Nova Zelândia

A Nova Zelândia é um país desenvolvido localizado na Oceania, continente banhado pelo Oceano Pacífico e caracterizado por grande quantidade de ilhas. Possui características geográficas diversas devido ao seu isolamento e, ainda, as recorrentes atividades vulcânicas e sísmicas que ocorrem no seu território. O país foi colonizado pelos europeus, mas a presença dos maoris, população nativa, ainda é culturalmente muito forte.

Os neozelandeses possuem uma elevada qualidade de vida. A população local é predominantemente adulta e urbana. A economia é diversificada, com destaque para o elevado emprego de tecnologias nas atividades primárias. A infraestrutura é típica de países altamente desenvolvidos, sendo a Nova Zelândia reconhecida por seus governos de cunho progressista. A prática de esportes de aventura faz parte da cultural local, e o país é famoso pelo seu time de rugby.

Leia também: Como se calcula a densidade demográfica?

Dados gerais da Nova Zelândia

  • Nome oficial: Nova Zelândia

  • Gentílico: neozelandês

  • Extensão territorial: 268.838 quilômetros quadrados

  • Localização: sudoeste do Oceano Pacífico

  • Capital: Wellington

  • Clima: temperado oceânico

  • Governo: monarquia parlamentarista

  • Divisão administrativa: duas grandes ilhas (Norte e Sul) divididas em 16 regiões.

  • Idioma: inglês e maori

  • Religiões:

- 74,8% (cristianismo)

- 20,3% (sem religião)

- 3,5% (outras)

- 1,4% (ateísmo)

  • População: 4.886.000 habitantes

  • Densidade demográfica: 18 habitantes/quilômetro quadrado

  • Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): 0,917 (muito alto)

  • Moeda: Dólar neozelandês

  • Produto Interno Bruto: US$ 198,2 bilhões de dólares

  • PIB per capita: US$ 40.118 dólares

  • Gini: 36,2%

  • Fuso horário: UTC +13

  • Relações exteriores:

- Organização das Nações Unidas (ONU)

- Comunidade das Nações (Commonwealth)

- Cooperação Econômica Ásia e do Pacífico (APEC)

- Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN)

- Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE)

- Fórum das Ilhas do Pacífico

- Cinco Acordos de Força de Defesa

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Geografia da Nova Zelândia

A Nova Zelândia é um arquipélago formado por um conjunto de ilhas localizadas no sul do Oceano Pacífico, na porção sudeste da Austrália. Está localizada no continente Oceania. As duas principais ilhas são a Ilha do Norte e a Ilha do Sul. A geografia da Nova Zelândia é muita rica em razão do seu isolamento biogeográfico, com um alto número de espécies endêmicas, ou seja, que só existem naquela região.

Paisagem natural típica do interior da Nova Zelândia, marcada pela presença de lagos de água doce e de neve no topo das montanhas.
Paisagem natural típica do interior da Nova Zelândia, marcada pela presença de lagos de água doce e de neve no topo das montanhas.

O relevo da Nova Zelândia é diverso, mas predominantemente montanhoso, com a presença de cadeias de montanha, planaltos e área de planícies próximas do mar. A presença de vulcões também caracteriza o relevo do país. O clima é temperado, com temperaturas amenas e altas precipitações e a ocorrência de neve nas montanhas. O principal rio neozelandês é o Waikato.

Já a fauna é composta por muitas espécies endêmicas, com destaque para aves não voadoras, como o kiwi, símbolo do país. Já a flora é marcada por pinheiros. O processo de colonização britânico dizimou grande parte das florestas do país, diminuindo a quantidade de vegetação assim como da população de animais. Além disso, muitas espécies foram levadas pelos exploradores para as ilhas, sendo consideradas espécies invasoras e exóticas da biogeografia neozelandense.

Veja também: Como poupar os recursos naturais por meio do desenvolvimento sustentável?

História da Nova Zelândia

A Nova Zelândia começou a ser colonizada com a chegada James Cook, navegador britânico que aportou na ilha em 1769. O território já era habitado por sua população tradicional, os maoris, povos nativos da Polinésia que se adaptaram à geografia da ilha. A chegada dos colonizadores contribuiu diretamente para a quase dizimação da população maori, fosse pelo embate direto com os europeus, fosse, ainda, pela ocorrência de doenças adquiridas por meio do contato com eles.

