Cidade de São Paulo

A cidade de São Paulo é a principal cidade do Brasil. Ela é a que apresenta a maior produção econômica e a maior população dentre os demais municípios brasileiros. A sua história está vinculada à colonização do território do Brasil pelos portugueses, que fundaram a vila que deu início ao povoamento da atual capital do estado de São Paulo. Na atualidade, a cidade possui uma economia forte e diversificada, uma população formada por muitos imigrantes e uma infraestrutura urbana avançada.

A geografia de São Paulo é caracterizada pelo clima subtropical e pela predominância da vegetação de Mata Atlântica. A cultura é um aspecto importante no cotidiano do paulistano, sendo bastante incentivada pelo governo local. A cidade oferece para seus habitantes vários equipamentos culturais, como museus, cinemas e bibliotecas. Além disso, conta com uma boa oferta de parques públicos, que são aproveitados pela população para a prática de esportes, como o futebol.

Leia também: Qual é a hierarquia das cidades?

Dados gerais da Cidade de São Paulo

  • Gentílico: paulistano.

  • Localização: Região Sudeste.

  • País: Brasil.

  • Unidade federativa: São Paulo.

  • Região metropolitana: Caieiras, Cajamar, Francisco Morato, Franco da Rocha, Mairiporã, Arujá, Biritiba-Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis, Santa Isabel, Suzano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Cotia, Embu das Artes, Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, Juquitiba, São Lourenço da Serra, Taboão da Serra, Vargem Grande Paulista, Barueri, Carapicuíba, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus e Santana de Parnaíba.

  • Municípios limítrofes: Juquitiba, Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, Embu das Artes, Taboão da Serra, Cotia, Osasco, Barueri, Santana de Parnaíba, Cajamar, Caieiras, Mairiporã, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Poá, Ferraz de Vasconcelos, Mauá, Santo André, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo, Diadema, São Vicente e Itanhaém.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características geográficas da cidade de São Paulo

  • Área total: 1.521.110 quilômetros quadrados.

  • População total: 12.325.232 habitantes.

  • Densidade demográfica: 7.398 habitantes/quilômetro quadrado.

  • Clima: subtropical úmido.

  • Altitude média: 772 metros.

  • Fuso horário: UTC-3.

  • Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): 0,805 (muito alto).

  • Produto Interno Bruto (PIB): R$714,6 bilhões de reais.

  • PIB per capita: R$58.691,90 reais.

  • Fundação: 25 de janeiro de 1554.

História da cidade de São Paulo

O povoamento da cidade de São Paulo começou em meados de 1553, com a incursão de padres jesuítas, como Manoel da Nóbrega e José de Anchieta, na região da Serra do Mar, a partir do município litorâneo de São Vicente. Nesse período, a ocupação portuguesa no Brasil começava a avançar para o interior e os padres cumpriam o papel de catequizar as populações indígenas. Os religiosos se instalaram em um planalto, entre os rios Anhangabaú e Tamanduateí, e ali foi fundado um pequeno povoado, que recebeu o nome de São Paulo de Piratininga.

Praça Pátio do Colégio é o marco do início do povoamento da cidade de São Paulo.
Praça Pátio do Colégio é o marco do início do povoamento da cidade de São Paulo.

Em 1815, a já então cidade foi oficializada como a capital da antiga província de São Paulo. A partir desse momento, a cidade começou a crescer em maior escala, tornando-se um importante centro político e intelectual do país. No final do século XIX, o desenvolvimento urbano já era notório, com destaque para o aumento da população imigrante, que se deslocou para a cidade em busca de melhores condições de vida.

Além disso, o início do século XX marcou a ascensão do café como um importante produto para a economia brasileira — São Paulo despontou como o principal centro de comercialização de grãos. Desse modo, para além do destaque político e educacional, a cidade tornou-se o mais importante centro econômico do país.

