Proteínas

Aminoácidos são moléculas orgânicas que possuem um carbono (carbono alfa) ligado a um átomo de hidrogênio; a uma carboxila, COOH; a um grupamento amina, NH2; e ao seu radical:


 

As proteínas são substâncias formadas por um número significativo de aminoácidos, unidos por ligações peptídicas, que se caracterizam por unir o grupo amina de um ao grupo carboxila de outro. Desta junção é liberada uma molécula de água, revelando que a formação de proteínas se trata de uma reação de síntese por desidratação.

São vinte os aminoácidos que formam as proteínas encontradas nos seres vivos. No entanto, oito não são produzidos pelo nosso corpo, sendo necessário que sejam obtidos por meio da alimentação. Eles são chamados de aminoácidos essenciais. A dupla “arroz e feijão”, tipicamente encontrada nos pratos brasileiros, possui todos eles.

Quando os aminoácidos que formam uma proteína estão dispostos em uma sequência linear, falamos que se trata da estrutura primária. Como existe uma relação de atração entre os átomos dispostos em uma sequência de aminoácidos, pode acontecer o enrolamento de um fragmento sobre si mesmo, tal como um fio de telefone: é a conformação da estrutura secundária.

Quando esse enovelado dobra sobre si mesmo, também devido a relações de atração e repulsão entre os componentes da proteína, forma-se a estrutura terciária. Finalmente, quando visualizamos uma proteína resultante da união entre duas ou mais cadeias polipeptídicas, falamos em estrutura quartenária.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Proteínas podem ser simples, quando constituídas somente por aminoácidos; ou conjugadas, quando associadas a outras substâncias não proteicas. Neste caso, estas últimas constituem o grupamento prostético. Elas exercem diversas funções nos seres vivos, a começar pela sua presença no citoesqueleto, citoplasma e membrana celulares. Além disso, um tipo especial de proteínas, a enzima, é responsável pela agilidade de diversas reações químicas vitais. Outros tipos de proteínas são os anticorpos (muito importantes no processo de defesa a agentes estranhos) e os hormônios (como a insulina).

Algumas condições ambientais mais extremas permitem com que as proteínas tenham sua estrutura modificada, muitas vezes dificultando o exercício normal de suas funções.  São algumas delas: calor, temperatura, acidez e concentração de sais. O cozimento do ovo, por exemplo, está relacionado a este processo, denominado desnaturação: a albumina é um tipo de proteína que forma a clara do ovo; ela, ao passar por processo de cozimento, torna-se mais firme e com cor leitosa, sendo este um processo irreversível.

A clara do ovo é formada por uma proteína chamada albumina.

A clara do ovo é formada por uma proteína chamada albumina.

Por: Mariana Araguaia

Artigos relacionados

Retículo endoplasmático

Há dois tipos de retículo endoplasmático. Os dois são essenciais para o bom funcionamento da célula.

Carboidratos

Como os carboidratos participam de reações e estruturas em nosso organismo.

Tradução

Compreenda mais sobre a tradução, o processo de síntese de proteínas.

Genes

Saiba mais sobre os genes, porções de DNA que carregam as informações necessárias para a síntese de proteínas em nosso corpo.

Arroz com feijão, uma perfeita combinação

Você sabia que o arroz com feijão é uma combinação nutricionalmente perfeita? Clique aqui e descubra o motivo.

Lipídios

Lipídios, categoria de compostos, função dos lipídios, característica dos lipídios, os principais grupos de lipídios, os triglicérides, os fosfolipídios, os cerídeos, os esteróides, classificação dos ácidos graxos, o excesso de esteróides.

Aminoácidos

Os aminoácidos são classificados como compostos anfóteros.

Aminoácidos

Informações sobre as moléculas que formam as proteínas.