Radiação ionizante

Radiação ionizante é o tipo de radiação capaz de arrancar os elétrons das moléculas e átomos. Um exemplo de radiação ionizante são os raios X.

Radiografia do tórax obtida de raios X, uma fonte artificial de radiação ionizante.
Os raios X são uma fonte artificial de radiação ionizante.

A radiação ionizante é o tipo de radiação capaz de excitar e ionizar os átomos e moléculas de tal forma que consegue extrair seus elétrons, em razão da sua elevada energia. Alguns exemplos de radiação ionizante são os raios X, os raios cósmicos, os raios alfa.

Leia também: Acidente com césio-137 em Goiânia — grave acidente radiológico relacionado à radiação ionizante

Tópicos deste artigo

Resumo sobre radiação ionizante

  • A radiação ionizante é o tipo de radiação capaz de arrancar os elétrons das moléculas e átomos.
  • Seus tipos são: radiação eletromagnética e radiação corpuscular.
  • Suas fontes podem ser naturais ou artificiais.
  • Seus efeitos à saúde variam de acordo com três parâmetros: dose de radiação, duração da exposição à radiação e forma de exposição à radiação.
  • Ela é empregada na remoção de microorganismos patógenos de alimentos e de intrumentos cirúrgicos, em exames radiológicos, tomográficos e mamográficos; nos tratamentos de câncer; nos reatores nucleares e aceleradores de partículas.
  • Existem algumas medidas de controle para evitar ou diminuir a exposição à radiação ionizante, tais como a ventilação dos ambientes que usem radiação ionizante e o uso de equipamentos de proteção individual e coletiva.

O que é radiação ionizante?

A radiação ionizante é o tipo de radiação capaz de arrancar os elétrons das moléculas e átomos. Isso é possível porque ela é uma onda eletromagnética caracterizada por uma elevada frequência de oscilação, um baixo comprimento de onda e uma elevada energia. Motivo pelo qual consegue ionizar e excitar as moléculas e átomos, provocando a retirada de seus elétrons, que se tornam cátions e sofrem modificações nas suas propriedades físicas, químicas e biológicas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Tipos de radiação ionizante

A radiação ionizante pode ser eletromagnética ou corpuscular.

  • Radiação ionizante eletromagnética: é aquela que se transmite no vácuo por meio de um campo magnético associado a um campo elétrico, transportando energia. Alguns exemplos são os raios X e os raios gama.
  • Radiação ionizante corpuscular: é aquela que se transmite através de um feixe de partículas elementares, tais como os prôtons, os elétrons e os nêutrons, transportando massa e energia. Alguns exemplos são os raios alfa e os raios beta.

Quais são as fontes de radiação ionizante?

As fontes de radiação ionizante podem ser naturais ou artificiais:

  • Fontes naturais de radiação ionizante: não foram criadas pelo ser humano, sendo originadas da própria natureza. Por exemplo, os radionuclídeos e as radiações cósmicas.
  • Fontes artificiais de radiação ionizante: foram criadas pelo ser humano por meio do bombardeamento de um átomo com partículas aceleradas, não sendo observadas na natureza. Por exemplo, os tubos de raio X, as partículas alfa e beta.

Principais efeitos da radiação ionizante à saúde

Os efeitos da radiação ionizante à saúde dependem da dose de radiação recebida pelas pessoas ou pela natureza, a duração da sua exposição e a sua forma de exposição.

Nos humanos, em curto prazo, os efeitos podem ser náuseas, vômitos, disenteria, fraqueza, perda de cabelo, queimaduras na pele, dores de cabeça, problemas comportamentais, enfraquecimento do sistema imunológico e muitos outros. Já em longo prazo, é possível que se apresentem infertilidade, mutações genéticas, doenças cancerígenas, síndrome aguda das radiações (SAR).

A natureza também pode sofrer com a exposição a altas doses de radiação ionizante. Por exemplo, em um desastre radiológico, ocorre a poluição do solo, do ar, da água, a morte ou alterações gênicas dos animais, entre outros.

Uso da radiação ionizante no cotidiano

Existem diversos usos da radiação ionizante em nosso cotidiano. Alguns deles são:

  • alta eficiência na eliminação de microorganismos patógenos;
  • reparação de obras de arte;
  • capturação de imagens de objetos que estão em locais inacessíveis;
  • conservação de objetos;
  • radioagrafias, tomografias, mamografias, densitometria óssea;
  • medicina nuclear, usada em tratamentos cancerígenos;
  • esterilização de instrumentos cirúrgicos e alimentos;
  • reatores nucleares e aceleradores de partículas;
  • datação de carbono 14 em fósseis e artefatos arcaicos;
  • instrumentos identificadores de ondas eletromagnéticas e raios cósmicos.

Veja também: Raios cósmicos — detalhes sobre uma fonte natural de radiação ionizante

Medidas de controle da radiação ionizante

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), existem algumas medidas de controle da exposição à radiação ionizante. Recomenda-se que os ambientes permaneçam constantemente ventilados, que haja sempre o uso de equipamentos de proteção individual e coletiva (EPI e EPC), além do planejamento das atividades que serão realizadas nesse local como forma de diminuir o tempo de exposição e evitar possíveis acidentes radiológicos.

Fontes

HALLIDAY, David; RESNICK, Robert; WALKER, Jearl. Fundamentos da Física: Ótica e Física Moderna. 8. ed. Rio de Janeiro, RJ: LTC, 2009.

NUSSENZVEIG, Herch Moysés. Curso de física básica: Ótica, Relatividade, Física Quântica (vol. 4). Editora Blucher, 2015.

Por: Pâmella Raphaella Melo

Artigos relacionados

A Descoberta da Radioatividade

A descoberta da radioatividade contou com o trabalho de inúmeros cientistas, tais como: Röentgen, Becquerel, o casal Curie e Rutherford.

Bomba Atômica

A Bomba atômica é uma arma de energia nuclear que possui um grande poder de destruição.

Efeitos biológicos das radiações

Conheça os efeitos causados pela exposição às principais fontes de radiação, como as radiações alfa, beta e gama e os raios X.

Energia Nuclear

O uso, a importância, as vantagens e desvantagens do uso da Energia Nuclear.

Energia Nuclear

Conheça as vantagens e as desvantagens do uso da energia nuclear.

Leis da radioatividade

Clique e aprenda as leis da radioatividade, que estudam como o núcleo de um átomo comporta-se quando emite radiações alfa ou beta.

Período de Meia-Vida

Período de Meia-Vida ou Período de Semidesintegração (P ou t1/2) é o tempo para uma amostra radioativa reduzir à metade.

Radiação

Descubra o que é radiação, como ela é produzida e utilizada e que riscos oferece à saúde humana. Veja alguns acidentes marcantes na história da radiação.

Radioatividade

Conheça a definição de radioatividade, como ela é formada e quais são as suas utilizações.

Tipos de Radiações

Ondas eletromagnéticas que se propagam com velocidade e energia elevada.