudante, e o público em geral, a compreender este conteúdo.

Vamos conhecê-las?


Aproveite para conferir as nossas videoaulas sobre o assunto:

Charles Darwin: naturalista que muito contribuiu para o estudo da evolução.

Por: Mariana Araguaia

Artigos de Evolução

As teorias evolucionistas de Charles Darwin

Darwin foi um naturalista inglês que propôs a teoria da seleção natural na evolução das espécies.

Charles Darwin

Conheça a vida de Charles Darwin, um naturalista que definitivamente revolucionou o entendimento de como as espécies evoluem.

Criacionismo

Criacionismo, o que é criacionismo, processo do criacionismo, o ponto de vista científico em relação ao criacionismo, o criacionismo para os judeus, o criacionismo para os islâmicos, o criacionismo para os budistas, o criacionismo para os hindus.

Darwin e o Neodarwinismo

Darwin e o Neodarwinismo, Charles Darwin e seus experimentos, Teoria da Evolução, Teoria de Seleção natural, primeiras idéias a respeito da teoria, Lamarck, os estudos de Lamarck.

Deriva genética

Compreenda o que é e como ocorre a deriva genética e descubra que impactos ela pode ter nas populações.

Efeito fundador

Conheça mais sobre o efeito fundador, um tipo de especiação alopátrica que se caracteriza por formar espécies novas de maneira rápida.

Efeito gargalo

Entenda o que é efeito gargalo e saiba como esse evento acontece e qual é o resultado desse processo na frequência alélica de uma população.

Especiação

Entenda o que é especiação, os fatores determinantes para que ela ocorra e a diferença entre a especiação simpátrica, parapátrica e alopátrica.

Evidências da evolução biológica

Você conhece as evidências da evolução biológica? Clique aqui e descubra quais são as evidências que sustentam a ideia de que os seres vivos sofreram mudanças ao longo do tempo. Também falaremos dos fósseis, homologias, estruturas vestigiais, evidências celulares e evidências moleculares.

Fluxo gênico

Entenda o que é fluxo gênico, como ele ocorre e como esse fenômeno evita o surgimento de novas espécies por meio da homogenização das populações.

Fósseis

Aprenda mais sobre os fósseis, como são formados e sua importância científica.

Icnofósseis

Entenda o que são os icnofósseis, conheça alguns exemplos e descubra a importância desses registros para a Paleontologia.

Lamarck e suas ideias sobre a evolução dos seres vivos

As teorias evolucionistas elaboradas por Lamarck influenciaram os estudos de Darwin.

Órgãos homólogos e análogos

Entenda as principais diferenças entre órgãos homólogos e análogos e o papel destes no entendimento da evolução.

Seleção sexual

Saiba mais sobre a seleção sexual e compreenda por que essa seleção às vezes propicia a permanência de características pouco vantajosas.

Teoria da Seleção Natural

Teoria da Seleção Natural, Evolução Biológica, Charles Darwin, Evolução das espécies, População, Prevalência, Adaptações, Extinção, Vantagens e desvantagens evolutivas, Componente genético, Anemia falciforme, Malária, Competição intra-específica.

Tipos de Fossilização

Compreenda os diferentes tipos de fossilização aos quais os seres vivos estão sujeitos.

Tipos de seleção natural

Você conhece os diferentes tipos de seleção natural? Clique aqui e amplie seus conhecimentos sobre a seleção direcional, estabilizadora e disruptiva.