O governo Sarney

Com a morte do presidente eleito Tancredo Neves, seu vice, José Sarney, tomou posse. O governo de José Sarney foi entre 1985 à 1989.

José Sarney, o primeiro presidente após o Regime Ditatorial.
José Sarney, o primeiro presidente após o Regime Ditatorial.

No ano de 1964 foi instaurada no Brasil uma ditadura militar. A ideologia socialista crescia no mundo, decorrente da Revolução Russa em 1917, e temorizava os países capitalistas. Por ter ideias liberais e um comportamento subversivo, o presidente João Goulart foi vítima de um golpe que o depôs da presidência, que foi assumida por generais do Exército Brasileiro. A ditadura instaurou um regime violento que punia seus opositores, através de terrorismo, torturas e até a morte. Esse período durou duas décadas, tendo fim em 1985 com a eleição de um presidente civil.

A sociedade não tolerava mais o regime ditatorial, principalmente porque, além do ataque à liberdade de expressão, o regime trouxe uma elevada inflação e uma dívida externa espantosa, culminando numa das maiores crises econômicas já vistas no Brasil. Revoltadas, milhares de pessoas saíram às ruas, em 1984, pedindo o fim da ditadura e a convocação de eleições diretas. Este protesto ficou conhecido como “Diretas já!”. Não houve êxito quanto às eleições diretas, mas dois representantes civis (Tancredo Neves e Paulo Maluf) saíram candidatos, que seriam escolhidos pelo Colégio Eleitoral. A ditadura não havia, de fato, acabado, mas já demonstrava um enfraquecimento.

Tancredo Neves foi eleito, mas, no dia 21 de abril de 1985, faleceu, deixando seu vice, José Sarney, como sucessor. Sarney não tinha um passado confiável para um país que acabara de sair de uma ditadura. Na época do regime votou contra o pedido de eleições diretas, sem contar uma simpatia declarada pelo militarismo. Naquela nova fase, propôs a adoção de algumas medidas mais democráticas, a fim de remodelar sua imagem, como a criação de uma nova moeda (Cruzado), o fim da correção monetária, o congelamento dos preços das mercadorias e a elaboração de uma nova Constituição.

Quanto às medidas tomadas, referentes à economia, os planos fracassaram. A crise econômica não cessou, mergulhando o país numa das mais altas taxas de inflação da história. Já no campo social, a nova Constituição concedeu direitos de liberdade (sufocados no Período Ditatorial), direito ao voto, direito de ir e vir, direito à participação em partidos políticos e o acesso à educação. Em 1989 terminava o mandato de José Sarney, sendo sucedido por Fernando Collor de Melo.
 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Por: Demercino José Silva Júnior

Artigos relacionados

Assembleia Constituinte de 1987

Saiba o que foi e qual é a importância da Assembleia Constituinte de 1987.

Constituição de 1988

Encontre aqui tudo o que você precisa saber sobre a Constituição de 1988, conhecida também como Constituição Cidadã. Entenda o contexto histórico do Brasil durante a elaboração dessa Constituição, saiba como foi o processo para elaborá-la e, por fim, veja um breve resumo das conquistas da nova Carta Constitucional.

Governo Collor

Conheça as principais características do Governo Collor e entenda por que ele foi tão polêmico.

Impeachment de Fernando Collor

Saiba como ocorreu o Impeachment de Fernando Collor, no ano de 1992, e quais circunstâncias levaram a tal acontecimento.

Iris Rezende

Acesse para conhecer Iris Rezende, um político de carreira de sucesso no estado de Goiás. Veja detalhes de sua juventude e de sua carreira política.

Itamar Franco

Clique no link para conhecer detalhes da vida de Itamar Franco, um importante político que fez carreira no estado de Minas Gerais.

Nova República no Enem

Clique no link para saber mais sobre o período da Nova República. Conheça detalhes desse período da história brasileira e saiba como ele pode ser cobrado no Enem.