Peço ou pesso

A dúvida referente à grafia de “pesso” ou “peço” é legítima, já que as duas estruturas possuem o mesmo som, entretanto, a única prevista nos dicionários é a primeira, conforme se observa em “peço”. 

Tal palavra é capaz de assumir diferentes sentidos de acordo com o contexto, por exemplo, solicitação, exigência ou demanda, assim como, em razão do seu caráter verbal, pode ser modificada, de maneira irregular, para adequar-se à pessoa, ao tempo, ao modo, ao número.

Leia também: Demais ou de mais?

O correto é “peço” ou “pesso”?

De acordo com a norma-padrão da língua portuguesa, apesar de as formas “pesso” e “peço” serem homófonas (possuírem o mesmo som), apenas existe a grafada com “ç”, fazendo com que a escrita com “ss” represente um desvio ortográfico.

É importante observar que “peço” é a conjugação em primeira pessoa do singular do presente do indicativo do verbo “pedir”, o que evidencia que tal construção é irregular, já que o radical ped- transformou-se em peç- (elemento que carrega o núcleo significativo, que não se divide em partes menores e que é comum a um grupo de palavras). Assim, outros verbos, como medir, despedir e impedir, mesmo que não sejam derivados de pedir, também seguem seu paradigma.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Exemplos de uso de “peço”

  • Eu normalmente peço um capuccino, mas hoje estou com vontade de tomar um chá.
  • Diante das provas, na condição de porta-voz do júri, peço a condenação do réu.
  • Estou desempregado há tempos, então peço um emprego para garantir a dignidade da minha família.
  • Peço já que você traga as planilhas preenchidas.
  • Ó, Deus, peço perdão pelos meus pecados.
Pelo fato de “ç” e “ss” representarem ortograficamente o mesmo som, há bastante dúvida em torno do emprego correto dessas letras.
Pelo fato de “ç” e “ss” representarem ortograficamente o mesmo som, há bastante dúvida em torno do emprego correto dessas letras.

Significado de “peço”

Levando-se em consideração que “peço” é uma das formas conjugadas do verbo “pedir”, veja quais são os sentidos que ela pode carregar:

  • Solicitar;
  • Implorar;
  • Exigir;
  • Demandar, requerer;
  • Impelir para.

Conjugação do verbo “pedir”

Conforme exposto, “pedir” é um verbo irregular, entretanto, tal rompimento do paradigma não ocorre em todos os tempos, modos e pessoas. Diante disso, há que se ressaltar que a irregularidade é observada no presente do indicativo e, consequentemente, nos tempos e modos derivados dele, como o presente do subjuntivo e os imperativos negativo e afirmativo. Os demais, como se constatará a seguir, seguem o padrão da terceira conjugação.

 

Indicativo

 

Presente

Pretérito imperfeito

Pretérito perfeito

Eu peço

Tu pedes

Ele pede

Nós pedimos

Vós pedis

Eles pedem

Eu pedia

Tu pedias

Ele pedia

Nós pedíamos

Vós pedíeis

Eles pediam

Eu pedi

Tu pediste

Ele pediu

Nós pedimos

Vós pedistes

Eles pediram

Pretérito mais-que-perfeito

Futuro do presente

Futuro do pretérito

Eu pedira

Tu pediras

Ele pedira

Nós pedíramos

Vós pedíreis

Eles pediram

Eu pedirei

Tu pedirás

Ele pedirá

Nós pediremos

Vós pedireis

Eles pedirão

Eu pediria

Tu pedirias

Ele pediria

Nós pediríamos

Vós pediríeis

Eles pediriam

 

 

Subjuntivo

 

Presente

Pretérito imperfeito

Futuro

(Que) Eu peça

          Tu peças

          Ele peça

          Nós peçamos

          Vós peçais

          Eles peçam

(Se) Eu pedisse

       Tu pedisses

       Ele pedisse

       Nós pedíssemos

       Vós pedísseis

       Eles pedissem

(Quando) Eu pedir

                Tu pedires

                Ele pedir

                Nós pedirmos

                Vós pedirdes

                Eles pedirem

 

Imperativo

Afirmativo

Negativo

------------------------------------

Pede tu

Peça você

Peçamos nós

Pedi vós

Peçam vocês

­­------------------------------------

Não peças tu

Não peça você

Não peçamos nós

Não peçais vós

Não peçam vocês

 

Infinitivo

Infinitivo pessoal

Eu pedir

Tu pedires

Ele pedir

Nós pedirmos

Vós pedirdes

Eles pedirem

Veja também: Jeito ou geito?

