Presidente da República

O cargo de presidente da República é o posto mais alto que alguém pode ocupar na política. A administração do país é de sua responsabilidade.

O presidente da República é responsável por representar nosso país em eventos diplomáticos e internacionais.
O presidente da República é responsável por representar nosso país em eventos diplomáticos e internacionais.

O cargo de presidente da República é o posto mais elevado da política brasileira, sendo que aquele que ocupa essa posição tem como função administrar o nosso país. O presidente é eleito, por meio de votação popular, para um mandato de quatro anos, sendo possível que ele seja reeleito para mais um mandato. As funções do presidente estão descritas na Constituição Federal.

Saiba mais: Eleições de 1994 — disputa presidencial que Fernando Henrique Cardoso venceu sem dificuldades

Resumo sobre presidente da República

  • O posto de presidente é mais alto da política brasileira, pois ele é a autoridade máxima de nosso país.
  • O presidente é considerado chefe do Executivo.
  • É eleito para um mandato de quatro anos, com possibilidade de reeleição.
  • As funções do presidente estão descritas na Constituição Federal.
  • O primeiro presidente do Brasil foi o marechal Deodoro da Fonseca.

Presidente da República: o que é?

Na política brasileira, presidente é a posição mais alta que uma pessoa pode alcançar. Assim, o presidente é a autoridade máxima do país, sendo o maior responsável pela sua administração. O presidente também é chefe do Executivo, um dos três poderes que existem em nosso país e que compõe o governo junto do Legislativo e do Judiciário.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O presidente, desde a Constituição de 1988, é escolhido com base em uma votação popular, conhecida como eleição. As eleições presidenciais são realizadas a cada quatro anos e têm como objetivo nomear quem governará o país por quatro anos. A Constituição brasileira dá o direito ao presidente de se candidatar a uma reeleição.

No Brasil, consideramos o presidente chefe de governo e chefe de Estado, o que significa que ele tem poder de tomar decisões referentes à administração do país e também atuar como representante de nossa nação em eventos e encontros diplomáticos e em viagens ao exterior. Isso acontece porque o nosso país é uma república presidencialista.

Caso o Brasil fosse uma república parlamentarista, isso seria diferente, uma vez que a posição de chefe de governo seria uma atribuição do primeiro-ministro. Para se tornar presidente, é necessário atender alguns requisitos que são estipulados pela Constituição. Deve-se, por exemplo, ser brasileiro nato (portanto, nascido aqui) e ter no mínimo 35 anos de idade.

Para ser presidente, uma pessoa ainda deve:

  • ter plenitude dos seus direitos políticos;
  • ser filiada a algum partido político.

Além disso, o indivíduo não pode ter substituído o presidente anterior no período de seis meses antes da data da eleição presidencial. Atendidos esses critérios, qualquer cidadão pode se candidatar, e sua efetivação como presidente dependerá de sua vitória nas eleições.

O presidente da República trabalha no Palácio do Planalto, localizado em Brasília, e reside no Palácio da Alvorada, que também fica na capital. Todas as despesas do presidente, em exercício de sua função, são pagas com dinheiro público, e ele ainda recebe um pagamento mensal pelo trabalho que exerce.

Segundo o portal da transparência, o salário do presidente em novembro de 2021, por exemplo, foi de R$ 31.439,51, já com todas as deduções|1|.

O que faz o presidente da República?

Como citado, o papel do presidente é coordenar a administração do país no tempo de seu mandato. Todas as funções do presidente, enquanto chefe de governo e chefe de Estado, estão descritas na Constituição de 1988, mais precisamente no 84º artigo.

Dentre as funções do presidente, de acordo com a Constituição, destacam-se:

  • celebração de acordos internacionais;
  • nomeação dos ministros do Supremo Tribunal Federal;
  • decreto de estado de sítio e estado de defesa nos momentos de emergência;
  • atuação como comandante-chefe das Forças Armadas;
  • realização de condecorações.

