Como estudar Redação para o Enem

Estudar redação pode ser complicado para muitos estudantes, pois a produção de textos vai além de um caráter formal, como estudar para química, por exemplo. Dessa forma, essa ação empreende prática, reflexão e envolvimento com a temática. Para estudar redação de uma maneira realmente proveitosa, é preciso compreender que escrever é um ato filosófico, ou seja, um hábito que parte da abstração (pensamento) para a efetivação das ideias (escrita). Abaixo separamos alguns passos para você estudar com bastante proveito para a redação.

Veja também: Dicas de redação para o Enem

Estudar redação para o Enem é uma trajetória que requer dedicação e constância.
Estudar redação para o Enem é uma trajetória que requer dedicação e constância.

Teoria: compreenda profundamente o gênero dissertativo-argumentativo

O texto dissertativo-argumentativo é o gênero exigido pelo Enem e por outros vestibulares. Esse gênero é dividido basicamente em

  • introdução,

  • desenvolvimento,

  • conclusão.

Dessa forma, a dissertação argumentativa parte do princípio de escrever para argumentar, ou seja, desenvolver um processo argumentativo profundo em relação a um ponto de vista inserido no parágrafo de introdução.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Estude as cinco competências cobradas na redação

O Enem avalia o desenvolvimento de competências e habilidades, ou seja, o aluno precisa demonstrar um conjunto de conhecimentos aplicados na redação, de acordo com a competência estipulada pela matriz de referência do Enem. Veja: competência é o conjunto de habilidades que tornam o indivíduo competente para desenvolver determinada função. No caso da redação do Enem, resume-se no conjunto de competências voltadas à língua que tornam o aluno competente para escrever.

Leia abaixo quais são as competências que configuram a grade de correção da redação do Enem.

  • Competência I: demonstrar domínio da norma culta da língua portuguesa.

  • Competência II: compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

  • Competência III: selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

  • Competência IV: demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

  • Competência V: elaborar proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.

A repetição é a mãe do aprendizado

O aprimoramento da escrita exige constância. O ato de escrever compreende estruturas cognitivas que se mobilizam para construir sentenças e instrumentalizar aquilo que pensamos em códigos gráficos. Sendo assim, é essencial que você se dedique diariamente à escrita e à leitura não necessariamente produzir uma redação diária, mas construir tópicos frasais em relação a temas distintos, elencando um tema e se perguntando:

  • “ O que eu realmente penso sobre isso?”

  • “ Quem são os mais afetados por esse problema?”

  • “ O que pode ser feito para atenuar essa demanda na sociedade?”

Perceba que você produzirá o esqueleto de um texto dissertativo-argumentativo de forma bastante objetiva.

Veja também: Como arrasar na redação do Enem?

Estude gramática

Muitos alunos, ao estudar redação, esquecem-se de estudar a base estrutural da língua: a gramática. No entanto, como verificado no segundo tópico deste texto, compreender a norma culta é a primeira competência a ser exigida. Essa competência é dividida em dois aspectos básicos:

  • verificar a estrutura sintática do texto,

  • verificar a existência de outros desvios gramaticais.

Veja abaixo:

ESTRUTURA DE ORDEM SINTÁTICA

OUTROS DESVIOS

Observa de que forma o participante constrói as orações e os períodos de seu texto, verificando se eles estão completos, se contribuem para a fluidez da leitura, entre outras demandas de ordem sintática.

 

Convenções estabelecidas pelos gramáticos normativistas em termos de regras ortográficas e gramaticais, bem como com a adequação de escolha de registro e de escolha vocabular.

 

Não perca seu professor de português de vista

Este é o último passo, mas não menos importante. Seu professor te ajudará a se localizar em relação à escrita, e isso é essencial, pois só assim você identificará os erros recorrentes em seu texto e de que forma você poderia trabalhar para aprofundar melhor a temática.

Enfim, espero que você consiga se organizar e ter muito sucesso em sua redação!

Por: Marcelo Sartel

Artigos de Como estudar Redação para o Enem

Dicas de Redação para o Enem

Clique aqui e confira algumas dicas que podem te ajudar a se preparar e se sair muito bem na prova de redação do Enem, que é vista por muitos como um desafio.

Proposta de intervenção do Enem

Aprenda o que é a proposta de intervenção do Enem. Veja quais são seus principais elementos e como escrever uma boa proposta. Leia um exemplo pronto com comentário.

Temas da Redação do Enem

Veja todos os temas da redação do Enem e entenda como é feita a escolha deles. Saiba como se preparar para sair bem em todos os temas da redação.