Ligação Iônica, Eletrovalente ou Heteropolar

A ligação iônica entre o sódio e o cloro forma o sal de cozinha - cloreto de sódio
A ligação iônica entre o sódio e o cloro forma o sal de cozinha - cloreto de sódio

Segundo a regra do octeto, para que um átomo adquira estabilidade, ele precisa possuir oito elétrons na camada de valência (camada mais externa ao núcleo), e apenas dois elétrons nos casos de átomos que possuem apenas a camada K; ou seja, com a configuração de gás nobre.

Assim, consideremos a ligação feita entre os átomos de sódio (Na) e cloro (Cl), para a formação do cloreto de sódio (NaCl), ou seja, o sal de cozinha: no seu estado neutro, o átomo de sódio possui 1 elétron em sua camada de valência. Portanto, ele precisa perder este elétron para ficar com oito na sua última camada e assim se tornar estável. Já o átomo de cloro possui sete elétrons na sua camada de valência, necessitando receber um elétron para ficar estável. Assim, o átomo de sódio doa um elétron para o átomo de cloro. Desse modo, temos um íon positivo (cátion sódio (Na+)) e um íon negativo (ânion cloreto (Cl-)), ambos com o octeto completo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Esquema de ligação iônica entre o átomo de sódio e o cloro, para a formação do cloreto de sódio

Neste caso, dizemos então que ocorreu uma ligação iônica. Portanto,

Ligação Iônica é a única em que ocorre transferência definitiva de elétrons.

Assim, este tipo de ligação ocorre entre aqueles átomos que têm tendências opostas, ou seja, um tem a tendência de receber elétrons (na maioria das vezes são os ametais das famílias 15, 16 e 17 e também o hidrogênio) e o outro de doar elétrons (na maioria das vezes são os metais das famílias 1, 2 e 3).

 

Aproveite para conferir nossa videoaula sobre o assunto:

Por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça

Artigos relacionados

Cloreto de sódio

Conheça a formação do cloreto de sódio ou sal de cozinha, suas aplicações, formas de obtenção e efeito sobre o organismo.

Compostos Iônicos

Compostos iônicos são substâncias formadas por cristais mantidos por ligações iônicas.

Compostos covalentes e moleculares

Conheça as principais propriedades dos compostos covalentes e dos moleculares.

Eletronegatividade

Conheça a eletronegatividade de alguns elementos e o "macete" para memorizar.

Ligações Covalentes

Entenda como são formadas as ligações covalentes entre os átomos dos elementos químicos.

Moléculas polares

Conheça algumas formas de determinar se as moléculas das substâncias são polares ou não.

O que é Valência?

Entenda o que é a valência tão mencionada quando se trata de ligações químicas.

Orbital molecular

Confira aqui uma explicação detalhada sobre a formação do orbital molecular.

Polaridade das ligações

Explicação sobre como determinar a polaridade das ligações iônicas e covalentes.

Por que o diamante é duro e o sal não, sendo que ambos são cristais?

Se os diamantes são apenas cristais e o sal (cloreto de sódio) também, por que os diamantes são duros e o sal não? Descubra a resposta lendo esse texto.

Por que o ferro não se dissolve na água?

Descubra por que, mesmo sendo considerada um solvente universal, a água não é capaz de dissolver metais, tais como o ferro.

Propriedades dos compostos iônicos

Conheça as particularidades de cada uma das propriedades dos compostos iônicos. Clique e confira!

Propriedades dos sais inorgânicos

Conheça as propriedades características dos sais inorgânicos, tais como pontos de fusão e ebulição, estado físico e condutividade elétrica.

Tipos de ligações químicas

Conheça as características dos diferentes tipos de ligações químicas!

Variação do Raio Atômico em Ligações Químicas

Veja como ocorre a variação do tamanho do raio atômico quando os átomos dos elementos realizam ligações covalentes e iônicas.

Íon-fórmula

Aprenda a construir um íon-fórmula ou fórmula mínima de um composto iônico utilizando as cargas dos átomos envolvidos.