Contribuições de James Prescott Joule

James Prescott Joule foi um físico britânico nascido em 1818. Uma de suas contribuições para a ciência foi a relação entre corrente elétrica e calor.

James Prescott Joule foi um importante físico britânico. Nascido em 1818, em Salford, Joule era filho de um grande cervejeiro e sempre estava interessado no funcionamento das máquinas que constituíam a estrutura da cervejaria. A sua educação básica foi feita por meio de aulas particulares, e um de seus professores foi o ilustre químico inglês John Dalton.

A ciência era um passatempo na vida de Joule. Ao longo de sua vida, o cientista sofreu certos preconceitos e era considerado amador. No entanto, ele deu grandes contribuições à ciência, principalmente com relação à transformação da energia, bem como a relação entre corrente elétrica e calor.

Contribuições para a ciência de Joule

Energia mecânica e calor

A experiência mais famosa de Joule foi a que demonstrou a transformação de energia mecânica em calor. Até o início do século XIX, as ideias relacionadas com a transformação e a manifestação da energia eram divergentes. O experimento de Joule provou que a energia mecânica poderia ser convertida em calor.

A imagem acima retrata o aparato experimental utilizado por Joule. Por meio de fios e roldanas, os pesos eram conectados às pás. Com a queda dos pesos, as pás eram giradas dentro de um recipiente com água. O movimento da água produziu aquecimento, que foi indicado por um termômetro acoplado ao sistema. Pelo aquecimento, pôde-se compreender que a energia potencial gravitacional foi convertida em calor.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Efeito Joule

Também chamado de lei de Joule, esse efeito mostrou a relação entre o calor gerado e a passagem da corrente elétrica por um material. A explicação para o calor gerado era o atrito entre os portadores de carga que constituíam a corrente elétrica e os elementos que constituíam o material.

Q = i2.R.Δt

A equação acima mostra que o calor gerado (Q) é proporcional ao quadrado da intensidade da corrente elétrica (i), do valor da resistência do material (R) e do tempo de duração da passagem da corrente (t).

Resistências de chuveiros e o aquecimento de ferros de passar roupas são exemplos de aplicações do efeito Joule.

Lei de Joule para os gases perfeitos

Em união com o físico William Thomson (Lord Kelvin), Joule realizou experimentos relacionados com a Termodinâmica. Juntos os dois cientistas definiram que a variação da energia interna de um gás era diretamente proporcional à temperatura absoluta do gás.

ΔU = 3.N.R.T

Nessa equação, temos:

ΔU = Variação da energia interna;
N = Número de Mol;
R = Constante universal dos gases;
T = Temperatura.

James P. Joule morreu em 1889, aos 70 anos de idade. Após a sua morte, o Sistema Internacional de Unidades (SI) nomeou, em sua homenagem, a unidade referente à energia de joule (J).

*Crédito das imagens: Neveshkin Nikolay / Shutterstock.com

As principais contribuições de Joule estão relacionadas com as possíveis transformações de energia *

As principais contribuições de Joule estão relacionadas com as possíveis transformações de energia *

Por: Joab Silas da Silva Júnior

Artigos relacionados

Efeito Joule

O que é o efeito Joule? Descubra como esse fenômeno pode ser observado em nosso cotidiano. Aprenda as fórmulas do efeito Joule com exercícios resolvidos.

Efeitos da corrente elétrica

Veja aqui quais são os principais efeitos da corrente elétrica quando percorrida por condutores elétricos.

Energia Potencial Gravitacional e Elástica

Estudando a energia potencial gravitacional e a energia potencial elástica

James Watt

Conheça a história e as contribuições de James Watt, engenheiro escocês que desenvolveu a máquina a vapor.

Joule

Clique aqui e conheça o legado deixado por James Prescott Joule!

Thomas Edison

Clique aqui e conheça a história de Thomas Alva Edison, inventor estadunidense responsável pela criação da lâmpada incandescente.