Hepatites virais

Hepatites virais são doenças provocadas por vírus que atingem o fígado e podem desencadear complicações graves, como cirrose e câncer no fígado.

Hepatites virais são doenças provocadas por vírus e que afetam o fígado.
Hepatites virais são doenças provocadas por vírus e que afetam o fígado.

As hepatites virais são doenças que acometem o fígado e são desencadeadas por vírus. Existem diferentes tipos de hepatites virais, cada qual com sua particularidade. As hepatites A e E, por exemplo, são transmitidas pela via oral-fecal, enquanto as hepatites B, C e D podem ser transmitidas por contato com sangue contaminado, contato sexual desprotegido ou da mãe para o bebê.

Geralmente as hepatites virais são silenciosas, entretanto, sintomas como icterícia (pele e olhos amarelados) e colúria (urina escura) podem surgir em alguns casos. Não existem tratamentos específicos para a hepatite A e E. As hepatites B, C e D apresentam tratamento, no entanto, apenas o tratamento da hepatite C pode levar à cura da doença.

Saiba mais: Doenças sexualmente transmissíveis – alguns exemplos

Resumo sobre hepatites virais

  • Hepatites virais são doenças provocadas por vírus que acometem o fígado.

  • Os principais vírus responsáveis por provocar hepatites virais são: vírus da hepatite A (HAV), vírus da hepatite B (HBV), vírus da hepatite C (HCV), vírus da hepatite D (HDV) e vírus da hepatite E (HEV).

  • As hepatites A e E apresentam transmissão fecal-oral.

  • As hepatites B, C e D podem ser transmitidas por meio do contato com sangue contaminado, em relação sexual desprotegida e da mãe para o bebê.

  • Atualmente há vacinas contra hepatites B e A.

  • Existem medicamentos que permitem a cura da hepatite C.

Qual a definição de hepatites virais?

Hepatites virais são infecções que atingem o fígado e são provocadas por vírus. De maneira geral, as hepatites costumam ser infecções silenciosas, não apresentando sintomas nas fases iniciais. Os principais vírus responsáveis por provocar hepatites virais são: vírus da hepatite A (HAV), vírus da hepatite B (HBV), vírus da hepatite C (HCV), vírus da hepatite D (HDV) e vírus da hepatite E (HEV).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quais são os tipos das hepatites virais?

São tipos de hepatites virais:

  • Hepatite A: é causada pelo vírus HAV. A doença é transmitida pela via fecal-oral, tendo relação, portanto, com falta de saneamento básico e hábitos de higiene pessoal inadequados. Os sintomas iniciais da doença são inespecíficos e podem incluir dores musculares, fadiga, mal-estar e febre. Podem surgir também sintomas como constipação ou diarreia, náusea, vômito e dor abdominal. Icterícia (pele e olhos amarelados) e urina preta são também sintomas da doença.

  • Hepatite B: é causada pelo vírus HBV. Apresenta diferentes formas de transmissão, como relações sexuais desprotegidas, compartilhamento de objetos perfurocortantes, transfusão de sangue e da mãe para o bebê. A doença evolui de maneira silenciosa, manifestando-se apenas em fase mais avançada.

    Pode apresentar sintomas como tontura, náusea, vômito, dor abdominal e febre. A icterícia é observada em menos de um terço dos pacientes com esse tipo de hepatite. A hepatite B pode se resolver espontaneamente em cerca de seis meses ou permanecer, sendo, neste último caso, crônica. A forma crônica pode levar ao desenvolvimento de cirrose e câncer de fígado.

Esquema ilustrativo de fígados acometidos por hepatite crônica, cirrose e carcinoma hepatocelular.
As hepatites virais podem provocar o desenvolvimento de cirrose e câncer.
  • Hepatite C: é causada pelo vírus HCV. A hepatite C pode ser transmitida por meio de relação sexual desprotegida, pela transfusão de sangue, da mãe para o bebê e pelo contato com sangue contaminado. A doença, geralmente, não leva ao surgimento de sintomas. Pode se manifestar de forma aguda ou crônica. A forma crônica da doença atinge de 60% a 85% dos casos. A doença pode evoluir para cirrose e carcinoma hepatocelular.

  • Hepatite D: é causada pelo vírus HDV. A doença é transmitida da mesma forma que a hepatite B, estando o tipo D diretamente associado com o tipo B. O HDV pode infectar uma pessoa por meio de coinfecção simultânea com o HBV ou provocar superinfecção em pacientes com infecção crônica pelo HBV. A doença pode ou não provocar sintomas, sendo os mais comuns: febre, cansaço, tontura, náusea, vômito, dor abdominal, urina escura, fezes claras e icterícia.

