Debaixo ou de baixo?

A palavra “debaixo” é um advérbio de lugar que indica a posição de algo. A expressão “de baixo” é usada em contextos que podem indicar uma posição ou uma qualidade.

As expressões “debaixo” e “de baixo” são usadas em contextos diferentes.
As expressões “debaixo” e “de baixo” são usadas em contextos diferentes.

Debaixo ou de baixo? A palavra “debaixo” é um advérbio de lugar, indicando a posição inferior de algo, sendo antônima de “em cima”. A expressão “de baixo” é composta de uma preposição e da palavra “baixo”, que pode ser um advérbio de lugar ou um adjetivo dependendo do contexto, podendo ser antônima de “de cima” ou “de alto” ou “de bom”. Ambas são expressões corretas, mas usadas em contextos diferentes e específicos, e também não podem ser confundidas com as expressões “embaixo” e “em baixo”.

Veja também: 5 dúvidas linguísticas muito comuns no cotidiano

Resumo sobre debaixo ou de baixo

  • A palavra “debaixo” é um advérbio de lugar que indica a posição inferior de algo. É sinônima de “abaixo”, “embaixo” e “sob”. É antônima da locução adverbial “em cima”.
  • A expressão “de baixo” é composta da preposição “de” e da palavra “baixo”, que pode ser classificada como advérbio de lugar ou como adjetivo, dependendo do contexto. É antônimo de “de cima” e “de alto”.
  • A palavra “debaixo” é sinônimo de “embaixo”, mas é usada em contextos mais específicos do que “embaixo”, mais abrangente.
  • A expressão “de baixo” não é sinônimo de “em baixo”, sendo cada uma usada em contextos diferentes.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Qual a diferença entre debaixo ou de baixo?

Tanto a palavra “debaixo” quanto a expressão “de baixo” existem na língua portuguesa, mas são usadas em contextos diferentes. Por isso, é importante entender suas diferenças:

  • Debaixo: é um advérbio de lugar.
  • De baixo: ocorre quando a preposição “de” antecede a palavra “baixo”, que pode ser classificada como adjetivo ou como advérbio de lugar dependendo do contexto.

A palavra “debaixo” indica a posição inferior de algo, oposta a “em cima de”. Veja:

Estou debaixo do meu teto.

Meu cachorro se esconde debaixo da mesa.

Coloquei o livro debaixo do caderno.

Já a expressão “de baixo” pode indicar também uma posição inferior, oposta à “de cima”, ou uma qualidade inferior, menor ou abaixo de algo. Veja:

Os livros de baixo são para estudar, e os de cima são para me divertir.

O terreno de baixo relevo é mais adequado para isso.

Quando se usa debaixo?

Por ser um advérbio de lugar, a palavra “debaixo” é usada para indicar especificamente a posição inferior de algo. É sinônima da preposição “sob” e do advérbio “embaixo”, podendo ser substituída por ambas em vários contextos, e é antônima de “em cima”.

Portanto, a palavra “debaixo” indica a condição de estar abaixo de algo. Metaforicamente, também tem o sentido de estar “sob” algo. Veja exemplos de seu uso:

Debaixo da ponte, há muitos moradores...
Sob a ponte, há muitos moradores...

Há um esconderijo debaixo dessa escada!
Há um esconderijo embaixo dessa escada!

Eu estava debaixo de muita pressão.
Eu estava sob muita pressão.

Debaixo de muita influência, ele tomou sua decisão.
Embaixo de muita influência, ele tomou sua decisão.

Leia também: Enfim ou em fim — qual utilizar?

Quando se usa de baixo?

A expressão “de baixo” é usada em dois contextos diferentes, dependendo da classificação da palavra “baixo”. A palavra “de” é uma preposição, e a palavra “baixo” pode ser usada como advérbio de lugar ou como adjetivo.

→ Preposição + advérbio de lugar

Quando a palavra “baixo” é usada como advérbio de lugar, a expressão “de baixo” indica a posição de algo. É escrita separada, pois a preposição “de” apenas liga o termo anterior ao advérbio “baixo”. Essa expressão pode ser sinônima de “que está embaixo” e faz oposição à “de cima”. Observe:

Qual chapéu você quer? Esse aqui?
Não. O de baixo./Não. O que está embaixo.
Não. O de cima.

Você precisa organizar o material de baixo para cima.
Você precisa organizar o material de cima para baixo.

As malas de baixo são as minhas.
As malas de cima são as minhas.

Note que, como “baixo” tem função de advérbio, ele é um termo invariável, ou seja, permanece sem alteração, seja para termos no singular ou no plural, seja para termos no masculino ou no feminino.

→ Preposição + adjetivo

Quando a palavra “baixo” é usada como adjetivo, assume aspecto caracterizador. Nesse caso, a preposição “de” está apenas ligando o adjetivo a outro termo no enunciado. Veja:

Esse produto de baixo reconhecimento não é muito divulgado.

