Astronomia

Astronomia é uma ciência multidisciplinar que estuda uma grande variedade de corpos celestes e fenômenos que acontecem fora da Terra. Ela estuda a Lua, o Sol, os planetas do Sistema Solar, cometas, galáxias, nebulosas, entre outros, em busca de entender um pouco melhor o Universo em que vivemos. Veja algumas das áreas de estudos da astronomia a seguir!

  • Astrofísica: envolve a criação de modelos matemáticos e a manipulação de dados astronômicos para explicar fenômenos que acontecem fora da Terra.

  • Cosmologia: estuda a evolução do Universo desde o seu início, buscando entender a dinâmica das galáxias e do Universo como um todo.

  • Astronomia planetária: consiste em observar os planetas dentro e fora do Sistema Solar e analisar suas características, como órbita, absorção de luz etc.

  • Astrobiologia: área da astronomia que permeia a Biologia. Ela pesquisa indicadores de presença de vida em outros planetas.

Veja também: Curiosidades incríveis sobre o Sistema Solar

Astronomia é a ciência que estuda os corpos celestes, como planetas, asteroides, estrelas etc.
Astronomia é a ciência que estuda os corpos celestes, como planetas, asteroides, estrelas etc.

Faculdade de astronomia

Se você quer se tornar um astrônomo, é importante gostar bastante de Física e Matemática. Na maior parte dos casos, os estudantes formam-se em Física e, então, especializam-se, por meio de mestrado e doutorado, para se tornar astrônomos. Entretanto, nos últimos anos, alguns cursos de graduação especificamente voltados para a astronomia vêm surgindo no Brasil. Hoje o curso de astronomia é ofertado nas seguintes universidades públicas brasileiras:

  • Universidade Federal do Rio de Janeiro

  • Universidade Federal de Sergipe

  • Universidade de São Paulo

A duração média de um curso de bacharelado em astronomia é de 4 anos. Nessa graduação, o estudante terá disciplinas como álgebra linear, cálculo diferencial e integral, mecânica, eletromagnetismo, termodinâmica, mecânica quântica, além de disciplinas específicas, voltadas para a observação e a coleta de dados astronômicos.

O mercado de trabalho para os astrônomos gira em torno das empresas de telecomunicações, nos cargos que envolvem o controle de satélites. Há ainda oportunidades de emprego em planetários, museus, observatórios e, principalmente, nas universidades, onde o astrônomo desempenha o papel de pesquisador e docente.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

História da astronomia

A história da astronomia começou milhares de anos atrás, quando as primeiras civilizações precisaram observar o céu para saber quando era o momento certo para o plantio e a colheita de suas culturas. Outros povos também usaram a astronomia para elaborar seus primeiros calendários, baseando-se na posição do Sol, como os maias e os chineses.

Na figura acima, produzida a partir de fotos do telescópio Hubble, é possível enxergar galáxias primitivas.
Na figura acima, produzida a partir de fotos do telescópio Hubble, é possível enxergar galáxias primitivas.

Os filósofos gregos contribuíram muito para o avanço da astronomia, como é o caso de:

  • Aristóteles, por ter explicado que as fases da Lua estavam relacionadas com a forma como o Sol as iluminava;

  • Aristarco, que foi o primeiro a propor que a Terra girava em torno do Sol;

  • Eratóstenes, que mediu com grande precisão o diâmetro da Terra;

  • Claudio Ptolomeu, que criou um dos primeiros modelos do Sistema Solar capazes de prever a posição dos astros.

Séculos depois, Galileu Galilei descobriu as manchas solares, as crateras da Lua e os satélites naturais de Júpiter, por meio da luneta, que, apesar de existir naquela época, foi aperfeiçoada pelo físico italiano. Na mesma época, Nicolau Copérnico representou a ruptura com a visão geocêntrica, propondo um modelo de Sistema Solar em que a Terra orbitava o Sol, assim como os demais planetas conhecidos, em uma órbita circular. Entretanto, a visão heliocêntrica só foi estabelecida quando os trabalhos de Johannes Kepler foram capazes de explicar as órbitas retrógradas.

