Regência nominal

Regência nominal está associada à relação sintática entre o nome e seus complementos. Assim, o regente (nome) se liga aos regidos (complementos) por meio de uma preposição.

Regência nominal consiste na ligação de um nome e seus complementos de forma adequada.
Regência nominal consiste na ligação de um nome e seus complementos de forma adequada.

Regência nominal é como classificamos o mecanismo de ligação entre o nome e seus complementos. Desse modo, um nome (regente) é ligado a seus complementos (regidos) por algum tipo de preposição. Já a regência verbal está associada à ligação entre o verbo e seus complementos.

Leia também: Vícios de linguagem – usos linguísticos comuns que não seguem a norma-padrão

Resumo sobre regência nominal

  • Regência nominal é a relação sintática entre o nome (substantivo, adjetivo ou advérbio) e seus complementos.

  • Nessa relação, o nome é o termo regente; já os complementos são os termos regidos.

  • Regência verbal é a relação sintática entre o verbo e seus complementos.

Videoaula sobre regência nominal

O que é regência nominal?

Regência nominal é uma relação sintática caracterizada pela presença de uma preposição (ou locução prepositiva) que liga determinado nome a seus complementos. Quando nos referimos a “nome”, estamos falando de:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Como ocorre a regência nominal?

A regência nominal está relacionada ao tipo de preposição (ou locução prepositiva) que liga o termo regente (substantivo, adjetivo ou advérbio) aos termos regidos (complementos nominais):

1. A união entre os dois foi condenada pela família.

  • Termo regente: o substantivo “união”

  • Preposição: “entre”

  • Termo regido: “dois”

2. O espetáculo é acessível a todos.

  • Termo regente: o adjetivo “acessível”

  • Preposição: “a”

  • Termo regido: “todos”

3. Independentemente de suas escolhas, sempre te apoiarei.

  • Termo regente: o advérbio “independentemente”

  • Preposição: “de”

  • Termo regido: “escolhas”

Leia também: Dicas de Gramática para o Enem

Exemplos de regência nominal

Nome

Preposição

Exemplo

Acostumado

a, com

Estou acostumado ao sofrimento.

Estou acostumado com o sofrimento.

Afável

com, para com

Foi afável com Renata.

Foi afável para com Renata.

Aflito

com, por

Estava aflito com a situação.

Estava aflito pela situação.

Aliado

a, com

Estava aliada ao político corrupto.

Estava aliada com o político corrupto.

Análogo

a

Esse filme é análogo àquele outro.

Apto

a, para

Ela está apta ao emprego.

Ela está apta para o emprego.

Aversão

a, para, por

Tenho aversão a ele.

Tenho aversão para ele.

Tenho aversão por ele.

Compaixão

de, para com, por

Sinto compaixão dela.

Sinto compaixão para com ela.

Sinto compaixão por ela.

Concomitantemente

com

O nascimento do filho ocorreu concomitantemente com a morte do pai.

Constituído

com, de, por

O ensaio é constituído com três partes.

O ensaio é constituído de três partes.

O ensaio é constituído por três partes.

Consulta

a

Fizeram uma consulta ao médico da família.

Contrário

a

Sou contrário a qualquer injustiça.

Dúvida

acerca de, de, em, sobre

Tenho dúvida acerca dessa matéria.

Tenho dúvida dessa matéria.

Tenho dúvida nessa matéria.

Tenho dúvida sobre essa matéria.

Favoravelmente

a

A juíza decidiu favoravelmente ao réu.

Longe

de

Fique longe de mim.

Morador

em

Era morador na rua 9.

Nocivo

a

O consumismo é nocivo à arte.

Passível

de

Essa atitude é passível de punição.

Perto

de

Chegou muito perto da felicidade.

Preferência

a, por

Demonstrou sua preferência à filha menor.

Demonstrou sua preferência pela filha menor.

Próximo

a, de

Jurandir está próximo ao bandido.

Jurandir está próximo do bandido.

Situado

em

A casa está situada em Botafogo.

Solidário

com

O menino foi solidário com o estranho.

Vizinho

a, com, de

Refiro-me à casa vizinha ao supermercado.

Refiro-me à casa vizinha com o supermercado.

Refiro-me à casa vizinha do supermercado.

