O que define uma planta?

Compreender o que define uma planta é essencial para entender por que espécies tão distintas morfológica e fisiologicamente são classificadas em um mesmo reino.

Quando pedimos a uma pessoa um exemplo de planta, dificilmente ficaremos sem respostas. Saber que o abacateiro, uma roseira ou uma samambaia são plantas é considerado bastante simples para a maioria das pessoas, entretanto, você já se perguntou que características elas possuem para serem classificadas como tais?

Como as plantas eram conhecidas na Antiguidade?

Na Antiguidade, era muito comum classificar os seres vivos em apenas dois grupos: plantas e animais. Esses últimos seriam aqueles organismos que se alimentavam, mexiam e cresciam apenas até determinado ponto. As plantas, por sua vez, eram aqueles organismos incapazes de se mexer, que cresciam de maneira indefinida e não se alimentavam. Essa classificação, no entanto, é extremamente incorreta, principalmente quando pensamos no fungo.

Quais são as características utilizadas atualmente para classificar um organismo como planta?

Atualmente, depois do avanço na Microscopia e em algumas áreas da Biologia, foi possível determinar algumas características básicas que permitem classificar um organismo como planta. A seguir listaremos algumas dessas características:

  1. Multicelulares: Todas as plantas são multicelulares, ou seja, formadas por mais de uma célula;

  2. Células eucarióticas: As plantas possuem células eucarióticas, ou seja, células que possuem material genético envolto por um envoltório nuclear. Essas células são complexas e apresentam uma grande variedade de organelas, que são limitadas por membranas;

    Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  3. Parede celular celulósica: As plantas possuem células com parede celular formada por uma grande quantidade de celulose, um importante polissacarídio. A função principal da parede celular é limitar o crescimento da célula, evitando que ela se rompa pela entrada exagerada de água. É a parede celular que garante também o formato da célula e a textura do tecido que a possui;

  4. Fotossintetizante: A principal forma de nutrição das plantas é a fotossíntese, entretanto, algumas plantas aclorofiladas possuem nutrição heterotrófica;

  5. Reprodução sexuada: A reprodução das plantas é basicamente sexuada, ocorrendo alternância de gerações. Assim sendo, as plantas apresentam fases de vida haploides e diploides;

  6. Embrião na fase esporofítica: As plantas também recebem a denominação de embriófitas, uma vez que possuem um embrião multicelular retido no gametófito feminino.

Saiba mais sobre os diferentes grupos de plantas nos textos: Briófitas, Pteridófitas, Gimnospermas e Angiospermas.

O girassol é uma planta porque é eucarionte, multicelular, fotossintetizante e retém o embrião em um gametófito feminino

O girassol é uma planta porque é eucarionte, multicelular, fotossintetizante e retém o embrião em um gametófito feminino

Por: Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos relacionados

Três domínios

Aprenda a classificação dos seres vivos em três domínios e saiba que reinos deixam de existir quando se considera essa forma de agrupar os organismos.

Cinco plantas tóxicas comuns em jardins

Conheça cinco plantas tóxicas comuns em jardins e entenda os riscos à saúde pelo contato e pela ingestão acidental dessas espécies.

Comigo-ninguém-pode

Aprenda mais sobre a comigo-ninguém-pode, uma planta muito utilizada na ornamentação que pode causar graves intoxicações.

Pteridófitas

Plantas que possuem vasos condutores e tecidos, mas não apresentam sementes.

Briófitas

Clique aqui e aprenda algumas características importantes das briófitas.

Plantas epífitas

Entenda o que são plantas epífitas e a importância dessas espécies para a fauna de uma região.

Angiospermas

Grupo de plantas caracterizado pela presença de flores e frutos.

Gimnospermas

Gimnospermas, Plantas vasculares, Sementes nuas, Ovário, Escamas, Estróbilo, Pinha, Microsporângio, Megasporângio, Grão de pólen, Monóicas, Dióicas, Anemofilia, Haplóides, Zigoto, Araucária, Sequóias, Ginko biloba.