O trunfo da Astronomia veio juntamente com a teoria da gravitação universal, estabelecida por Isaac Newton. Por meio dela, Newton foi capaz de explicar a órbita dos planetas, o período dos cometas, o surgimento das marés e muitos outros fenômenos astronômicos.

Veja também: Nebulosas – tipos e características principais

Astronomia e astrologia

Historicamente, astronomia e astrologia estiveram juntas, entretanto hoje sabemos que a astronomia é uma área da ciência, e a astrologia, não. A astronomia baseia-se no método científico, produz resultados embasados em experimentos e em teorias, enquanto a astrologia não pode ser verificada por meio da experimentação.

O estudo da astronomia requer dos estudantes um bom domínio da Matemática e da Física, bem como uma graduação e especializações na área, enquanto a astrologia pode ser experimentada por qualquer pessoa que se interesse sobre o assunto.

Nos dias atuais, a comunidade de astrônomos tem se esforçado para conquistar o espaço.
Nos dias atuais, a comunidade de astrônomos tem se esforçado para conquistar o espaço.

Curiosidades sobre a astronomia

  • Apesar de parecer amarelo ou até mesmo laranja, o Sol é branco. Isso acontece porque essa estrela é capaz de emitir todas as frequências da luz visível.

  • Em Vênus, um dia dura mais que um ano. Isso acontece porque o período de revolução do planeta é extremamente lento.

  • Júpiter e Saturno são gigantes gasosos, por isso, apesar de serem planetas, todo seu conteúdo é feito de gases, como hidrogênio e hélio.

  • Nossa galáxia, a Via-Láctea, tem cerca de 100 milhões de anos-luz de distância entre uma ponta e outra.

  • A luz que sai do Sol leva cerca de 8 minutos para chegar até a Terra.

  • A aceleração da gravidade na superfície do Sol chega a mais de 330 m/s².

Resumo sobre astronomia

  • A astronomia pode ser compreendida como o estudo dos corpos celestes em geral, bem como de quaisquer fenômenos que ocorrem fora atmosfera terrestre.

  • Essa área do conhecimento pode ser dividida em unidades temáticas, como: astronomia solar, astronomia estelar, astronomia galáctica e astronomia extragaláctica. Além dessas, há ainda a cosmologia, que estuda a estrutura e evolução do universo em larga escala.

  • Astrônomos são os profissionais que atuam como pesquisadores no campo da astronomia. Para se tornar um astrônomo, você pode ingressar no curso de graduação em astronomia ou, ainda, formar-se em Física e especializar-se na área da astronomia, fazendo mestrado e doutorado.

Por: Rafael Helerbrock

Artigos relacionados

Exoplanetas

Você sabe o que são exoplanetas? Entenda como eles são encontrados, conheça o exoplaneta mais próximo e saiba se é possível encontrar vida nos exoplanetas.

A Lua

A lua, O que é a Lua, A lua e a curiosidade humana, A distância da Lua em relação à Terra, O diâmetro da Lua, A massa da Lua, As características da Lua, Os movimentos realizados pela Lua, As fases da Lua.

O Sol pode ter fim?

Descubra se o Sol pode um dia chegar ao fim, quanto tempo isso irá demorar a acontecer, como se dará e quais serão as consequências para a Terra.

Cinco curiosidades sobre o Sistema Solar

Acesse este link e conheça algumas curiosidades sobre o Sistema Solar e os seus planetas. O Sistema Solar encontra-se em um dos braços da galáxia, a uma distância de 27.000 anos-luz em relação ao centro da galáxia, orbitando-o a uma velocidade de 200 km/s e completando uma volta a cada 225 milhões de anos.

Formação do sistema solar

Veja aqui qual é a teoria mais aceita que diz respeito à formação do sistema solar.