Divisão com resultado decimal

Na divisão com resultado decimal, resultados que possuem vírgula são válidos. O método para encontrá-los gira em torno de incluir a vírgula ao final da divisão inteira.

Uma divisão possui resultado decimal quando é necessário descobrir a parcela do resto que cabe a cada uma das partes nas quais a quantidade inicial foi dividida. Em outras palavras, quando o resto é diferente de zero e a divisão não é interrompida, o resultado é um número decimal.

Para aprender a encontrar esse tipo de resultado em uma divisão, é preciso ter bons conhecimentos a respeito do algoritmo usado para fazer contas de dividir. Para aprender sobre ele, clique aqui. Além disso, também é importante conhecer algumas das definições básicas da divisão, que serão discutidas adiante.

Veja também: Dicas para o cálculo de multiplicação
 

Divisão entre números naturais e primeiro resultado decimal

Quando precisamos dividir uma sala de aula que possui 21 alunos em 2 grupos, um aluno sobrará porque ele não pode ser repartido.

Essa divisão pode ser escrita na forma:
 

21:2 = 10 com resto 1

ou

21 = 2·10 + 1
 

Essa última é a definição básica da divisão. Nela, 21 é o dividendo, 2 é o divisor, 10 é o quociente ou resultado, e 1 é o resto.

Quando o objeto a ser dividido permite, podemos repartir o resto em partes iguais e distribuir para cada uma das unidades do divisor. No exemplo acima, cada unidade do divisor receberia metade de 1, representada por 0,5, e o resultado final seria 10,5. A divisão não é considerada exata, mas não existe resto.

Veja também: Divisão de polinômios
 

Como encontrar o resultado decimal na divisão?

Para encontrar o resultado decimal, o primeiro passo é aplicar o algoritmo da divisão para encontrar quociente e resto.

Feito isso e com a certeza de que todos os algarismos do dividendo foram usados e todas as divisões possíveis foram feitas, adicione vírgula logo após o último algarismo do quociente.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Esse passo “nos dá o direito” de adicionar um zero ao final do resto, como se o tivéssemos multiplicado por 10, e prosseguir na divisão.

Existem duas observações muito importantes a serem feitas sobre esse procedimento:

1. Alguns professores ensinam que, no decorrer da divisão, ao dividirmos um número menor do que o divisor, devemos adicionar um zero ao final desse número e outro zero ao final do quociente. Após usar a vírgula, não devemos mais adicionar zeros ao final do quociente por esse motivo. Após o uso da vírgula, podemos adicionar quantos zeros forem necessários ao número a ser dividido;

2. Todo número decimal possui uma única vírgula. Por isso, não podemos adicionar uma segunda vírgula a um número.


Exemplo:

Calcule 35:2

Aplicando o algoritmo da divisão, teremos:
 

             35    |     2   
        – 2           17
15 
– 14   
  1

35:2 é igual a 17, e o resto é 1. Para prosseguir na divisão, encontrando o resultado decimal, basta adicionar vírgula ao quociente e um zero ao resto:

               35  |         2   
          – 2         17,5
15
– 14
        10
     – 10
          0

Encontrando “resto” zero, a divisão acaba. O resultado da divisão de 35:2 é 17,5.


Exemplo 2

Qual é o resultado da divisão de 100 por 3?

             100    |     3    
               – 9       33,333…
10  
– 9   
     10   
    – 9   
    1

Como o resultado é uma dízima periódica, prosseguimos adicionando 3 ao quociente e 0 ao dividendo infinitamente.

 

A divisão é uma das quatro operações matemáticas básicas

A divisão é uma das quatro operações matemáticas básicas

Por: Luiz Paulo Moreira Silva

Artigos relacionados

Conjunto dos Números Naturais

Conjuntos numéricos, Definição de conjunto, Conjunto dos números naturais, Conjunto dos números inteiros, Conjunto dos números racionais, Conjunto dos números irracionais, Conjunto dos números reais, Relação entre conjunto e elemento.

Dicas para o cálculo da multiplicação

Você sabia que existem regras que possibilitam o cálculo da multiplicação de forma mais rápida? Acesse e descubra!

Divisão de Polinômios

Você sabe como realizar a divisão de polinômios? Qual método você utiliza? Aprenda a dividir polinômios utilizando o método da chave.

Mínimo Múltiplo Comum (MMC) de Polinômios

Aprenda a determinar o Mínimo Múltiplo Comum (MMC) de polinômios utilizando regras de fatoração.

Monômios

Clique e aprenda o que são monômios, o que é grau de um monômio e o modo correto de realizar as operações matemáticas básicas que os envolvem.

Fatoração de Polinômios

Aplicando técnicas de fatoração em polinômios.

Adição e subtração de polinômios

Propriedades da adição e subtração com polinômios

Média ponderada

Clique para entender o que é média ponderada, aprender a realizar os cálculos para encontrá-la e obter exemplos resolvidos e comentados.

Simplificação de frações

Clique para aprender o que é simplificação de frações, como simplificá-las e como encontrar as chamadas frações irredutíveis.

Multiplicação e divisão de radicais

Você sabe como fazer multiplicação e divisão de radicais com mesmo índice? E com índices distintos? Confira nossas dicas para esses dois casos!

Origem dos sinais

Conheça a origem dos sinais utilizados nos dias de hoje para adição, subtração, multiplicação e divisão.