Ao longo da ocupação britânica, houve muita resistência dos povos nativos, além do amplo desejo de independência do Império Britânico por parte dos colonos. A Nova Zelândia tem um histórico de ações progressistas, como a conquista do voto feminino já em 1893 e o incentivo à participação em sindicatos.

Esse ambiente fomentou a declaração da Nova Zelândia em um domínio independente dentro do Império Britânico e a sua total independência, alcançada em 1947. Desde então, o país busca valorizar suas origens com ações de reconhecimento da cultura maori e sua preservação.

Mapa da Nova Zelândia

Demografia da Nova Zelândia

A maior parte da população da Nova Zelândia é formada por descendentes dos colonizadores europeus. Há ainda uma minoria maori, população nativa do país que quase foi dizimada pelos britânicos durante o processo de ocupação da ilha. A população local é predominantemente urbana, sendo a cidade mais populosa do país Auckland, com mais de um milhão de habitantes.

A cidade de Auckland é a principal e a mais populosa da Nova Zelândia. [1]
A cidade de Auckland é a principal e a mais populosa da Nova Zelândia. [1]

A capital do país, Wellington, possui cerca de 400 mil habitantes. As cidades do país são reconhecidas pela excelente qualidade de vida da população. No mais, a demografia neozelandesa é caracterizada pela elevada expectativa de vida local, com o aumento do número da populosa idosa em conjunto com a diminuição da taxa de natalidade.

Acesse também: O que é o envelhecimento populacional?

Economia da Nova Zelândia

A Nova Zelândia é uma economia de mercado com um elevado nível de emprego e renda. O principal setor econômico da Nova Zelândia é o de serviços. O turismo gera muitas receitas para o país, assim como atividades bancárias e de informática. No entanto, historicamente, o setor agropecuário é muito tradicional, assim como o extrativismo e a pesca.

Os chamados setores primários utilizam alta tecnologia e contam com políticas protecionistas para o seu desenvolvimento. A mineração e a pesca produzem elevadas divisas para o país, sendo que os produtos são exportados para diferentes nações. Há ainda a produção de gêneros agrícolas típicos de clima temperado.

Infraestrutura da Nova Zelândia

A Nova Zelândia possui uma infraestrutura moderna, típica de países desenvolvidos. O sistema rodoviário e ferroviário é moderno, e o país conta com sete aeroportos internacionais. A ampla rede de escolas garante que quase o total da população seja alfabetizada, e o sistema de saúde possui ampla cobertura e é muito elogiado pela população local. As grandes cidades do país são reconhecidas internacionalmente pela oferta de serviços diversos assim como pela elevada qualidade de vida da sua população.

Governo da Nova Zelândia

O governo da Nova Zelândia é uma monarquia parlamentarista, formada por uma monarquia constitucional e uma democracia parlamentar. A rainha Elizabeth II é a chefe de Estado do país e é representada localmente pela figura de um governador-geral, sendo que ambos os cargos possuem poder limitado.

O responsável pela tomada de decisões é o primeiro-ministro, com o apoio do Parlamento do país. Já o poder Judiciário é representado pelo Supremo Tribunal da Nova Zelândia. A atual primeira-ministra do país é Jacinda Ardern, reconhecida internacionalmente por sua visão política progressista.

Bandeira da Nova Zelândia.
Bandeira da Nova Zelândia.

Cultura da Nova Zelândia

A cultura da Nova Zelândia é marcada por dois contrapontos: pelas influências dos povos tradicionais dos país, os maoris, e pelas influências trazidas pelos colonizadores britânicos. As duas línguas oficiais do país são o maori e o inglês, e a religião mais praticada é o cristianismo.

A natureza diversificada e, muitas vezes, adversa também impacta nos costumes locais, nas construções, na vestimenta e na culinária local. A Nova Zelândia é conhecida pela prática de esportes radiciais no seu território. Além disso, esportes de origem inglesa, como o futebol e o rugby, são amplamente praticados.

Crédito da imagem

[1] Sergey-73 / Shutterstock 

Por: Mateus Campos

Artigos relacionados

Papua Nova Guiné

Segundo maior país da Oceania em extensão territorial.

Ilhas Salomão

País formado por um conjunto de ilhas no Oceano Pacífico.

Tonga

Características geográficas desse país da Polinésia.

Austrália

Leia aqui um perfil detalhado da Austrália. Conheça os principais aspectos físicos, econômicos, políticos e culturais do maior país da Oceania.

Fiji

Conheça Fiji, pequeno país insular da Oceania. Saiba mais sobre as características geográficas que atraem muitos turistas para esse país e um pouco de sua história.