Transfusão de Sangue

A transfusão de sangue é um procedimento médico requerido em casos de anemias profundas, problemas de coagulação, alguns casos de imunidade fragilizada e sangramentos, decorrentes de cirurgias ou não; em situações nas quais não há alternativas para o tratamento do paciente.

Para que ela seja feita, é necessário que o sangue a ser transfundido tenha dado resultado negativo para doenças crônicas e infecciosas (Hepatite B, Hepatite C, HIV, HTLV, Sífilis e Doença de Chagas), e também é preciso verificar sua compatibilidade com a do paciente.

Sempre é optado por transfundir sangue de igual grupo sanguíneo e fator Rh ao paciente. Em casos em que bolsas que obedeçam a esse critério não se encontram disponíveis, outros tipos compatíveis podem ser utilizados. O sangue do tipo O negativo, por exemplo, pode doar para todos os tipos sanguíneos, enquanto o do tipo AB positivo, pode receber todos os tipos de sangue.

A tabela abaixo demonstra a relação de compatibilidade entre eles:

TIPO
SANGUÍNEO

DOA PARA

RECEBE DE

O-
(O negativo)

O - , O +,

A - , A +,

B - ,  B+

AB - , AB +

O -

O +
(O positivo)

O + , A + , AB +

O + , O -

A -
(A negativo)

A - , A + ,

AB - , AB +

A - , O -

A +
(A positivo)

A + , AB +

A + , A - ,

O + , O -

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

B -
(B negativo)

B - , B + ,

AB - , AB +

B - , O -

B +
(B positivo)

B + , AB +

B + , B - ,

O + , O -

AB -
(AB negativo)

AB - , AB +

AB - , A - ,

B - , O -

AB +
(AB positivo)

AB +

AB +, AB - ,

A + , A - ,

B + , B - ,

O + , O -


Todo sangue a ser transfundido vem de doações de pessoas que se submeteram, previamente, a uma triagem clínica e cujo sangue foi analisado, a fim de detectar infecções e quadro anêmico.

Embora seja proibida a comercialização de sangue em nosso país, atendimentos particulares e com plano de saúde geralmente cobram esse serviço, sendo o valor referente à coleta do sangue, triagem, execução de testes, armazenamento e deslocamento; além do procedimento propriamente dito.

O material sanguíneo a ser utilizado pode ser o sangue completo ou somente um ou mais de seus componentes: plaquetas, hemácias, plasma e crioprecipitados. Esses últimos são requeridos, principalmente, para casos de hemofilia, uma vez que desse material é que são retirados os fatores coagulantes.

Uma única bolsa demora em torno de duas horas para ser transfundida ao paciente.

Curiosidade:

Em nosso país, a cada dois segundos, pelo menos uma pessoa precisa de transfusão de sangue.


Aproveite para conferir as nossas videoaulas sobre o assunto:

A transfusão de sangue garante a sobrevivência de muitas pessoas.

A transfusão de sangue garante a sobrevivência de muitas pessoas.

Por: Mariana Araguaia

Artigos relacionados

Doação de sangue

Saiba mais sobre a doação de sangue aqui! Veja como ela é realizada, quem pode ser doador, os cuidados antes e depois da doação, fatores impeditivos e muito mais.

Doação de órgãos

Aprenda mais sobre a doação de órgãos, conheça os diferentes tipos de doadores e compreenda a importância de realizar esse gesto de amor.

Plasma sanguíneo

Saiba mais sobre o plasma sanguíneo, a parte líquida do sangue.

Sangue

O sangue é um tipo de tecido conjuntivo. Conheça quais são seus componentes e qual é a sua função em nosso corpo.

Sistema ABO

Saiba as características e as relações que existem entre os diferentes tipos sanguíneos do sistema ABO.

Veias

Saiba mais sobre as veias, um tipo de vaso sanguíneo. Neste texto abordaremos as características das veias e sua classificação. Falaremos também sobre as varizes.