Brasil Colônia no Enem

Brasil Colônia, período em que o Brasil foi colonizado pelos portugueses (1500-1822), tem sido cobrado no Enem por meio de questões sobre a sociedade e os conflitos coloniais.

Ouro Preto surgiu no período em que o Brasil era colônia portuguesa, no século XVIII, quando a mineração era a principal atividade econômica.
Ouro Preto surgiu no período em que o Brasil era colônia portuguesa, no século XVIII, quando a mineração era a principal atividade econômica.

O Brasil Colônia é um tema frequentemente cobrado no Enem, nas questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias. Esse período compreendeu a colonização do Brasil, realizada por Portugal entre 1500, quando os portugueses desembarcaram em terras brasileiras, até 1822, logo após a independência do Brasil.

Nesse período, os portugueses organizaram a administração da colônia de acordo com as experiências adquiridas em outras regiões por eles dominadas, como a ilha da Madeira. Por conta do Pacto Colonial, os portugueses tinham a exclusividade sobre a exploração das riquezas do Brasil. A partir do século XVIII, as revoltas nas províncias demonstraram o incômodo dos brasileiros com a presença portuguesa, o que desencadeou o processo que garantiu a emancipação do Brasil.

Veja também: Temas de História que mais caem no Enem 

Resumo sobre Brasil Colônia no Enem

  • O Brasil Colônia foi um período entre 1500 e 1822, quando os portugueses dominaram e exploraram as terras brasileiras.
  • No Enem, as questões sobre esse período envolvem temas como as relações entre os povos formadores do Brasil, as revoltas e os conflitos sociais.
  • As questões do exame abordam também as desigualdades sociais já presentes no Brasil enquanto colônia portuguesa.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Como o Brasil Colônia é cobrado no Enem?

O Brasil Colônia é cobrado no Enem, com alguma frequência, abordando temas como:

  • Escravidão

As questões do Enem que se referem ao período em que o Brasil foi colônia de Portugal, com grande frequência, tratam sobre a escravidão, que foi uma realidade brasileira desde a chegada de Pedro Álvares Cabral, em 1500. Os portugueses queriam escravizar os indígenas que habitavam o território, mas tiveram dificuldades ao enfrentar tanto a resistência indígena como a oposição dos padres jesuítas, que queriam catequizar os primeiros habitantes do Brasil.

Com o fracasso na tentativa de escravizar os índios, Portugal trouxe a mão de obra negra oriunda da África. Com o sucesso dos engenhos de cana-de-açúcar no Nordeste, aumentou-se a escravidão africana no Brasil, o que ampliou a margem de lucro dos traficantes de escravizados. Quando se descobriu as primeiras minas de ouro, essa mão de obra foi levada do Nordeste para o centro-sul do país, para trabalhar compulsoriamente na exploração do ouro no Brasil.

  • Bandeiras e mineração

O período da mineração é recorrente nas questões do Enem ligadas ao Brasil Colônia. Os bandeirantes adentraram no sertão brasileiro em busca de índios para serem escravizados e de metais preciosos. Com o descobrimento das primeiras minas de ouro, o centro-sul do Brasil foi povoado, surgindo as primeiras vilas e o comércio interno.

A descoberta das minas despertou o interesse da Coroa portuguesa de explorar e controlar essa região. Ao ampliar a sua presença no Brasil, os portugueses se tornaram empecilhos para o desenvolvimento brasileiro, dando início às primeiras revoltas contra o domínio de Portugal.

  • Missões jesuíticas

A presença e a missão dos padres jesuítas que desembarcaram no Brasil, no século XVI, já foram cobradas em questões do Enem. Os religiosos iniciaram o trabalho de catequese com os índios e entraram em conflito com os colonizadores, que queriam usar os nativos como mão de obra escravizada.

Os jesuítas fugiram com os índios para o Sul da colônia, próximo à fronteira, onde estabeleceram as primeiras missões, aprofundaram o trabalho catequético e ensinaram aos índios o trabalho com a terra e sua colheita.

Veja também: Como estudar História para o Enem

    • Videoaula sobre Brasil Colônia no Enem: indígenas e jesuítas

O que foi o Brasil Colônia?

O Brasil Colônia foi o período compreendido entre os anos de 1500 até 1822, quando Portugal colonizou as terras brasileiras. Essa colonização começou de fato em 1530, logo após a crise do comércio com as especiarias, que era a atividade econômica preferida dos portugueses. Com isso, não restou alternativa a não ser iniciar a colonização da América portuguesa, efetivando a presença de Portugal e evitando qualquer ataque pirata de outras nações europeias.

Portugal instalou no Brasil duas formas de governo:

  • Capitanias gerais, cuja administração foi descentralizada em cada província; 
  • Governo geral, que centralizou o governo colonial em Salvador, primeira capital brasileira.

