Força dos ácidos

A força dos ácidos inorgânicos é medida de acordo com o grau de ionização (α) deles em solução aquosa. Esse grau de ionização (α) é medido experimentalmente e pode ser obtido pela relação entre a quantidade de moléculas que se ionizaram e a quantidade total de moléculas que foram dissolvidas:

Fórmula do grau de ionização

Esse valor pode variar de 0 a 1 e também pode ser expresso em porcentagem, variando de 05 a 100%. Se o valor do grau de ionização for maior que 50%, o ácido é considerado um ácido forte, se for menor que 5%, será um ácido fraco; mas, se for maior que 5% e menor que 50%, é um ácido moderado, também chamado de ácido semiforte.

A força dos ácidos é dada pelo grau de ionização

Por exemplo, se dissolvermos 1000 moléculas de ácido clorídrico (HCl) e 920 se ionizarem, isso quer dizer que o grau de ionização desse ácido é igual a 92%, como mostrado no cálculo abaixo. Portanto, ele é um ácido forte.

α = 920  = 0,92 . 100% = 92%
      1000

A seguir, temos exemplos de ácidos fortes, moderados e fracos:

Exemplos de ácidos fortes, moderados e fracos

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quanto maior for o grau de ionização, maior será a condutibilidade elétrica, pois o ácido possuirá mais íons dissolvidos na solução.

É importante ressaltar que a força de um ácido não é medida pelo número de hidrogênios ionizáveis, ou seja, aqueles hidrogênios do ácido que estiverem ligados a outro átomo ou grupo de átomos que forem mais eletronegativos que ele. No caso dos hidrácidos, todos os hidrogênios são ionizáveis, já no caso dos oxiácidos, serão ionizáveis somente os hidrogênios ligados ao oxigênio.

Por exemplo, o HCl possui apenas um hidrogênio ionizável:

1 HCl(aq) + 1 H2O(?) 1 H3O+(aq)+ 1 Cl-(aq)

Já o ácido bórico H3BO3 possui três hidrogênios ionizáveis:

1 H3BO3 (aq) + 3 H2O(?) 3 H3O+(aq)+ 1 BO33-(aq)

Apesar de possuir só um hidrogênio ionizável, o ácido clorídrico forma com a água um ácido forte e corrosivo. No caso do ácido bórico, apesar de ele liberar três hidrogênios ionizáveis, ele forma com a água um ácido fraco.

Portanto, para sabermos se um ácido é forte ou fraco, temos que olhar mesmo a relação entre as moléculas dissolvidas e as ionizadas.





Videoaula relacionada:

A força de um ácido é medida experimentalmente

A força de um ácido é medida experimentalmente

Por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça

Artigos relacionados

Caráter dos sais

Clique e aprenda a determinar o caráter (ácido, básico ou neutro) dos sais!

Classificação dos ácidos

Ácido é toda substância que se ioniza em presença de água e origina íons H+.

Cálculo do pH de uma solução

Clique e aprenda de forma prática a aplicar as fórmulas e realizar o cálculo do pH de uma solução.

Cálculos envolvendo a lei de diluição de Ostwald

Saiba como devem ser realizados os cálculos envolvendo a lei de diluição de Ostwald. Aprenda ainda a determinar o grau de ionização, a concentração molar e a constante de ionização relacionadas a um eletrólito, principalmente ácido ou básico, em uma determinada solução. Clique aqui e saiba mais sobre esse tema!

Diferença entre Dissociação Iônica e Ionização

A diferença entre dissociação e ionização é que a dissociação separa íons que já existiam e a ionização forma novos íons.

Equações de ionização dos ácidos

Aprenda a realizar a montagem das equações de ionização dos ácidos e a determinar os ânions e hidrônios produzidos.

Equilíbrio iônico

Entenda o que caracteriza um equilíbrio iônico e como é determinada a constante de ionização de ácidos e bases.

Força das bases

Conheça as formas de determinar a força das bases por meio da fórmula química, da nomenclatura ou do grau de dissociação iônico dessas substâncias.

Grau de dissociação das bases

Conheça o que é o grau de dissociação de uma base e aprenda de que forma esse dado percentual iônico deve ser calculado. Essa variável matemática indica a quantidade de íons liberados pela base durante uma dissociação. Saiba ainda como podemos determinar se uma base é forte ou fraca a partir desse cálculo.

Indicadores ácido-base

Descubra como são usados os indicadores ácido-base artificiais e naturais para se determinar a acidez e a basicidade de uma solução.

Introdução às Funções Inorgânicas

Entenda como foi feita a divisão das substâncias em grupos ou funções inorgânicas, que são quatro: ácidos, sais, bases e óxidos.

Ionização

Entenda melhor como acontecem os fenômenos de ionização, que ocorrem em soluções químicas que conduzem eletricidade.

Nomenclatura de ácidos

A regra de nomenclatura de ácidos é diferente para hidrácidos (ácidos que não contêm oxigênio) e oxiácidos (contêm oxigênio).

Reações de dupla troca entre sal e ácido

Saiba mais sobre as reações de dupla troca entre sal e ácido e quais são as formas de perceber que essa reação está ocorrendo!

Substâncias Inorgânicas e Orgânicas

Entenda o que diferencia as substâncias inorgânicas e orgânicas.

Teoria de Dissociação Iônica de Arrhenius

Conheça a Teoria de Dissociação Iônica de Arrhenius que lhe rendeu o Prêmio Nobel em 1903 e que explica porque algumas soluções conduzem eletricidade e outras não.

Ácido Clorídrico

Conheça as propriedades químicas e físicas do ácido clorídrico e as suas principais aplicações

Ácido Sulfúrico

Conheça as principais propriedades e aplicações do ácido sulfúrico, cujo consumo per capita é considerado um indicador do desenvolvimento técnico de um país.

Ácidos

Conheça alguns tipos de ácidos.

Ácidos mais importantes

Clique aqui e conheça a utilização de alguns ácidos presentes em nosso cotidiano!