Um dos papéis do presidente é sancionar ou vetar leis que foram aprovadas na Câmara dos Deputados e no Senado. Ele também pode propor leis para serem debatidas por deputados e senadores. Enquanto comandante-chefe das Forças Armadas, é função do presidente nomear os comandantes do/da:

  • Exército;
  • Marinha;
  • Aeronáutica.

O presidente também pode emitir decretos e medidas provisórias, que possuem caráter temporário de lei, mas que precisam ser regulamentadas no Legislativo. Além disso, o trabalho do presidente deve ser realizado com o apoio de uma série de profissionais que atuam em pontos estratégicos da governança do país.

Trata-se dos ministros, e é papel do presidente nomear os ministros que chefiarão cada ministério. O presidente, em teoria, deve escolher pessoas com perfil técnico adequado para cada um dos ministérios existentes.

Saiba também: Era Vargas — o período em que Getúlio Vargas governou o Brasil

Presidente da República e eleição presidencial no Brasil

O processo de escolha do presidente também é mencionado na Constituição de 1988. Ele deve ser eleito em uma votação popular realizada a cada quatro anos, sendo portanto um processo de democracia.

Para ser eleito, um candidato precisa obter mais de 50% dos votos válidos. Se ele não atingir essa marca no primeiro turno, outro turno é realizado entre os dois candidatos mais votados no primeiro.

Urna eletrônica da Justiça Eleitoral do Brasil
A cada quatro anos, são realizadas eleições presidenciais para determinar a escolha do presidente do Brasil. [1]

Uma vez eleito, um presidente pode disputar uma reeleição consecutiva. Caso vença, ele cumprirá oito anos no mandato e depois disso deverá abandonar o cargo para que outro representante o assuma. O presidente eleito toma posse no dia 1º de janeiro do ano posterior ao que foi realizada a eleição presidencial.

Em 2018, por exemplo, o candidato Jair Bolsonaro foi eleito presidente do Brasil ao vencer as eleições em segundo turno. Sua posse aconteceu no dia 1º de janeiro de 2019.

Acesse também: Qual a diferença entre voto nulo e branco?

Presidentes da República do Brasil

O Brasil passou a ter presidentes a partir da proclamação da República, evento que aconteceu em 15 de novembro de 1889. O primeiro presidente do nosso país foi o marechal Deodoro da Fonseca, nomeado para a posição em caráter provisório. Atualmente, estamos no período conhecido como Nova República, que teve início com o fim da Ditadura Militar, em 1985.

O atual presidente da República é Jair Bolsonaro. Os presidentes do Brasil na Nova República foram os seguintes:

Notas

|1| Portal da Transparência. Para acessar, clique aqui.

Créditos da imagem:

[1] Isaac Fontana / Shutterstock

Por: Daniel Neves Silva

Artigos relacionados

Constituição de 1988

Encontre aqui tudo o que você precisa saber sobre a Constituição de 1988, conhecida também como Constituição Cidadã. Entenda o contexto histórico do Brasil durante a elaboração dessa Constituição, saiba como foi o processo para elaborá-la e, por fim, veja um breve resumo das conquistas da nova Carta Constitucional.

Deputado estadual

Acesse o texto e saiba mais sobre os deputados estaduais, representantes da população no Legislativo. Entenda as funções desses políticos e como se elegem.

Deputado federal

Clique aqui e saiba as responsabilidades de um deputado federal. Entenda também como ele se elege e qual a sua atuação nas comissões parlamentares.

Governo Provisório de Deodoro da Fonseca (1889-1891)

O governo de Deodoro da Fonseca marcou a passagem entre o Império e os governos constitucionais, dando início à História política da República.

Luiz Inácio Lula da Silva

Acesse o texto para conhecer detalhes da vida de Lula. Veja como se deram suas carreiras laboral, sindical e política.

Proclamação da república

Clique aqui para entender o que foi a proclamação da república. Saiba suas causas, quais eram os grupos insatisfeitos, como ela foi realizada e suas consequências.

Senador

Clique para acessar o texto e saber detalhes sobre o que é e o que faz um senador. Entenda como é escolhido por meio do sistema eleitoral brasileiro.