Concavidade da parábola

A concavidade de uma parábola é determinada pelo coeficiente a da função do segundo grau que a representa e pode estar voltada para cima ou para baixo.

Uma parábola é uma figura geométrica plana que representa o conjunto de pontos de uma função do segundo grau, que, por sua vez, é toda aquela que pode ser escrita na forma: f(x) = ax2 + bx + c, com domínio e contradomínio no conjunto dos números reais. Nessa função, os números representados pelas letras a, b e c pertencem ao conjunto dos reais e são chamados de coeficientes, e a letra x é a variável.

Os coeficientes de uma função do segundo grau ajudam a definir o formato da parábola representada por ela. Especificamente, é o coeficiente a que determina a concavidade de uma parábola.

Concavidade da parábola

Uma função do segundo grau sempre pode ser representada graficamente por uma parábola. Se essa função do segundo grau está na forma discutida acima, sua concavidade deverá ser voltada para cima ou para baixo. O coeficiente a indica isso da seguinte maneira:

Se a > 0, a concavidade está voltada para cima.

Se a < 0, a concavidade está voltada para baixo.

O que é concavidade?

Concavidade é uma palavra usada para representar objetos côncavos, como antenas de televisão, lentes etc. A concavidade é uma reentrância, e o valor do coeficiente a define exatamente para onde essa reentrância aponta.

Nas parábolas, como dito anteriormente, a concavidade está voltada para cima ou para baixo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

1 – Se a concavidade está voltada para cima:

O valor do coeficiente a é positivo, e essa parábola é formada por uma curva que possui um ponto mais baixo do que todos os outros, chamado vértice. No plano cartesiano, isso quer dizer que a menor coordenada y referente a um ponto da função do segundo grau, ou seja, da parábola será a do vértice.

A imagem a seguir mostra uma parábola com concavidade voltada para cima, ou seja, com valor do coeficiente a positivo. O vértice dela é seu ponto de menor valor, também chamado ponto de mínimo.

2 – Se a concavidade está voltada para baixo:

O valor do coeficiente a é negativo nesse caso, e essa parábola é formada por uma curva que possui um ponto mais alto do que todos os outros, chamado vértice. No plano cartesiano, isso quer dizer que a maior valor da coordenada y, referente aos pontos da parábola, será encontrado no vértice.

A imagem a seguir mostra uma parábola com a concavidade voltada para baixo, ou seja, com o coeficiente a negativo. Além disso, também é possível ver o vértice, que é ponto que possui a maior coordenada y possível. Esse ponto também é chamado ponto de máximo.

A concavidade da parábola depende do coeficiente a e pode ser voltada para cima ou para baixo

A concavidade da parábola depende do coeficiente a e pode ser voltada para cima ou para baixo

Por: Luiz Paulo Moreira Silva

Artigos relacionados

Demonstração das fórmulas das coordenadas do vértice

Confira as expressões que podem ser usadas para determinar as coordenadas do vértice de uma parábola e aprenda o método utilizado na demonstração dessas fórmulas. Conheça ainda outra forma empregada para obter as coordenadas do vértice que é baseada na geometria plana e que também pode demonstrar essas fórmulas.

Plano Cartesiano

Clique aqui e aprenda a localizar pontos no plano cartesiano!

Coordenadas do vértice da parábola

Ponto de máximo e mínimo de uma função do 2º grau

Domínio, contradomínio e imagem

Clique e descubra o que são domínio, contradomínio e imagem e obtenha exemplos da utilização desses três conjuntos numéricos em funções.

Números reais

Clique para conhecer o conjunto dos números reais, bem como alguns exemplos de seus elementos e as propriedades e operações básicas desse conjunto.

Parábola

Você sabe o que é uma parábola dentro da Geometria Analítica? Confira seus elementos principais e a sua equação reduzida!

Estudo da variação do sinal de uma função do 2° grau

Aprenda a identificar o sinal de uma função do 2° grau analisando o delta da função e descubra se a parábola toca ou não o eixo x.

Gráfico da Função do 2º Grau

Condições do gráfico de uma função do 2º grau.

Função do 2º grau

Clique para aprender o que é uma função do 2º grau, como representá-la com parábolas e fazer a análise de seus sinais.