Competência 2 da redação do Enem

A competência 2 da redação do Enem avalia:

  • a compreensão do tema;

  • o uso de repertório sociocultural;

  • a adequação do tipo textual dissertativo-argumentativo.

Comumente, essa competência é resumida na compreensão do tema, mas, segundo o Manual de Corretor do Enem, divulgado pelo Inep, ela avalia também os outros dois aspectos. Sendo assim, para ter uma boa pontuação, é preciso compreender todas as exigências especificadas na matriz de referência.

Leia também: Coesão textual na redação do Enem

O que é avaliado na competência 2 da redação do Enem?

A competência 2 da redação Enem avalia três aspectos básicos:

  • a compreensão do tema;

  • o uso de repertório sociocultural;

  • a adequação do texto ao tipo dissertativo-argumentativo.

Assim, para conseguir um bom desempenho em sua avaliação, é necessário que o participante esteja atento a todas essas exigências, pois, inclusive, elas se relacionam entre si.

Alcançar uma boa nota na competência 2 pode auxiliar o bom desempenho dos demais critérios.
Alcançar uma boa nota na competência 2 pode auxiliar o bom desempenho dos demais critérios.
  • Compreensão do tema

A compreensão do tema é essencial, pois, para que a dissertação e argumentação sejam eficazes, primeiramente precisam se referir ao assunto e recorte específico solicitado na prova. Além da identificação do eixo temático, o candidato precisa achar qual aspecto está sendo focalizado.

A proposta de redação “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira”, aplicada na prova do Enem 2015, é um ótimo exemplo. O tema tem um assunto central “a violência contra a mulher”, mas, além disso, focaliza a “persistência” e localiza “na sociedade brasileira”.

O candidato que falar apenas sobre violência contra a mulher ou não atentar em analisar os recortes e especificidades do Brasil pode fugir parcialmente do tema, e esse é um erro que prejudica toda a redação, não só a competência 2.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

  • Repertório sociocultural

O segundo aspecto avaliado na competência 2 é o repertório sociocultural. A redação do Enem avalia o conhecimento de mundo do candidato, mas isso não significa que basta citar informações, dados e citações; pelo contrário, a competência avalia se o repertório é pertinente e produtivo.

Sendo assim, para cumprir com êxito esse tópico, é necessário primeiramente selecionar informações válidas e que possuam relação com o tema e, em sequência, evidenciar, na escrita do texto, não só as relações estabelecidas, mas a estratégia de argumentação com o uso das informações expostas.

  • Tipo textual dissertativo-argumentativo

Por fim, o último aspecto avaliado é a adequação do tipo do texto. Além de compreender o tema e selecionar o repertório útil para defender sua argumentação, o candidato precisa escrever o texto dentro do tipo textual exigido, o dissertativo-argumentativo.

Isso significa que a estrutura da redação precisa estar dividida em introdução, desenvolvimento e conclusão, sendo cada parte destinada à sua função específica. Além disso, é preciso que a estratégia seja fundamentada na defesa de um ponto de vista.

O candidato que narra histórias demasiadas e sem estratégia argumentativa, ou se dedica a dissertar sobre o tema, com ou sem uso de repertório, mas não indica uma opinião defendida por meio de argumentos, não cumpre essa exigência.

É necessário que o texto se inicie com a introdução apresentando e contextualizando o tema, bem como a tese. No desenvolvimento, é o momento de comprovar a tese apresentada, utilizando o repertório pertinente e produtivo para comprovar suas afirmações. Por fim, na conclusão, é preciso apresentar a proposta de intervenção completa e direcionada aos prolemas apresentados.

Veja também: Coesão textual na redação do Enem

Dicas para tirar a nota máxima da competência 2 da redação do Enem

COMPETÊNCIA II

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das áreas de conhecimento, dentro dos limites do texto dissertativo-argumentativo em prosa

 

Nível 1

Tangência ao tema

 

OU

Texto composto por aglomerado de palavras

OU

Traços constantes de outros tipos textuais

 

 

Nível 2

Abordagem completa do tema

 

 

E

3 partes do texto (2 delas embrionárias)

OU

Conclusão finalizada por frase incompleta

Textos que apresentam muitos trechos de cópias dos textos motivadores não devem ultrapassar esse nível

 

 

 

Nível 3

Abordagem completa do tema

 

 

 

E

3 partes do texto (1 parte pode ser embrionária)

 

