Lítio

O lítio é um elemento químico com massa atômica 6,941u pertencente à série dos metais alcalinos. Sua obtenção é feita pela eletrólise de sais como cloreto de lítio. Aplicado em diversos seguimentos industriais, como reagente e catalisador utilizado na fabricação de polímeros, o lítio, por ter baixa densidade e ser um bom condutor e armazenador de energia, é muito utilizado para fabricação de baterias. Estudos mostram a eficiência do lítio no tratamento de transtorno bipolar, esquizofrenia e também no tratamento de distúrbios da tireoide.

Leia também: O que são os elementos cisurânicos?

Propriedades do lítio

  • Símbolo: Li
  • Massa atômica: 6,941u
  • Número atômico: 3
  • Eletronegatividade: 0,98
  • Configuração eletrônica: 1s² 2s¹
  • Densidade: 535 kg/m3
  • Série química: Grupo 1 (Família 1A), série dos metais alcalinos
  • Ponto de fusão: 1341,85 °C
Representação do elemento lítio na tabela periódica, com informação de massa e número atômico.
Representação do elemento lítio na tabela periódica, com informação de massa e número atômico. 

Características do lítio

  • Inflamável
  • Reativo
  • O lítio usinado apresenta brilho, mas, em contato com o ar e a água, ele adquire aspecto acinzentado com presença de manchas decorrentes de processos reativos. 
  • Bom condutor elétrico
  • Baixa densidade (< 1 g/m³)

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

História do lítio

Em 1800, José Bonifácio de Andrada e Silva, o mesmo envolvido com a declaração da independência do Brasil, descobriu o mineral petalita, também conhecido como castorita. Esse mineral tem em sua composição fragmentos de lítio, que foi descoberto e identificado como um novo elemento, em 1817, por Johan August Arfwedson e Jons Jacob Berzelius, durante análise da petalita.

O nome lítio provém do grego e significa “algo sólido”. Em 1821, William Thomas Brande conseguiu isolar o elemento lítio via eletrólise.

Imagem do mineral petalita com fragmentos de lítio.
Imagem do mineral petalita com fragmentos de lítio.

Obtenção do lítio

Devido à alta reatividade do elemento, o lítio não é encontrado, como outros minerais (ouro, prata etc.), em estado natural. É encontrado em sais de característica iônica, e como fragmentos de outros minerais, mas em quantidade escassa.

É encontrado também em organismos vivos, nos fluidos estruturais. Nos seres invertebrados, tem-se uma concentração de até 5760 partes por bilhão (ppb), e nos vertebrados, a concentração de lítio varia entre 21 ppb e 763 ppb. Em seres marinhos, tem-se uma concentração maior devido à bioacumulação do elemento. Apesar da concentração significativa desse elemento nos organismos vivos, não se conhece sua função fisiológica especifica para nenhum deles.

Veja também: O que são elementos transurânicos?

Produção do lítio

A produção de lítio para destino industrial começou, em 1923, pela empresa Metallgesellschaft AG, em Frankfurt, Alemanha. O lítio era obtido via eletrólise dos sais cloreto de lítio e cloreto de potássio, processo que continua sendo utilizado.

Aplicações do lítio

  • Utilizado para “temperar” vidros e cerâmicas, mistura que agrega às peças mais resistência ao calor.
  • Utilizado em ligas metálicas nas indústrias aeroespaciais e automobilísticas, nas quais se precisa de peças metálicas leves e resistentes.
  • A maior fração de lítio produzido está aplicada na fabricação de baterias para carro, celular, marca-passo e computadores, pois armazenam uma grande quantidade de energia em pequena quantidade de massa.
  • O lítio é utilizado como reagente e catalisador nos processos industriais de fabricação de polímeros.
  • O íon de lítio é utilizado como medicamento para quem sofre de transtorno bipolar e outras psicopatias, pois reduz o estresse oxidativo, ou seja, suaviza as mudanças de humor do paciente.
  • Estudos mostram resultados positivos na ingestão de pequenas doses lítio para tratamentos endócrinos, como no controle da função tireoidiana.
Bateria de lítio.
Bateria de lítio.

Riscos do lítio

  • O uso do lítio como medicamento é contraindicado para gestantes no primeiro trimestre da gravidez, pois aumenta os riscos da criança nascer com anomalia de Ebstein, uma má formação cardíaca.
  • A ingestão de altas doses de lítio causa reações severas no organismo, como enjoos, náuseas, tremores e diarreias. Além disso, o uso contínuo de medicamentos à base de lítio pode causar danos aos rins e à tireoide, devendo, portanto, ser administrado com cautela e sob orientação de um médico especialista.
  • O lítio é um elemento inflamável e muito reativo quando exposto ao ar e à água, sendo, portanto, causador de irritação e queimaduras quando em contado com a pele e os olhos.
     
  • As baterias de lítio não devem ser expostas a altas temperaturas, pois entram em eminência de combustão e explosão, reação que libera vários gases tóxicos.

Acesse também: Nomes dos novos elementos químicos 

Exercícios resolvidos

Questão 1 (FCC- 2014 - TCE-PI) No cuidado de enfermagem ao trabalhador com transtorno bipolar afetivo, em tratamento com lítio, são identificadas manifestações que incluem tremores, diarreia, vômitos, cefaleia, polidipsia, poliúria, letargia, fasciculação, lesão renal e de tireoide. Esse quadro clínico caracteriza

a) a litemia abaixo de 0,2 mEq/L.

b) o uso de lítio a cada quatro dias.

c) a agudização da doença.

d) a intoxicação pelo medicamento.

e) a abstinência ao medicamento há mais de 40 dias.

Resolução

Alternativa D. As reações adversas ao tratamento com o lítio podem começar em concentrações abaixo de 2,0 mEq/L. O quadro de intoxicação leve desencadeia sintomas como diarreia, tremores, enjoos, e a intoxicação severa com concentração de 3 a 4 mEq/L pode levar à morte.

Questão 2 Sobre o lítio, julgue as seguintes afirmações como verdadeiras (V) ou falsas (F):

(   ) O lítio é aplicado na produção de baterias devido à leveza do material e à sua capacidade de armazenamento de energia.
(   ) O lítio é um metal alcalino do Grupo 1, e sua distribuição eletrônica é 1s² 2s².
(   ) O lítio é um elemento inflamável e muito reativo, isso explica a explosão de baterias quando expostas a altas temperaturas.
(   ) A maior forma de obtenção do lítio é por eletrolise de sais como cloreto de lítio e cloreto de potássio.

a) VVFF
b) VFVV
c) VFFV
d) VFVF
e) Todas são verdadeiras.

Resolução

Alternativa B. Somente a segunda afirmativa está incorreta, pois o lítio possui 3 prótons, portanto, 3 elétrons em sua eletrosfera (no estado fundamental), sendo assim, sua distribuição eletrônica é 1s² 2s¹.

Por: Laysa Bernardes Marques de Araújo

Artigos relacionados

Zinco

Clique e conheça as características, importância para o organismo humano e utilizações do elemento químico Zinco.

Ouro

Conheça a história das utilizações do ouro, suas principais características e como ocorre a sua obtenção. Clique e confira!

Magnésio

Conheça as propriedades, fontes, formas de obtenção, aplicações e funções no organismo do elemento químico Magnésio.

Potássio

Conheça como ocorreu a descoberta do potássio, suas principais propriedades e aplicações, suas funções no organismo e suas fontes na alimentação.

Metais, semimetais e ametais

Clique aqui e conheça as propriedades dos metais, semimetais e ametais!

Metais

Conheças alguns tipos de metais e seus componentes.