Efeito gargalo

O efeito gargalo é um processo que ocorre quando populações são drasticamente reduzidas de tamanho. Esse evento pode ser resultado, por exemplo, da ação humana.

As tetrazes-das-pradarias sofreram um grande impacto por causa da redução de seu habitat natural
As tetrazes-das-pradarias sofreram um grande impacto por causa da redução de seu habitat natural

O efeito gargalo é uma das circunstâncias que podem resultar em deriva genética. A deriva genética pode ser definida como flutuações não previstas nas frequências alélicas de uma geração para outra em decorrência de eventos completamente aleatórios. Essa deriva pode ser responsável por uma grande perda de variabilidade genética, principalmente em pequenas populações.

→ O que é o efeito gargalo?

O efeito gargalo ocorre quando mudanças acontecem no ambiente, de modo a reduzir acentuadamente o tamanho de uma população. O nome “efeito gargalo” origina-se do fato de que apenas parte da população resiste a uma determinada pressão do meio. Seria como uma garrafa cheia de bolinhas, em que apenas algumas passam pelo gargalo e outras, não.

Vale salientar, no entanto, que o efeito gargalo não busca selecionar os organismos mais adaptados, como na seleção natural. Os organismos que sobrevivem às mudanças são selecionados de maneira totalmente aleatória, em uma questão de “sorte”. Com isso, temos variações nas frequências alélicas, pois indivíduos diferentes serão selecionados, independentemente de suas características adaptativas. Nesses casos, até que a população recupere-se e aumente seu tamanho inicial, será possível notar uma perda da variabilidade genética.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

→ Exemplo de efeito gargalo

Um exemplo de efeito gargalo é o caso das tetrazes-das-pradarias que viviam nas pradarias dos Estados Unidos. Ao longo do século XIX e XX, esses animais tiveram seu habitat completamente destruído para dar lugar a lavouras e pastagens. O impacto das ações humanas foi tão grande que, em 1993, foram encontrados apenas 50 indivíduos dessa espécie, uma queda considerável no número de uma população que anteriormente era representada por milhões de animais. As aves sobreviventes apresentavam pouca variabilidade genética, e seus ovos tinham pouco índice de eclosão, o que sugere que, nesse caso, houve um aumento de alelos relacionados a características que reduzem a taxa de reprodução (alelos deletérios).

Por: Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos relacionados

Efeito fundador

Conheça mais sobre o efeito fundador, um tipo de especiação alopátrica que se caracteriza por formar espécies novas de maneira rápida.

Filogenia

Saiba o que é filogenia, aqui. Neste texto você aprenderá como analisar uma árvore filogenética e conhecerá alguns erros que podemos cometer ao fazermos tal análise.

Seleção natural

Seleção natural é um importante mecanismo de evolução. Conheça essa teoria, entenda seu mecanismo, seus tipos, e saiba a diferença entre as seleções natural e artificial.