 

 

E

Repertório baseado nos textos motivadores

E/OU

Repertório não legitimado

E/OU

Repertório legitimado, MAS não pertinente ao tema

 

Nível 4

Abordagem completa do tema

 

E

3 partes do texto (nenhuma delas embrionária)

 

E

Repertório legitimado E pertinente ao tema, MAS com uso improdutivo

 

Nível 5

Abordagem completa do tema

 

E

3 partes do texto (nenhuma delas embrionária)

 

E

Repertório legitimado E pertinente ao tema, COM uso produtivo


Como visto anteriormente, a competência 2 do Enem solicita muitos aspectos inter-relacionados, e, para ter êxito em sua avaliação, todos eles precisam ser atendidos de maneira eficaz. Abaixo segue uma lista com dicas para se sair bem nessa competência.

  • Leia atentamente o tema: na leitura da proposta, além de identificar o assunto geral, esteja atento a todas as palavras-chaves utilizadas. Busque trabalhar com todas elas em sua redação, de modo que o tema seja contemplado por completo.

  • Coloque todas as informações no papel: após a leitura profunda do tema, com a compreensão de todo o recorte, escreva no papel todas as informações e dados relevantes para o tema. O momento de liberar essas ideias é importante para aumentar suas possibilidades argumentativas.

  • Selecione criticamente o repertório: depois de colocar todas as ideias no papel, é hora de selecionar cuidadosamente quais delas são úteis para sua redação. Sendo assim, é importante se relembrar do recorte do tema e escolher aquilo que dialoga com toda a proposta.

  • Organize as informações do texto: para que seu texto não se perca do tipo textual, é importante organizá-lo. Assim, selecione como apresentar o tema na introdução, como defender e argumentar no desenvolvimento e a proposta de intervenção possível.

  • Não copie os textos motivadores: copiar os textos motivadores é um grave erro para sua redação. O candidato que faz muitas cópias não ultrapassa o nível 2, de 80 pontos.

  • Utilize repertório diverso: uma dica para potencializar sua escrita é utilizar diferentes tipos de repertório sociocultural. O Enem aceita a utilização de músicas, poesia, pinturas, livros, filmes, séries, etc. O candidato não precisa se limitar a informações científicas, e a diversidade de repertório demonstra amplo conhecimento de mundo. No entanto, é preciso que o uso seja pertinente e produtivo, ou seja, precisa ter relação com o tema e ser utilizado para potencializar a argumentação.

As 5 competências da redação do Enem

A redação do Enem é avaliada com base em 5 competências. Cada uma delas vale 200 pontos e totalizam os 1000 pontos da redação. Abaixo segue a matriz das 5 competências.

  • Competência 1: demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa.

  • Competência 2: compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa.

  • Competência 3: selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

  • Competência 4: demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

  • Competência 5: elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os Direitos Humanos.

Por: Talliandre Matos

Artigos relacionados

Coerência textual

Você sabe o que é coerência textual? Amplie seus conhecimentos aqui!

Coerência textual na redação do Enem

Compreenda o que é a coerência textual, quais são os seus mecanismos, sua importância e como ela se relaciona com a coesão textual.

Coesão textual na redação do Enem

Saiba o que é coesão textual e aprenda quais são os mecanismos para estabelecer-se articulação em um texto. Veja como o Enem avalia esse critério na redação.

Como arrasar na redação do Enem!

Dicas de redação: Clique e confira algumas dicas para arrasar na redação do Enem!

Como funciona a correção da redação do Enem

Entenda como funciona a correção da redação do Enem, parte muito importante do maior exame educacional do país. Quais são os critérios de avaliação.

Competência 1 da redação do Enem

Você já conhece a competência 1 da redação do Enem? Venha aprender o que é avaliado nesse tópico, quais são os erros mais frequentes e como fazer para melhorar seu desempenho.

Competência 3 da redação do Enem

Você sabe como fazer um bom projeto de texto? Conhece as exigências da competência 3? Aprenda as quatro etapas necessárias e ganhe dicas de como colocá-las em prática.

Redação do Enem

Saiba como é a redação do Enem. Como deve ser feito o texto, o que é a proposta de intervenção, como a redação é corrigida e o que fazer para zerar o texto.

Temas da Redação do Enem

Veja todos os temas da redação do Enem e entenda como é feita a escolha deles. Saiba como se preparar para sair bem em todos os temas da redação.