Encima ou em cima?

A palavra “encima” é a conjugação do verbo “encimar” e a expressão “em cima” é uma locução adverbial. Apesar de homófonos, esses termos são usados em contextos diferentes.

Por serem termos homófonos, “encima” e “em cima” geram muitas dúvidas.
Por serem termos homófonos, “encima” e “em cima” geram muitas dúvidas.

Os termos “encima” e “em cima” são homófonos, isto é, têm o mesmo som. No entanto, são termos com significados distintos: enquanto um é uma conjugação verbal, o outro é uma locução adverbial. Vamos aprender quando usar cada um!

Leia também: Peço ou pesso?

Encima” ou “em cima”: qual a diferença?

Enquanto a palavra “encima” é uma conjugação verbal, o termo “em cima” é uma locução adverbial.

Assim, a palavra “encima”, conjugação do verbo “encimar”, refere-se ao ato de “estar sobre” ou de “colocar sobre”, de “elevar”. O termo “em cima”, por se tratar de locução adverbial, caracteriza a posição de algo.

Embora tenham significados relacionados, são duas expressões que devem ser usadas em contextos diferentes.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quando usar corretamente “encima”?

A palavra “encima”, apesar de pouco utilizada, é uma das conjugações do verbo “encimar”:

  • pode ser usada para a 3ª pessoa do singular (“ele”/“ela” e, no Brasil, para o pronome de tratamento “você”) no presente do indicativo;

  • também pode ser usada para a 2ª pessoa do singular (“tu”) no imperativo.

O verbo “encimar” indica o ato de “estar sobre” ou, ainda, de “colocar sobre”, em determinados contextos. Observe:

  • Uma bela refeição encima a mesa da sala de jantar.

  • O chapéu encima a cabeça da modelo.

  • Encima tu esta estrela no topo da árvore de Natal, por favor.

Como se trata de um verbo, essa conjugação pode ser substituída por outros tempos verbais, como o pretérito ou o futuro. Também pode variar em número (singular ou plural) de acordo com o sujeito. Veja:

  • Uma bela refeição encimava a mesa da sala de jantar.

  • Vários pratos encimavam a mesa da sala de jantar.

Veja também: Demais ou de mais?

Quando usar corretamente “em cima”?

A expressão “em cima” é uma locução adverbial de lugar muito utilizada para indicar a posição de algo ou de alguém. É uma locução composta pela preposição “em” e pelo advérbio “cima”. Muitas vezes também seguida da preposição “de”, quando há complemento, mas isso não é uma regra. Veja:

  • Uma bela refeição está em cima da mesa da sala de jantar.

  • Colocou uma estrela em cima da árvore de Natal.

Quando o complemento não fica explícito no enunciado, a expressão “em cima” pode ficar sem a preposição.

— Onde coloco a estrela?

— Ali em cima [da árvore].

Note que a expressão “em cima” é invariável:

Vários pratos estavam em cima da mesa da sala de jantar.

Por: Guilherme Viana

Artigos relacionados

Demais ou de mais?

Entenda a diferença entre “demais” e “de mais”. Saiba qual é o contexto adequado para se usar cada um deles e quais são suas possíveis funções.

Jeito ou geito?

Saiba se o correto é escrever jeito ou jeito e se essas palavras são homófonas. Descubra quando devemos utilizar a letra j nas palavras.

Peço ou pesso

Saiba qual a grafia correta da palavra conjugada na primeira pessoa do singular do presente do indicativo. Conheça os seus significados e observe os seus usos.

Prevenir ou previnir?

Prevenir ou previnir? Neste artigo vamos tirar todas as suas dúvidas sobre como escrever esse verbo corretamente!

Vim ou vir?

Entenda melhor a diferença no uso das formas verbais “vim” e “vir”, aprendendo quando se trata de uma conjugação do verbo “vir” ou do verbo “ver” com exemplos.

“Ao encontro de” ou “de encontro a”?

Entenda por que as expressões “ao encontro de” e “de encontro a” não devem ser confundidas, já que têm significados opostos, e aprenda quando usar cada uma.