Exercícios resolvidos

Questão 1 - Analise as alternativas e escolha a que contém a conjugação do verbo “pedir” de acordo com a norma-padrão e o contexto enunciativo.

A) Amanda, pede você a pizza por telefone.

B) Espero que não peçamos mais tempo para concluir a atividade.

C) Amanhã acontecerá a missa de sétimo dia do Heitor, e o padre pedira que todos rezem uma ave-maria.

D) Apenas pesso que as pessoas ao meu redor sejam felizes.

E) Quando tu pedir os relatórios, não esqueças que não podem conter assinatura.

Resolução

Alternativa B. Na alternativa A, como está na terceira pessoa do imperativo afirmativo, a conjugação deveria ser “peça”. Na alternativa C, faltou o acento na palavra “pedira”, pois, de acordo com o contexto, o verbo deveria estar no futuro do presente, não no pretérito mais-que-perfeito. Na alternativa D, há um desvio ortográfico, pois “pesso” não consta em nenhum dicionário. Na alternativa E, a conjugação deveria ser “pedires”.

Questão 2 – Preencha as lacunas, observando a norma-padrão, com uma das possibilidades presentes nos parênteses e marque a alternativa correta.

I – Júlia e Raíssa _____________ (pediram/pedirem) ontem um livro pelo site.

II – Se eu ______________ (pedisse/pedi) uma marmita, não estaria com fome.

III – No mês passado, o Manuel ___________ (pediria/pedira) para a Josefa organizar a viagem, mas anteontem ele ___________ (pede/pediu) para cancelá-la.

A alternativa que apresenta o preenchimento adequado dos espaços em branco é:

A) pediram, pedi, pedira, pediu.

B) pedirem, pedisse, pediria, pede.

C) pediram, pedisse, pedira, pediu.

D) pediram, pedi, pediria, pediu.

E) pedirem, pedi, pedira, pede.

Resolução

Alternativa C, pois, na I, a marcação de circunstância “ontem” denota que a ação está no pretérito, não no futuro. Na II, a conjunção evidencia-se como uma hipótese, logo, a lacuna deveria ser preenchida com um verbo no subjuntivo. Na III, no primeiro espaço, deveria constar um verbo no tempo mais-que-perfeito, já que é uma ação anterior à outra que também aconteceu no passado, portanto, na segunda lacuna, deveria ser apresentado um verbo no pretérito perfeito, pois se trata de uma ação acabada.

Por: Diogo Berquó

Artigos relacionados

Companhia ou compania?

Você sabe dizer qual é a forma correta: companhia ou compania? Clique e tenha a resposta de mais uma dúvida linguística.

Demais ou de mais?

Entenda a diferença entre “demais” e “de mais”. Saiba qual é o contexto adequado para se usar cada um deles e quais são suas possíveis funções.

Jeito ou geito?

Saiba se o correto é escrever jeito ou jeito e se essas palavras são homófonas. Descubra quando devemos utilizar a letra j nas palavras.

Prevenir ou previnir?

Prevenir ou previnir? Neste artigo vamos tirar todas as suas dúvidas sobre como escrever esse verbo corretamente!

Retificar ou ratificar?

Leia e aprenda a diferença entre os parônimos retificar e ratificar e amplie seus conhecimentos sobre ortografia da Língua Portuguesa!

Saudade ou saudades?

Saudade ou saudades? Se você ficou curioso para saber a resposta, clique agora e confira mais uma super dica da língua portuguesa.