Temperatura dos gases

A temperatura é uma das três variáveis de estado dos gases. As outras duas são a pressão e o volume.

A temperatura termodinâmica (T) é diretamente proporcional à energia cinética das partículas de um gás. Isso significa que quanto maior a agitação das partículas, maior será a temperatura e vice-versa.

Porém, uma diferença reside no fato de que a energia cinética das partículas depende da massa do gás, enquanto a temperatura não.

A temperatura dos gases e dos corpos costuma ser medida por meio de um termômetro, que possui uma graduação denominada escala termométrica. A unidade adotada pelo Sistema Internacional de Unidades e pela IUPAC (União Internacional de Química Pura e Aplicada) é o kelvin, simbolizado pela letra K. Essa escala é também denominada de escala absoluta porque o seu ponto inicial é o zero absoluto ou zero termodinâmico (0 K), temperatura em que as partículas não têm movimento. Visto que começa no zero absoluto, a escala kelvin não possui valores negativos.

Termômetros com graduação na escala Celsius e Fahrenheit

No Brasil, no entanto, a escala termométrica mais utilizada é o Celsius (ºC). Visto que 0º C equivale a 273 K e que o intervalo dessas duas escalas é o mesmo. Para transformar o grau Celsius em Kelvin, basta somar 273:

TK = T°C + 273

Exemplo: Qual é a temperatura Kelvin correspondente a 40 ºC?

Resolução:

TK = T°C + 273

TK = 40 + 273

TK = 313 K

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Outra escala termodinâmica muito usada principalmente nos Estados Unidos é a escala Fahrenheit (°F). O seu intervalo é diferente, sendo que se quisermos realizar uma conversão de Fahrenheit para Celsius usamos a seguinte expressão:

C = (TºF – 32)
         1,8

Exemplo: Qual é a temperatura em graus Celsius correspondente a 32 ºF?

Resolução:

TºC = (TºF – 32)
            1,8
TºC = (32 – 32)
             1,8
  TºC = 0 ºC

A temperatura absoluta é diretamente proporcional à pressão. Isso pode ser visto quando medimos a pressão do ar dentro dos pneus quando eles estão quentes. Nesse caso, encontramos um valor muito maior do que se fizéssemos a medição com os pneus frios. Isso acontece porque o ar se expande com o aumento da temperatura. É por isso que o recomendado é calibrar os pneus quando eles estão frios, ou seja, com o veículo parado ou depois de ter circulado no máximo 3 km.

Calibragem de pneu de carro

A temperatura também é diretamente proporcional ao volume. Isso pode ser visto se pegarmos um balão com ar, não muito cheio, e o colocarmos primeiro em um recipiente contendo água gelada e, depois, aquecermos a água. No momento inicial, o balão ficará com um aspecto murcho, porque com a temperatura baixa, o volume do gás é menor (ele se comprime). Mas, depois que a temperatura aumenta, o balão incha, porque o volume ocupado pelas moléculas aumentou (expandiu).

Demonstração de relação entre volume e temperatura dos gases

A ilustração mostra duas escalas termométricas em que a temperatura pode ser medida: a escala Celcius e a escala Fahrenheit

A ilustração mostra duas escalas termométricas em que a temperatura pode ser medida: a escala Celcius e a escala Fahrenheit

Por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça

Artigos relacionados

A pressão atmosférica

Descubra como foi medida pela primeira vez a pressão atmosférica, qual o seu valor ao nível do mar, como ela varia de acordo com a altitude e como ela é medida hoje.

Características Gerais dos Gases

Conheça as principais características e as variáveis do estudo dos gases.

Diferença entre Vapor e Gás

Conheça qual a diferença entre vapor e gás e entenda por que em determinados casos falamos que uma substância está na forma gasosa e em outras na forma de vapor.

Equação Geral dos Gases

Entenda como podemos reunir as três leis físicas dos gases e chegar à fórmula matemática da equação geral dos gases.

Equação de Estado dos Gases Perfeitos (Equação de Clapeyron)

Veja a dedução para se chegar à equação de estado dos gases perfeitos ou equação de Clapeyron e o valor da constante universal dos gases.

Gás ideal

Você sabe o que é um gás ideal? Acesse o texto e entenda o conceito de gás, conheças as características dos gases ideais e descubra o que diz a lei dos gases.

Teoria Cinética dos Gases ou Teoria do Gás Ideal

As principais características físicas dos gases são definidas pela teoria cinética dos gases ou teoria do gás ideal.

Transformação Isobárica

Na transformação isobárica, que ocorre à pressão constante, as variações de volume estão relacionadas às variações de temperatura.

Transformação Isotérmica e Lei de Boyle-Mariotte

Na transformação isotérmica, que ocorre à temperatura constante, as variações de volume estão relacionadas às variações da pressão.

Transformação e variação de temperatura

Conheça a diferença entre a transformação e a variação de temperatura, conceitos que podem induzir a erros.

Transformação isocórica

Descubra do que se trata a transformação isocórica dos gases, também conhecida como isométrica ou isovolumétrica, e qual a sua relação com a segunda Lei de Charles e Gay-Lussac.

Transformações Gasosas

As três transformações gasosas são: isotérmica (Lei de Boyle), isobárica (Lei de Gay-Lussac) e isocórica ou isovolumétrica (Lei de Charles).

Variáveis de estado dos gases

No estudo dos gases, deve-se levar em consideração as seguinte variáveis de estado dos gases: volume, pressão e temperatura.

Volume dos gases

Detalhes a respeito do volume dos gases, uma de suas variáveis de estado.