Diferenças entre regência nominal e verbal

Como mencionado, a regência nominal se refere à relação entre o nome e seus complementos, e está associada ao tipo de preposição (ou locução prepositiva) que liga o termo regente (substantivo, adjetivo ou advérbio) aos termos regidos (complementos nominais).

a regência verbal se refere à relação entre o verbo e seus complementos, e está associada ao tipo de preposição (ou sua ausência) que liga o termo regente (verbo) aos termos regidos (complementos verbais).

Vejamos estes exemplos:

  • Ele aspirou o perfume da rosa. (aspirar = absorver)

  • Ele aspirou ao emprego. (aspirar = desejar)

  • O médico assistiu o paciente. (assistir = prestar assistência)

  • A médica assistiu à cirurgia. (assistir = presenciar)

Assim, o verbo “aspirar” não exige preposição, no sentido de absorver; mas exige preposição quando é equivalente a “desejar”. Já o verbo “assistir” não requer preposição, se significa prestar assistência; porém, requer preposição quando significa o mesmo que presenciar.

  • Videoaula sobre regência verbal

Exercícios resolvidos sobre regência nominal

Questão 1 - Qual dos termos abaixo apresenta a mesma regência da palavra “análogo”?

A) Afável

B) Benéfico

C) Capaz

D) Diferente

E) Impróprio

Resolução

Alternativa B. A palavra “benéfico” tem a mesma regência de “análogo”, ou seja, é seguida da preposição “a”. Portanto, algo é “análogo a” ou “benéfico a”. Os demais termos possuem as seguintes regências: “afável com, para com”, “capaz de, para”, “diferente de”, “impróprio para”.

Questão 2 - Os advérbios terminados em “-mente” possuem a mesma regência dos adjetivos de que se originam. Sabendo disso, aponte a alternativa que apresenta um advérbio seguido pela preposição “para”.

A) Compativelmente

B) Impropriamente

C) Preferivelmente

D) Relativamente

E) Semelhantemente

Resolução

Alternativa B. O advérbio “impropriamente” exige a preposição “para”, isto é, “impropriamente para”. Os demais advérbios possuem as seguintes regências: “compativelmente com”, “preferivelmente a”, “relativamente a”, “semelhantemente a”.

Questão 3 - Analise os enunciados a seguir e marque a alternativa que apresenta incorreção no que se refere à regência nominal ou verbal.

A) Não é possível estar alheio para os acontecimentos políticos o tempo todo.

B) Devemos obediência aos mais velhos e, portanto, mais experientes do que nós.

C) Devemos obedecer aos mais velhos e, portanto, mais experientes do que nós.

D) Essa atitude não é compatível com uma pessoa educada, sensível e inteligente.

E) Chegou ao supermercado e percebeu que tinha esquecido a lista de compras.

Resolução

Alternativa A. O adjetivo “alheio” exige a preposição “a” ou “de”. Portanto: “alheio a” ou “alheio de”.  

Por: Warley Souza

Artigos relacionados

Adjetivos

Aprenda mais sobre os adjetivos, sua função e seus tipos. Descubra como essa classe pode sofrer alterações em sua estrutura e algumas classificações específicas.

Advérbio

Saiba o que é advérbio e locução adverbial e aprenda quais as suas funções. Conheça a classificação e flexão de grau que alguns advérbios podem sofrer.

Competências da escrita

Conheça a importância de se desenvolver as competências da escrita clicando aqui.

Complemento nominal

O complemento nominal se caracteriza como o termo que complementa o sentido de nomes. Conheça aqui as características que demarcam esse elemento linguístico!

Concordância Nominal

Como acontece a concordância nominal quando o adjetivo se refere a dois substantivos? E quando há dois adjetivos e um substantivo?

Concordância verbal

Por dentro da Gramática: Conheça a silepse, fenômeno encontrado em casos especiais de concordância verbal.

Importância da revisão textual

A importância da revisão textual representa um conhecimento destinado ao emissor, no intuito de colocar em prática suas habilidades requisitadas mediante a linguagem escrita.

Locuções prepositivas

Atenha-se a alguns aspectos que a elas se relacionam!

Morfossintaxe

A morfossintaxe compreende o estudo das análises morfológica e sintática, ao mesmo tempo. Certifique-se de mais informações ao clicar aqui!

Regência Verbal

A regência verbal, assim como os demais fatos linguísticos, é bastante importante na construção de nossos discursos. Atenha-se a alguns detalhes aqui!

Substantivo

Aprenda mais sobre o substantivo e suas classificações. Veja como funcionam suas variações de gênero, número e grau. Resolva os exercícios sobre o tema.