Classificação dos seres vivos em cinco reinos

A classificação dos seres vivos em cinco reinos, proposta por Whittaker, agrupa os seres vivos nos reinos Monera, Protista, Fungi, Plantae e Animalia.

Classificar os seres vivos não é uma tarefa fácil, uma vez que pode ser complicado escolher um parâmetro que permita relacioná-los todos a grupos distintos. Diversas foram as formas já criadas para fazer esse tipo de classificação, e, hoje, a mais difundida é a que foi proposta por Whittaker.

→ Classificação de Robert Whittaker

O sistema de classificação proposto por Whittaker, em 1969, separa os seres vivos em cinco reinos. Para classificar os organismos dessa forma, Whittaker analisou critérios como a organização celular, ou seja, se os organismos eram procariontes ou eucariontes, e verificou o número de células (formados por uma ou mais células) e a forma de nutrição.

Segundo Whittaker, os organismos são classificados em:

  • Reino Monera: Nesse reino, encontramos os organismos unicelulares, formados por uma única célula, e os procariontes, ou seja, que não possuem material genético contido por um envoltório nuclear. Esses organismos podem ser coloniais ou não, e autotróficos ou heterotróficos. Autotróficos são aqueles organismos capazes de produzir seu próprio alimento, e heterotróficos são aqueles que necessitam ingerir matéria orgânica do meio externo e não são, portanto, capazes de realizar sua produção. Como exemplo de organismos do Reino Monera, temos as bactérias e cianobactérias.

As bactérias estão agrupadas no Reino Monera

  • Reino Protista: Nesse reino, estão agrupados os organismos que são formados por uma única célula e que podem ou não ser coloniais. Além disso, esses seres são eucariontes e apresentam diferentes formas de nutrição, tais como a absorção e a fotossíntese. Como exemplo de representantes do Reino Protista, temos as algas e os protozoários.

    Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

As algas estão agrupadas no Reino Protista

  • Reino Fungi: No Reino Fungi, encontramos organismos eucariontes, os quais podem ser uni ou multicelulares. Todos os organismos desse reino são heterotróficos, logo, sua nutrição é realizada por meio de absorção. Como exemplo de organismos desse reino, temos todos os fungos, como a orelha-de-pau e Saccharomyces cerevisiae. Este último é utilizado na fabricação de cerveja.

Os fungos estão agrupados no Reino Fungi

  • Reino Plantae: Nesse reino, são encontrados organismos multicelulares, eucariontes e autotróficos. Todos os vegetais fazem parte desse grupo de seres vivos.

Todos os vegetais estão agrupados no Reino Plantae

  • Reino Animalia: O Reino Animalia engloba organismos multicelulares, eucariontes e heterotróficos. Nesse grupo, são encontradas várias espécies de organismos distintos, desde invertebrados, como as esponjas, até vertebrados como os seres humanos.

Atenção: O sistema de classificação em cinco reinos apresenta muitas falhas, entretanto, ainda é muito aceito e utilizado, principalmente em razão de sua facilidade didática.


Aproveite para conferir as nossas videoaulas sobre o assunto:

Os répteis estão agrupados no Reino Animal

Os répteis estão agrupados no Reino Animal

Por: Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos relacionados

Algas

Aprenda um pouco mais sobre as algas, um grupo de organismos fotossintetizantes que, apesar da aparência, não podem ser chamados de plantas.

Estrutura celular de uma bactéria

Informe-se mais sobre como é a estrutura celular de uma bactéria clicando aqui!

Fungos

Os fungos são organismos eucariontes, uni ou multicelulares (leveduras ou fungos filamentosos, respectivamente), e de nutrição heterotrófica por absorção.

Protozoários

Grupo cujos representantes são unicelulares, eucariontes e heterotróficos.