Estatística no Enem

Não é de hoje que a estatística é um dos conteúdos mais recorrentes no Enem, a prova vem recheada de tabelas, gráficos, e dados estatísticos. Até mesmo na redação é comum ver dados estatísticos na coletânea para te auxiliar na competência 2, ou seja, no seu repertório cultural.

A importância dada para a estatística durante a avaliação das provas do Enem não é à toa, pois esse conteúdo é bastante presente no dia a dia, auxiliando na tomada de decisões, desde as mais simples até as mais complexas. No Enem vale a pena estudar:

  • gráficos e tabelas

  • medidas centrais

  • medidas de dispersão

Com a probabilidade, a estatística compõe a competência 6 do Enem, e as questões variam entre médias e fáceis, sendo bastante incomum, mas possível, uma questão considerada difícil de estatística no Enem.

Leia também: Como estudar Matemática para o Enem

Estatística é a área da matemática que estuda e analisa dados.
Estatística é a área da matemática que estuda e analisa dados.

Como a estatística é cobrada no Enem?

A estatística é um dos conteúdos mais cobrados no Enem, devido a sua grande relevância no cotidiano. Para se dar bem na prova, é essencial que se domine alguns conteúdos importantes da área.

Em todas as provas do Enem, aparecem gráficos e tabelas, e interpretá-los é essencial para resolver as questões. Em algumas pede-se apenas para fazer-se a análise do gráfico comparando seus dados, mas também é bastante comum que a questão peça para que você faça previsões baseadas nos dados encontrados.

As questões que envolvem dados em tabela não são diferentes, elas também possuem problemas a serem resolvidos com base na interpretação desses dados. Além de sempre ter questões com gráficos e tabelas, em todas as provas há uma questão envolvendo medidas centrais, cobrando-se as três ao mesmo tempo ou somente uma delas. Das médias, as que caem na prova são: média aritmética simples e média aritmética ponderada, não tendo registro de questões que envolvem média harmônica ou média geométrica.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Outro conteúdo que costuma aparecer na prova é o desvio padrão e a variância. Aparecendo menos do que os outros conteúdos, na prova nunca foi pedido para que se calculasse a variância ou o desvio padrão de um conjunto de dados, o que o Enem cobra é que o candidato saiba interpretar a variância, compreendendo que: quanto maior o valor da variância e do desvio padrão, menos regulares serão os dados, ou seja, ambos são medidas de dispersão.

Analisando-se a matriz de referências do Enem, o conteúdo de estatística aparece nas competências de área 6 e 7, cobrando as habilidades H24, H25, H26, H27, H28, H29 e H30. É o conteúdo que pode ser cobrado em mais habilidades possíveis no Enem.

Competência de área 6 - Interpretar informações de natureza científica e social obtidas da leitura de gráficos e tabelas, realizando previsão de tendência, extrapolação, interpolação e interpretação.

H24 - Utilizar informações expressas em gráficos ou tabelas para fazer inferências.

H25 - Resolver problema com dados apresentados em tabelas ou gráficos.

H26 - Analisar informações expressas em gráficos ou tabelas como recurso para a construção de argumentos.

Competência de área 7 - Compreender o caráter aleatório e não determinístico dos fenômenos naturais e sociais e utilizar instrumentos adequados para medidas, determinação de amostras e cálculos de probabilidade para interpretar informações de variáveis apresentadas em uma distribuição estatística.

H27 - Calcular medidas de tendência central ou de dispersão de um conjunto de dados expressos em uma tabela de frequências de dados agrupados (não em classes) ou em gráficos.

H28 - Resolver situação-problema que envolva conhecimentos de estatística e probabilidade.

H29 - Utilizar conhecimentos de estatística e probabilidade como recurso para a construção de argumentação.

H30 - Avaliar propostas de intervenção na realidade utilizando conhecimentos de estatística e probabilidade.

Além da prova de matemática, é bastante comum que se tenha, na coletânea da redação, dados estatísticos, que, quando usados da forma correta, podem garantir uma boa nota na competência 2 da redação, demonstrando um bom repertório sociocultural.

Leia também: Cinco conteúdos de Matemática para ter sucesso no Enem

O que é estatística?

A estatística é uma das áreas da matemática mais importantes para a nossa sociedade atualmente, pois é a área da matemática que estuda a coleta, organização e análise de dados, facilitando a sua representação e a realização de inferências. O conhecimento de estatística auxilia a humanidade na tomada de decisões. É com base nos dados estatísticos que decisões políticas importantes são tomadas, por exemplo, sobre a pandemia de COVID-19.