Ao longo do século XX, importantes acontecimentos históricos e econômicos tiveram a cidade como cenário. Na esfera política, a Revolução Constitucionalista de 1932, por exemplo, marcou as adversidades entre as esferas federal e estadual. Já no âmbito econômico, São Paulo foi precursora do desenvolvimento da industrialização no país. Por sua vez, em termos populacionais, São Paulo se tornou a cidade mais populosa do Brasil, com destaque para o recebimento de um grande fluxo de imigrantes, em especial do Nordeste brasileiro.

Na atualidade, a cidade de São Paulo conta com cerca de 12 milhões de habitantes, sendo o centro econômico e financeiro do país. Oferece uma ampla gama de produtos e serviços para a sua população e é considerada uma cidade global, ou seja, a sua área de influência vai além das fronteiras nacionais. Porém, o crescimento exacerbado provocou um grande desequilíbrio ecológico, que se refletiu em recorrentes desastres naturais, como alagamentos e desbarrancamentos. Além disso, a ausência de políticas públicas e a presente desigualdade social contribuíram para o aumento da violência e de práticas ilícitas.

Veja também: O que é gentrificação?

Geografia da cidade de São Paulo

A cidade de São Paulo está localizada na Região Sudeste do Brasil, na porção centro-sul do país, mais precisamente no estado de São Paulo. Está situada em uma região de planalto, com relevo acentuado em alguns pontos, sendo a altitude média do município 772 metros. O ponto mais alto é o Pico do Jaraguá, com 1.135 metros de altitude.

A sua geografia é marcada por clima subtropical úmido, com estações bem definidas, sendo o verão quente e úmido e o inverno frio e seco. Os principais rios da cidade de São Paulo são o Tamanduateí e o Pinheiros, além do Tietê. Além disso, a cidade conta com duas represas artificiais, Billings e Guarapiranga.

A cidade de São Paulo possui vários remanescentes de Mata Atlântica, como os situados ao redor do Pico do Jaraguá. [1]
A cidade de São Paulo possui vários remanescentes de Mata Atlântica, como os situados ao redor do Pico do Jaraguá. [1]

A vegetação da cidade é de Mata Atlântica. Essa é a cobertura vegetal mais devastada do país, em razão da intensa ocupação humana ao longo do tempo. Na cidade de São Paulo, ainda existem pequenos fragmentos de mata, com destaque para as porções norte e sul da cidade. Na zona norte, inclusive, fica situada a segunda maior floresta urbana do mundo, localizada no Parque Estadual da Cantareira. São espécies vegetais típicas da cidade de São Paulo os ipês, cambucis e embaúbas. Com relação aos animais, destacam-se os pequenos pássaros, gaviões e capivaras.

Mapa da Cidade de São Paulo

Demografia da cidade de São Paulo

A cidade de São Paulo é a mais populosa do Brasil, com cerca de 12.325.232 habitantes, conforme dados de 2020. A quase totalidade da população paulista é urbana e está distribuída em 32 regiões administrativas. A formação da população local foi amplamente influenciada pela migração. Em âmbito nacional, a maior parte dos imigrantes veio da Região Nordeste do Brasil. Já em âmbito internacional, a cidade de São Paulo recebeu imigrantes de várias nacionalidades, com destaque para portugueses, italianos, japoneses, coreanos, sírios e libaneses.

Acesse também: O que é população relativa e o que é população absoluta?

Economia da cidade de São Paulo

A cidade de São Paulo é responsável pela maior geração de riqueza dentre os municípios brasileiros. Apesar de ter um setor primário quase inexistente, a cidade possui um forte setor secundário e um destacado setor terciário, calcado no oferecimento de diferentes serviços em nível internacional.

O setor secundário da economia paulista, formado pela indústria e pela construção civil, é muito dinâmico. Ao longo da última década, muitas indústrias emigraram da capital para a região metropolitana e interior, mas a cidade de São Paulo ainda possui destaque na fabricação de produtos plásticos, gêneros alimentícios e vestuário.