  • Hepatite E: é causada pelo vírus HEV. A doença é transmitida, principalmente, pela via fecal-oral. Geralmente, a doença é aguda, de curta duração e autolimitada. A hepatite E pode desencadear sintomas como mal-estar, febre, dor muscular, náusea, vômito, dor abdominal, diarreia ou constipação, urina escura e icterícia. A hepatite E pode ser perigosa na gestação, aumentando os riscos de desenvolver insuficiência hepática aguda, aborto e morte da mãe.

Qual a forma de transmissão das hepatites virais?

As hepatites virais apresentam diferentes formas de transmissão, a depender do vírus que estamos analisando. A hepatite A e a hepatite E apresentam transmissão fecal-oral, enquanto as hepatites B, C e D são transmitidas por via sexual, da mãe para o bebê (durante o parto e a gestação), por transfusão de sangue, e por compartilhamento de objetos, como agulhas, lâminas de barbear e outros materiais perfurocortantes.

Quais são os sintomas das hepatites virais?

As hepatites virais nem sempre provocam sintomas, sendo silenciosas. Quando os sintomas aparecem, podem incluir mal-estar, febre, náusea, vômito e dor abdominal. Além disso, as hepatites podem provocar a icterícia, que se caracteriza pelo amarelamento da pele e dos olhos, e colúria, que nada mais é que a eliminação de urina escura. Vale salientar que as hepatites B, C e D podem desenvolver formas crônicas, que podem levar ao desenvolvimento de cirrose e hepatocarcinoma. Em pacientes crônicos, é comum que a doença só seja diagnosticada quando essas complicações já se estabeleceram.

Leia mais: Diferenças entre sinais e sintomas

Qual o tratamento para as hepatites virais?

O tratamento das hepatites virais dependerá do tipo de hepatite adquirido pelo indivíduo. No caso das hepatites A e E, não há tratamento específico para a doença. As hepatites B e C são tratadas com antivirais específicos.

No caso da hepatite D, as terapias atualmente disponíveis são, de acordo com o Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis, do Ministério da Saúde, compostas por alfapeguinterferona 2a e/ou um análogo de nucleosídeo ou nucleotídeo. Os tratamentos atualmente disponíveis para hepatites B e D não levam à cura da doença. A hepatite C, por sua vez, pode ser curada, em mais de 95% dos casos, com o tratamento com antivirais.

Como prevenir-se contra as hepatites virais?

Vacina contra hepatite B.
Atualmente a hepatite B pode ser evitada por meio da vacinação.

Assim como existem diferentes formas de transmissão das hepatites virais, há diferentes formas de se proteger contra elas. As hepatites A e B são as únicas que possuem vacinas disponíveis, sendo a vacinação, portanto, uma importante forma de prevenção contra esses tipos.

Para se prevenir das hepatites A e E, é importante a adoção de hábitos de higiene, como lavar sempre as mãos e os alimentos e beber água tratada. No caso das hepatites B, C e D, é importante usar sempre camisinha, não compartilhar objetos pessoais, como alicates, lâminas de barbear e escovas de dente, e fazer tatuagens e piercings apenas em locais que respeitem as regras de segurança.

Por: Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos relacionados

Cirrose

Compreenda o que é a cirrose, seu impacto na vida de uma pessoa e as principais causas dessa doença.

Fígado

Entenda melhor a estrutura do fígado e conheça algumas das principais funções desse importante órgão do corpo humano.

Gripe, hepatite, herpes e poliomielite

Clique aqui e conheça as formas de contaminação das seguintes doenças virais: gripe, hepatite, herpes e poliomielite. Veja também como evitá-las.

Hepatite A

Saiba mais sobre a hepatite A, seus sintomas, formas de transmissão, prevenção e tratamento.

Hepatite B

Conheça aspectos interessantes da hepatite B, uma doença viral sexualmente transmissível.

Hepatite C

Saiba mais sobre a hepatite C, uma doença viral que pode afetar gravemente o fígado.

Hepatite D

Saiba mais sobre a hepatite D, uma doença viral que pode ser transmitida por relação sexual.

Icterícia

Entenda o que é a icterícia e saiba o que causa essa manifestação clínica muito comum em bebês.