Entre os conhecimentos da estatística está o estudo das variáveis e dos conjuntos de dados, além das medidas de tendências centrais, que são as médias, a moda e a mediana. Lembrando que existem vários tipos de média, como a média aritmética simples, a média aritmética ponderada, a média harmônica e média geométrica. Além das medidas centrais, a estatística estuda também as medidas de dispersão, que são: a variância, a amplitude, o desvio padrão e o desvio médio.

Questões sobre estatística no Enem

Questão 1 – (Enem 2016) O cultivo de uma flor rara só é viável se, do mês do plantio para o mês subsequente, o clima da região possuir as seguintes peculiaridades:

• a variação do nível de chuvas (pluviosidade), nesses meses, não for superior a 50 mm;

• a temperatura mínima, nesses meses, for superior a 15 °C;

• ocorrer, nesse período, um leve aumento não superior a 5 °C na temperatura máxima.

Um floricultor, pretendendo investir no plantio dessa flor em sua região, fez uma consulta a um meteorologista que lhe apresentou o gráfico com as condições previstas para os 12 meses seguintes nessa região.

Com base nas informações do gráfico, o floricultor verificou que poderia plantar essa flor rara.

O mês escolhido para o plantio foi:

A) janeiro

B) fevereiro

C) agosto

D) novembro

E) dezembro

Resolução

Alternativa A.

Para inferir qual é o mês ideal para o plantio, devemos analisar cada um dos três requisitos levantados.

Analisando a pluviosidade (1º requisito) representada pela barra, do mês escolhido para o plantio até o próximo, a aviação do nível de chuva não pode ser superior a 50 mm, sendo assim, vamos eliminar os meses em que ocorre uma variação superior a esse valor. São eliminados, por esse motivo: agosto, setembro, outubro dezembro e março, restando então os meses de janeiro, fevereiro, abril, maio, junho, julho e novembro.

Analisando a temperatura mínima (2º requisito) representada pelo gráfico de linhas pontilhado, a temperatura no mês escolhido não pode ser menor ou inferior a 15 ºC. Elimina-se, entre os meses restantes, aqueles em que isso ocorre, que são: maio, junho e junho. Então os meses restantes são: janeiro, fevereiro, abril e novembro.

Analisando agora a temperatura máxima (3º requisito), representada pelo gráfico de linhas contínuo, ela deve ter um leve aumento, não superior a 5 ºC. Dos meses restantes, isso ocorre somente no mês de janeiro, logo, ele é único mês favorável para plantar-se essa flor rara.

Questão 2 – (Enem 2016) O procedimento de perda rápida de “peso” é comum entre os atletas dos esportes de combate. Para participar de um torneio, quatro atletas da categoria até 66 kg, Peso-Pena, foram submetidos a dietas balanceadas e atividades físicas. Realizaram três “pesagens” antes do início do torneio. Pelo regulamento do torneio, a primeira luta deverá ocorrer entre o atleta mais regular e o menos regular quanto aos “pesos”. As informações com base nas pesagens dos atletas estão no quadro:

Após as três “pesagens”, os organizadores do torneio informaram aos atletas quais deles se enfrentariam na primeira luta. A primeira luta foi entre os atletas:

A) I e III

B) I e IV

C) II e III

D) II e IV

E) III e IV

Resolução

Alternativa C. Para resolver essa questão, note que não é necessário calcular o desvio padrão, mas entender o que ele representa. O atleta mais regular é aquele que possui o desvio padrão menor, ou seja, o atleta III. O atleta menos regular é aquele que possui maior desvio padrão, ou seja, o atleta II. A primeira luta será entre os atletas II e III.

Por: Raul Rodrigues de Oliveira

Artigos relacionados

Funções no Enem

Veja como o conteúdo de funções costuma ser cobrado no Enem. Observe a resolução de questões de provas anteriores sobre o tema e se prepare melhor para o exame.

Análise combinatória no Enem

Saiba o que é análise combinatória, entenda como esse conteúdo é cobrado no Enem e veja questões de exames passados sobre o tema.

Dicas de Matemática para o Enem

Clique aqui e confira algumas dicas importantes sobre a prova de Matemática do Enem e que podem te ajudar a chegar mais perto de um bom resultado.

Temas de matemática que mais caem no Enem

Clique aqui e conheça quais são os temas que mais caem na prova de matemática do Enem. Veja também quais são os conteúdos que merecem uma maior dedicação!

Cinco conteúdos de Matemática para ter sucesso no Enem

Obtenha sucesso no Enem conferindo os cinco conteúdos de Matemática mais recorrentes no exame!

Quatro conteúdos básicos de Matemática para o Enem

Veja os quatro conteúdos básicos que certamente cairão no Enem e confira indicações de estudo para não se dar mal no exame!

Três macetes matemáticos para o Enem

Clique para conhecer três macetes matemáticos que podem fazer a diferença no Enem!