Já o setor terciário é composto por uma ampla rede de comércio varejista, assim como por diferentes serviços, como nas áreas de saúde e educação. Além disso, o setor público e também o financeiro são importantes geradores de renda na cidade. Nos últimos anos, o turismo tem crescido muito, em razão das atrações históricas e culturais existentes no município.

Governo da cidade de São Paulo

O Poder Executivo da cidade é composto pelos cargos de prefeito e vice-prefeito, além da equipe de secretários e demais funcionários da esfera pública executiva. Já o Poder Legislativo é formado por 55 vereadores, que, assim como os cargos do Executivo, são eleitos pela população para um mandato de quatro anos. Nos últimos anos, tem crescido na cidade a representação política de grupos minoritários, como mulheres e negros.

Infraestrutura da cidade de São Paulo

Em razão da sua dimensão, assim como da sua importância política e econômica, a cidade de São Paulo desfruta de uma infraestrutura avançada. Na área de transportes, conta com importantes aeroportos, rede de ruas e avenidas e, ainda, oferta de trens e metrô. O abastecimento de água é realizado por meio de reservatórios artificias e é praticamente universalizado, assim como o de energia elétrica.

A cidade ainda conta com uma ampla rede pública de saúde e educação para atender os seus habitantes. Porém, mesmo com o desenvolvimento econômico, ainda apresenta problemas em questões como planejamento urbano, acesso à habitação e mobilidade.

A cidade de São Paulo, apesar da infraestrutura avançada, apresenta vários problemas urbanos, como as habitações irregulares.
A cidade de São Paulo, apesar da infraestrutura avançada, apresenta vários problemas urbanos, como as habitações irregulares.

Cultura da cidade de São Paulo

A cidade de São Paulo é um dos centros culturais do Brasil. Os movimentos e manifestações artísticos na cidade são muito ativos, e o mercado da cultura é um setor de destaque na economia da cidade. São equipamentos culturais locais de importância:

  • o Teatro Municipal de São Paulo;

  • o Museu de Arte de São Paulo;

  • o Museu do Ipiranga;

  • o Museu da Língua Portuguesa.

Além desses, São Paulo conta com muitos centros de realização de shows e eventos, assim como bibliotecas, salas de exposição e outros espaços de divulgação de cultura. A cidade possui ainda importantes empresas do setor de jornalismo e mídias digitais.

A culinária e os hábitos da população local foram fortemente influenciados pela presença de imigrantes na cidade. O hábito de frequentar parques e áreas verdes é um costume do paulistano. As atividades ao ar livre são muito valorizadas, assim como as práticas esportivas. O futebol é o esporte de destaque da cidade, que conta com importantes clubes futebolísticos.

Crédito da imagem

[1] Deni Williams / Shutterstock

Por: Mateus Campos

Artigos relacionados

Cidades globais

Cidades globais, O que são cidades globais, Quais são as cidades globais, As características das cidades globais, Quais são os grupos das cidades globais.

Fortaleza

Conheça aspectos gerais de Fortaleza. Aprenda sobre a geografia e a história de Fortaleza. Entenda a economia e a cultura de Fortaleza.

Hierarquia das cidades

Conheça a hierarquia das cidades, desde as cidades locais às globais.

Macapá

Conheça aspectos gerais de Macapá. Aprenda sobre a geografia e a história de Macapá. Entenda a economia e a cultura de Macapá.

Maceió

Conheça aspectos gerais de Maceió. Aprenda sobre a geografia e a história de Maceió. Entenda a economia e a cultura de Maceió.

Megalópoles e Megacidades

Você sabe o que são megalópoles e megacidades, bem como a diferença entre esses termos? Confira o significado e alguns exemplos no Brasil e no mundo!

Metropolização

O que é metropolização e quais as suas consequências e características? Leia e entenda!

Metrópoles e áreas metropolitanas

Entenda o que são as metrópoles e o papel que elas possuem no sistema capitalista global da atualidade.

Rio Branco

Conheça aspectos gerais de Rio Branco. Aprenda sobre a geografia e a história de Rio Branco. Entenda a economia e a cultura de Rio Branco.