Com o sucesso da atividade açucareira, os portugueses lucraram bastante com o comércio desse produto, e os senhores de engenho exerceram seus domínios sobre o litoral.

O Pacto Colonial garantiu aos portugueses a exclusividade de explorarem o Brasil e serem os únicos a comercializar os produtos vindos daqui. Em razão disso, o açúcar, o ouro e qualquer outro produto só poderiam ser explorados por Portugal.

Com o desenvolvimento econômico brasileiro, começaram as revoltas separatistas, que exigiram a independência e a formação de um governo republicano. Contudo, Portugal e suas tropas conseguiram debelar essas revoltas e evitar a fragmentação do território brasileiro e o avanço das ideias republicanas.

A vinda da família real portuguesa para o Brasil, em 1808, iniciou o processo de independência brasileiro ao conceder ao país relativa autonomia com a sua elevação a Reino Unido de Portugal. A abertura dos portos às nações amigas diversificou a economia brasileira. A independência do Brasil foi proclamada em 7 de setembro de 1822, por d. Pedro I, às margens do riacho do Ipiranga, em São Paulo. O gesto significou o fim do domínio de Portugal sobre o Brasil, encerrando assim a colonização brasileira pelos portugueses.

Exercícios sobre o Brasil Colônia no Enem

Questão 1 - (Enem 2016) “O que ocorreu na Bahia de 1798, ao contrário das outras situações de contestação política na América Portuguesa, é que o projeto que lhe era subjacente não tocou somente na condição, ou no instrumento, da integração subordinada das colônias no império luso. Dessa feita, ao contrário do que se deu nas Minas Gerais (1789), a sedição avançou sobre a sua decorrência.”

JANCSÓ, I.; PIMENTA, J. P. Peças de um mosaico. In: MOTA, C. G. (Org.). Viagem incompleta: a experiência brasileira (1500-2000). São Paulo: Senac, 2000.

A diferença entre as sedições abordadas no texto encontrava-se na pretensão de

A) eliminar a hierarquia militar.

B) abolir a escravidão africana.

C) anular o domínio metropolitano.

D) suprimir a propriedade fundiária.

E) extinguir o absolutismo monárquico.

Resolução

Alternativa B. A Conjuração Baiana ou a Revolta dos Alfaiates foi uma revolta ocorrida na Bahia, em 1798, e tinha como uma das exigências a abolição da escravidão africana, a independência da Bahia e o aumento de salário para os soldados.

Questão 2 - (Enem) “Seguiam-se vinte criados custosamente vestidos e montados em soberbos cavalos; depois destes, marchava o Embaixador do Rei do Congo magnificamente ornado de seda azul para anunciar ao Senado que a vinda do Rei estava destinada para o dia dezesseis. Em resposta obteve repetidas vivas do povo que concorreu alegre e admirado de tanta grandeza.”

Coroação do Rei do Congo em Santo Amaro, Bahia apud DEL PRIORE, M. Festas e utopias no Brasil colonial. In: CATELLI JR., R. Um olhar sobre as festas populares brasileiras. São Paulo: Brasiliense, 1994 (adaptado).

Originária dos tempos coloniais, a festa da Coroação do Rei do Congo evidencia um processo de

A) exclusão social.

B) imposição religiosa.

C) acomodação política.

D) supressão simbólica.

E) ressignificação cultural.

Resolução

Alternativa E. Os africanos que foram forçados a vir para o Brasil trabalhar como escravos traziam consigo a cultura do seu lugar de origem bem como seus costumes e suas celebrações. No entanto, ao desembarcar em terras brasileiras, essa cultura africana era ressignificada ao adaptar seus ritos para o contexto brasileiro.

Por: Carlos César Higa

Artigos relacionados

Brasil Império nas questões do Enem

Saiba de que modo aparece o tema do Brasil Império nas questões do Enem e como se deve interpretá-las, de acordo com as competências exigidas no Exame.

Dicas de História para o Enem

Clique para acessar e ver dicas fundamentais para você estudar e entender história durante sua preparação para o Enem.

Ditadura Militar no Enem

Clique aqui e saiba mais detalhes sobre a Ditadura Militar. Entenda o que foi, saiba mais sobre o golpe de 64, e veja como esse assunto é cobrado no Enem.

Nova República no Enem

Clique no link para saber mais sobre o período da Nova República. Conheça detalhes desse período da história brasileira e saiba como ele pode ser cobrado no Enem.

Primeira República no Enem

Acesse o site e veja os temas mais cobrados no Enem relacionados à Primeira República. Conheça mais sobre esse período, seus conflitos e características.

Temas de história que mais caem no Enem

Acesse esse texto e veja temas fundamentais da disciplina de história, como Segunda Guerra Mundial e Era Vargas, e que caem com recorrência na prova do Enem.