Força de atrito

A força de atrito surge em razão do contato entre a superfície e o corpo sobre ela. Ela pode ser do tipo cinética ou estática.

A força F aplicada horizontalmente no corpo abaixo atua com a finalidade de movimentar o objeto. No entanto, existe uma força oposta à força F, denominada de força de atrito, que se opõe a esse movimento.

A força de atrito surge pelo contato dos corpos com a superfície onde são colocados. Ela só pode ser notada a partir da aplicação de uma força externa ao corpo, como a força F da figura acima.

  • A influência da superfície

Dependendo das características da superfície, ela pode gerar mais ou menos atrito. Superfícies rugosas, repletas de pequenas falhas ou altamente aderentes geram muito atrito e dificultam o movimento dos objetos. As superfícies lisas ou polidas, por sua vez, oferecem pouca resistência ao movimento.

A grandeza adimensional chamada de coeficiente de atrito (μ) caracteriza as superfícies em relação ao atrito imposto por elas. Quanto maior é o coeficiente de atrito, maior é a dificuldade imposta pela superfície ao movimento.

  • O atrito estático

A força de atrito é determinada pelo produto do coeficiente de atrito e a força normal que atua sobre o corpo. Se o objetivo estiver parado, a força que se opõe ao movimento será denominada de força de atrito estático. Para que haja movimento, a força necessária para movimentar o objeto deve superar a força de atrito estático.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Nessa equação, μe significa coeficiente de atrito estático e caracteriza a superfície quando sobre ela está um objeto em repouso.

  • O atrito cinético

A força externa aplicada a um corpo só poderá gerar movimento no momento em que ela vencer a força de atrito estático. Quando isso ocorre, a força de atrito não deixa de existir, mas passa a ser denominada de força de atrito cinético ou dinâmico. Essa força ainda se opõe ao movimento, mas com menor intensidade.

Nessa equação, μc significa coeficiente de atrito cinético e caracteriza a superfície quando sobre ela existe um objeto já em movimento.

Os valores dos coeficientes de atrito estático são sempre maiores que os valores dos coeficientes de atrito cinético.

O calor gerado pelo atrito acende o palito de fósforo

O calor gerado pelo atrito acende o palito de fósforo

Por: Joab Silas da Silva Júnior

Artigos relacionados

O que é força?

Clique aqui para entender o que é força, a grandeza vetorial que se relaciona com ações como empurrar e chutar.

Como funcionam os freios ABS?

Clique aqui para descobrir como funcionam os freios ABS, tipos de freio obrigatórios em todos os carros fabricados no Brasil a partir de 2014.

Força de atrito estático

Aprenda aqui a definição de força de atrito estático e veja também em quais situações nos deparamos com essa força.

Ângulo de atrito

Veja aqui como podemos determinar o ângulo de atrito fazendo uso do plano inclinado.

Leis do atrito cinético

Entendendo as características gerais que regem as leis do atrito cinético.

Coeficiente de atrito

Clique aqui e conheça o coeficiente de atrito, grandeza fundamental para a compreensão das forças de atrito!

Força de atrito cinético

Veja aqui a definição de força de atrito cinético e conheça também em quais situações nos deparamos com essa força.

Modelo experimental para força de atrito

Veja aqui como testar a força de atrito através de um modelo experimental.

O Atrito Pode ser Útil

Você sabia que, em uma superfície sem atrito, a pessoa não conseguiria caminhar? Clique e entenda!

O Atrito em nosso favor

Se não houvesse o atrito, não poderíamos andar ou segurar objetos. Clique e aprenda como essa força funciona a nosso favor.