Dicas de química para o Enem

A disciplina de química, apesar de parecer para muitos alunos abstrata quando se estuda sua teoria, nada mais é que a explicação a nível molecular e atômico de fenômenos da nossa vivência, ao fazer-se essa relação tanto associativa quanto experimental, o conteúdo fica menos assustador.

Outra questão que assusta os estudantes é a quantidade de tópicos a serem trabalhados, para resolver isso, nada melhor que:

  • planejamento e organização dos momentos de estudo
  • uso de livros
  • videoaulas
  • documentários
  • experimentação (quando possível)
  • mapas mentais
  • exercícios

Além disso, responder periodicamente a um simulado para testar os seus conhecimentos e, em seguida, fazer um mapeamento sobre quais conteúdos devem recebem mais atenção.

Leia também: Principais funções orgânicas abordadas no Enem  

Dicas de química para o Enem

O estudo de química para o Enem pode ser visto como algo complicado, mas existem meios de torná-lo mais simples.
O estudo de química para o Enem pode ser visto como algo complicado, mas existem meios de torná-lo mais simples.
  • Faça um plano de estudo

Planeje os seus momentos de estudo de acordo com o tempo que você tem até a prova, organize por data os tópicos a serem estudados. Em cada tópico planeje como será desenvolvido o assunto, se será um estudo teórico, se serão utilizados recursos didáticos, como videoaulas, filmes, experimentação etc.

  • Faça exercícios

Após o estudo teórico de cada tema, organize um tempo para praticar respondendo a exercícios sobre o assunto. Dê preferência a exercícios do Enem para já ir adaptando-se ao modelo das questões.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

  • Correlacione o conteúdo com o cotidiano

Uma das vantagens da disciplina de química é que a maioria dos tópicos pode ser relacionada com coisas da nossa vivência, o que ajuda muito na hora de memorizar. Exemplo: sublimação — transformação física da matéria na qual a substância vai diretamente do estado sólido ao vapor.

Veja também: Termoquímica no Enem

  • Memorize substâncias químicas famosas

Alguns compostos mais conhecidos, como bicarbonato de sódio (NaHCO₃), ácido sulfúrico (H2SO4), hidróxido de sódio (NaOH) e cloreto de sódio (NaCl), podem aparecer na prova sem a fórmula molecular, assim, ter memorizadas essas informações sobre os compostos e mais alguma coisa a respeito deles, como de que se trata a substância em questão e qual seu caráter (ácido, base), pode contribuir para resolver a questão.

Molécula de bicarbonato de sódio e sua fórmula molecular.
Molécula de bicarbonato de sódio e sua fórmula molecular.
  • Esteja atento às notícias

É recorrente que nas provas do Enem haja questões que relacionem notícias recentes com tópicos da disciplina, como a explosão com nitrato de amônio que aconteceu em Beirute, no Líbano, no ano de 2020. É provável que haja uma questão relacionada à descrição da reação química que resultou na explosão ou ao produto da reação que causou efeito catastrófico da explosão.

Fique atento às notícias! Sempre que ver algo nos noticiários, pense de forma crítica como o assunto pode ser cobrado na prova.

Imagem representativa da explosão de nitrato de amônio que aconteceu no porto de Beirute, no Líbano.
Imagem representativa da explosão de nitrato de amônio que aconteceu no porto de Beirute, no Líbano.
  • Escreva e desenhe

Na hora de estudar, sempre acompanhe as aulas ou leia artigos fazendo anotações, resumos, esquemas ou mapas mentais. Além de te ajudar a memorizar, ter esse material feito por você  ajuda muito também na hora da revisão.

  • Faça revisões

O acúmulo de conteúdo pode fazer seu cérebro descartar algumas informações ao longo do tempo, informações que não estão sendo usadas. Então, antes de iniciar um assunto novo, sempre faça uma revisão do que foi visto anteriormente.

  • Teste seus conhecimentos

Tenha em mãos simulados com uma seleção de exercícios de química de provas passadas do Enem. Teste seus conhecimentos, veja quantos por cento você conseguiu acertar e, com base nesse resultado, quanto você ainda tem que estudar. Pontue os conteúdos nos quais tem mais dificuldade, retome o assunto, faça aquela revisão caprichada, veja videoaulas com a resolução de exercícios semelhantes.

  • Questões de química no Enem

As questões do Enem costumam vir acompanhadas de um enunciado um tanto extenso, um texto que discorre sobre um composto ou uma reação. Para otimizar o tempo que você vai levar em cada questão, sempre faça a leitura anotando e organizando os dados principais.

Acesse também: Como estudar química para o Enem

Top 10 dos conteúdos que mais caem no Enem:

1 - Estequiometria e leis ponderais

2 - Termoquímica

3- Química orgânica: funções oxigenadas e nitrogenadas

4 - Estudo da matéria: substância, mistura, propriedades da matéria

5 - Radioatividade: partículas alfa, beta e gama, aplicações da radioatividade

6 - Bioquímica: proteínas, lipídios e aminoácidos

7 - Ligações químicas: covalente, iônica, metálica e covalente coordenada

8 - Eletroquímica

9 - Química ambiental: chuva ácida, poluentes ambientais, processos de reciclagem

10 - Isomeria

Por: Laysa Bernardes Marques de Araújo

Artigos relacionados

Como estudar química para o Enem

Clique aqui e saiba mais sobre quais técnicas podem ser usadas para otimizar o tempo, memorizar o conteúdo e estar preparado para fazer o Enem com êxito.

Termoquímica no Enem

Clique e torne sua preparação para o Enem ainda mais fácil com algumas dicas sobre como Termoquímica pode ser cobrada no exame!

Cinco tópicos fundamentais sobre radioatividade no Enem

Clique e confira cinco tópicos fundamentais sobre radioatividade que farão você acertar qualquer questão sobre esse assunto no Enem!

Principais funções orgânicas abordadas no Enem

Clique e conheça as características fundamentais das principais funções orgânicas abordadas no Enem!