Esse produto de baixa qualidade não é muito divulgado.

Uma ação de baixos índices não é indicada.

Do mesmo modo, é possível inverter a posição do substantivo alterado pelo adjetivo “baixo”. Veja:

Esse produto de reconhecimento baixo não é muito divulgado.

Também é possível substituir a palavra “baixo” pelos antônimos “alto” ou “bom”, dependendo do contexto.

Esse produto de alta qualidade não é muito divulgado.

Uma ação de bons índices é indicada.

Note que, nesses casos, como há função de adjetivo, há variação em gênero e em número.

Saiba mais: Senão ou se não?

De baixo x em baixo

Conforme vimos, a expressão “de baixo” é usada como advérbio de lugar e como adjetivo. A expressão “em baixo” é formada pela preposição “em” e pelo adjetivo “baixo”. Assim, funciona como uma locução adjetiva e, portanto, não pode ser usada para indicar a posição de algo, já que não tem valor de advérbio de lugar. Dessa forma, “em baixo” é usada apenas para indicar uma qualidade especificamente em contextos que exigem o uso da preposição “em”. Veja:

Ele não sabe falar em baixo tom.

Por se tratar de um adjetivo, a palavra “baixo” pode variar de acordo com o substantivo que qualifica, e pode ser posicionada após esse substantivo. Observe:

Ele não sabe falar em tom baixo.

Ele não sabe cantar em baixos tons.

Debaixo x embaixo

As palavras “debaixo” e “embaixo” são classificadas como advérbio de lugar e indicam posição inferior em relação a algo; portanto, são sinônimas, e, na maioria das vezes, podem ser usadas da mesma forma. Observe:

A chave perdida estava embaixo do tapete...

A chave perdida estava debaixo do tapete...

Importante!

A palavra “debaixo” é sinônimo de “sob”, indicando, portanto, que algo está “sob”, “coberto”. Então, em determinados contextos, esse advérbio não é indicado, não sendo sinônimo de “embaixo”, que indica uma posição inferior não necessariamente coberta, apenas uma “parte inferior”. Veja:

  • Adequado: Vamos esperar você embaixo do shopping.
  • Inadequado: Vamos esperar você debaixo do shopping.

Note que o interlocutor quis indicar que esperaria alguém na parte inferior do shopping, o que ficou claro pelo uso do advérbio “embaixo”. No entanto, o advérbio “debaixo” daria a entender que o interlocutor estaria sob a construção, e não em algum lugar na parte inferior dela. Por ter um significado mais abrangente, o advérbio “embaixo” é mais indicado para ser usado.

Saiba também: Tão pouco ou tampouco — qual é o correto?

Exercícios resolvidos sobre debaixo ou de baixo

Questão 1

Assinale a alternativa que completa as lacunas dos enunciados a seguir de acordo com a norma-padrão da língua portuguesa.

(1) Eles fazem piadas _______ nível...

(2) Como ela aguenta carregar tantos livros _______ do braço?

(3) A sua encomenda? É a _______ daquela.

A) de baixo – debaixo – de baixo

B) debaixo – de baixo – debaixo

C) debaixo – debaixo – de baixo

D) de baixo – de baixo – debaixo

E) de baixo – debaixo – debaixo

Resolução:

Alternativa E

No primeiro enunciado, “baixo” é um adjetivo para “nível”. No segundo e no terceiro, usa-se o advérbio “debaixo” para indicar a posição de algo.

Questão 2

Leia o enunciado a seguir:

Deixei seus livros embaixo da estante.

Agora, analise a seguinte afirmação:

O advérbio “embaixo” pode ser substituído pelo advérbio “debaixo” sem alteração de sentido.

(    ) Verdadeiro

(    ) Falso

Resolução:

Falso. O advérbio “debaixo” passa a ideia de algo estar especificamente “sob” outro ponto de referência. Porém, no enunciado, o advérbio “embaixo” é usado para indicar uma posição na parte inferior da estante, mas não necessariamente “sob” a estante.

Por: Guilherme Viana

Artigos relacionados

De o (a) ou do (a) - qual a forma correta?

Proponha-se a uma análise mais detalhada deste caso. Para isso, é só clicar!

Para eu ou para mim?

Uma dúvida persistente: Para eu ou para mim? Entenda como e quando usar cada uma das expressões.

Sessão, seção ou cessão?

Sessão, seção ou cessão? Aprenda como e quando usar esses termos.

Sob ou sobre?

Aprenda as diferenças entre as preposições “sob” e “sobre”, entendendo qual é o significado de cada uma e os diferentes contextos em que podem (ou não) ser usadas.

“A gente” ou “nós”?

“A gente” ou “nós”? Clique e descubra a resposta para essa dúvida de vocabulário!